“Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância”

Estamos no tempo da Quaresma! Como tem vivido? Qual sua experiência já neste início?

Escrevo para expressar um pouco do que estou refletindo e experimentando nesses dias. Quaresma é tempo de crescer na fé, na esperança e no amor. Virtudes estas que já nos foram dadas e que quanto mais vivas em nossa vida, mais impulsionados somos a prosseguir decididamente em meio as provas, tentações e lutas diárias. Lutas que vivemos para guardarmos a Palavra e não desistirmos de conquistar a vida em abundância que só Deus pode nos dar.

É tempo de preparação para a páscoa do Senhor Jesus. Somos convidados a viver com Ele a páscoa, que é a passagem da “morte” para a VIDA. Muito é preciso deixar, pois muitos são os excessos que vamos acumulando no nosso interior e exterior, que nos roubam da verdade, e não nos deixam agir como filhos de Deus que somos.

 

Foto: cancaonova.com

Experimento o amor que me cura, restaura, e tem renovado minha vida.

Percebo neste tempo o quanto preciso estar atenta para não ficar paralisada, nas marcas negativas da minha história, nos pecados que preciso deixar e nas mentiras do demônio que vem para roubar, dividir e destruir.  Creio no poder de Deus que, ao contrário, vem neste tempo me devolver pra mim e para a vida, a partir da verdade de quem sou, unindo-me ainda mais a Jesus e construindo a “casa” que sou na rocha firme que é o próprio Cristo.

Experimento o amor que me cura, restaura, e tem renovado minha vida. Reconheço a presença de Jesus que não deixa de me acompanhar, que se dá a conhecer, e que me direciona em meio às provas, ao processo de crescimento e amadurecimento, me sustentando com a sua graça e força.

Leia também:

:: Quaresma

A fé me leva além da condição que estou

Jesus venceu o mundo, as dores, até mesmo a morte, por mim e por você. Portanto, podemos sim viver pela fé, com esperança e no amor. A fé me leva além da condição que estou, a esperança abre meus olhos para enxergar que já sou vitoriosa e não preciso viver como derrotada, o amor tem sido pra mim, cura, restauração, purificação. Através do amor, através do positivo, de como Deus me olha, a mulher nova pode vir pra fora. O homem novo e a mulher nova, age como filhos, não mais escravos, mas livres!

“Eu vim para que tenham vida, e a tenham em abundância” (Jo 10,10b)