Somos uma raça escolhida, uma nação santa!

Vós, porém, sois uma raça escolhida, um sacerdócio régio, uma nação santa, um povo adquirido para Deus, a fim de que publiqueis as virtudes daquele que das trevas vos chamou à sua luz maravilhosa.(1Pd 2, 9)

Momento de Oração!
Pedimos a Deus Pai, pela morte e ressurreição de seu Filho, nosso Senhor Jesus Cristo. Peçamos, pelas nossas necessidades, confiantes pedimos: derramai sobre cada um nós sua misericórdia, para que iluminados por sua luz nos afastemos das trevas.

Deus de eterna glória, que iluminastes o mundo com a luz de Jesus Cristo Ressuscitado gloriosamente, Iluminai, Senhor hoje com a luz da fé.

One Response to “Somos uma raça escolhida, uma nação santa!”

  1. Daniel Campos Says:

    Padre Zezinho, tenho acompanhado o trabalho do senhor ao longo dos anos e o parabenizo pela caminhada. Sou poeta, escritor e jornalista e tenho procurado direcionar meu dom de escrever aos céus. Gostaria de lhe enviar, para comentário, um poema que escrevi para Nossa Senhora Auxiliadora. Desde já, muito obrigado pela avaliação.//

    Nossa Senhora Auxiliadora/

    Ò Auxiliadora
    Auxiliadora de todas as criaturas
    Terrenas ou celestes
    Auxiliadora das minhas agruras
    Auxiliadora do meu norte e sul
    Da minha vida de leste a oeste
    Auxiliadora dos pecadores
    Dos amores e das flores
    Amarela, vermelha e azul
    Auxílio Auxiliadora dos que te chamam
    E te amam e “mãe” te proclamam,
    Eis-me aqui./

    Eis-me aqui
    Mãe de espírito imaculado
    Vontade de ir pro teu colo
    Onde em sangue jesus foi jorrado
    Diante do teu coração mais que sagrado
    Ò Auxiliadora eu te imploro
    Leva-me longe de todo mal
    Mal de mundo mal profundo
    Mal de feitiço e mal carnal
    Ò auxiliadora eu te adoro
    E entre o futuro e o passado
    Aos quatro ventos te brado:
    Eis me aqui./

    Eis-me aqui
    Em carne viva, coração aberto
    De joelhos sobre a coroa de espinhos
    De teu fruto bendito – senhor do afeto
    E de todas as criaturas
    Ò mãe das nossas venturas
    Aponta-me o caminho
    Que eu quero te seguir
    E enfrentar meus pesadelos
    Que eu quero subir
    Ao céu dos teus cabelos
    Ò minha mãe, senhora da minha vida
    Senhora dos meus dias
    Do meu destino, da minha sina
    Ó minha mãe, senhora da despedida
    Senhora das fantasias
    Sonho de menino e de menina,
    Eis-me aqui./

    Eis-me aqui
    Ò minha mãe, minha senhora
    Eis-me aqui agora
    E sempre a pedir o seu auxílio
    Sou teu filho
    E entrego em sua mão
    O meu medo, a minha paixão
    Consagro-te minha vida e morte
    Ao teu lado sou mais forte
    Eis-me aqui
    A me despir da carne pouca
    A negar meus infernos
    A mergulhar
    No sorriso da tua boca
    A caminhar
    No amor eterno
    De mãe protetora
    Que és
    Eis-me aqui
    Senhora e rainha
    Formadora
    Que nos pega e aninha
    Sob teu manto
    E nos cala o pranto
    Eis-me aqui
    Nossa Senhora Auxiliadora.

Leave a Reply

You must be logged in to post a comment.

Wordpress