Posts Tagged ‘pe leo’

Palestra: Quero ser curado

Confira esta palestra na íntegra do saudoso Padre Léo.


PADRE LEO – A DIFERENÇA ENTRE CASAMENTO E MATRIMONIO

Deixe seu comentário:


Madalena a seguidora de Jesus (Pe. Léo)

Através do encontro pessoal com Jesus, Madalena renunciou a sua vida velha e tornou-se discípula e o seguiu até o fim.


A Santidade Plena no Matrimônio

 

I Tessalonicenses 5, 23, O Deus da paz, vos conceda santidade perfeita, que todo o vosso ser

Viver a santidade no corpo é fazer com que o outro se encontre com Deus através do meu corpo, por que o mais terrível é quando ela não se encontra com Deus através do meu corpo, ma se encontra com o inimigo de Deus.

Quando o marido toca no corpo da sua esposa, ele está tocando em Deus (na Imagem e semelhança de Deus), Espírito, alma e corpo, se não houver esse encontro entre o amor ágape, Filo e Eros, não há essa sintonia.

Muitos casamentos por ai vão por água a baixo, por que o marido e a mulher não se cuida, tem marido por ai que não tem coragem de abraçar a esposa, por que ver uma anta, e Imagina a mulher dele, e o marido, há coitado, parece que tem um espanador na orelha, um mau hálito, dá um ácido sulfúrico para ele tomar, a unha dele parece um depósito de bosta de vaca. Antes as roupas intimas das mulheres, eram feitas de rendas, tal qual as toalhas do altar, ou eu acredito nisso ou eu rasgo a minha Bíblia.

A Igreja Católica não faz conta em celebrar casamento, mas ela celebra é o sacramento do matrimônio, é por isso que a noiva se veste de branco, com toda honra, para dizer que ela vai dar o melhor para o seu futuro marido e para Deus, o noivo se veste de terno para dar o melhor para a noiva e para Deus. Homem e mulher, seduza com a sedução do profeta Jeremias, tu me seduziste senhor, e eu me deixei seduzir, se cuidar não é vaidade não, vaidade é quando seduz uma pessoa que não é o seu marido ou a sua mulher, só não se arruma hoje quem não quer, quem não tem Deus, para assim dar o melhor para o outro, quem ama se cuida!

Um dia desses eu vi uma ex-namorada minha, eu louvei a Deus muitas vezes e pensei, Deus existe, ele está no meio de nós. Eu padre Léo, quando jovem, eu trenei para beijar, rasguei o travesseiro de pena no braço! o dia que beijei pela primeira vez, arrepiou a coluna, os ossos da coluna, foi cantando um para o outro, parabéns, e foi descendo pelas pernas a fora, e deu a vontade de ir falando para os outros, dai eu ia pulando para casa, meu Deus, era tão bom! e o beijo de Língua era de encostar o joelho e cia LTDA, Não era? ou não foi assim com você? Não é pecado, desde que seja com o seu marido, esposa!

Um abraço de encaixar tudo, cura mais que muitas relações sexuais, marido e mulher, comecem a abrasar-se todos os dias pelo menos (15) quinze minutos todos os dias, dai com um tempo, ambos perceberão os resultados, comece com o beijo de limpar a garganta, é o beijo de 15 graus, nos encontros de casais em Bethânia, eu ensino essas orações para os casais, se o que eu estou ensinando estiver errado, rasgue o livro cânticos dos cânticos que diz, beija-me com o beijo de tua boca com o sabor de leite e mel, significa que é língua com língua. Marido ou esposa, para serem curados, abracem um ao outro mesmo que seja com raiva, mas abracem, para que Deus possa curar.

A mulher faladeira se cala com um beijo prolongado, tem o mesmo efeito da água benta, por isso que o encardido não gosta que homem e mulher se amem, o toque cura a gente, você pode tocar qualquer parte do corpo de sua mulher, e vice-versa, toque, é se um é sua, ame, ame, ame em silêncio, como eu e você, vamos devolver o seu marido e sua esposa para Deus, é como os talentos, os talentos e dons eu preciso multiplicar.

Do mesmo jeito que você se ama, ame sua esposa com carinho, você deve rezar por ela, antes de ir para o trabalho, dai o Satanás não vai achar brecha, dai ele vai espernear o dia todo, e a noite ele chega e reza outra vez com ela, não é ir para um grupo de oração e ficarem separados fazendo pequenas orações, o mais importante, é esse casal ter uma boa vida intima, se confessarem e comungarem sempre.

O segredo de nossos pais era isso, eles iam para a Igreja separados sim, mas iam cada um para a fila da confissão, eu e meus irmãos nunca vimos uma discussão entre nossos pais.

O Padre ia para o Biguá de dois em dois meses,e nós, papai e mamãe, e nós confessávamos de dois em dois meses, era normal.

Tomava banho mais cedo, comia um prato de farinha com leite, (quem inventou o sucrilhos fomos nós), em tudo dai graças, cuide do outro, quem ama cuida.

Precisamos ter cuidado naquilo que falamos e como falamos, pois palavras perniciosas e amargas é o inimigo número um dos casais, pois como podemos gente, falar assim com as pessoas que amamos e dorme conosco, sua esposa seu marido? É muito sério isso, no mundo já tem muita gente falando palavras perniciosas, não seja mais um! No namoro é meu bem, manda rosas, mas depois que casa tudo muda, quantas vezes você fala para o outro eu te amo, passa uma gravação no celular, eu te amo.

Deus é pão para te salvar e para te alimentar, para muitos o diabo passou manteiga no pão, e outras coisas mais, quantas vezes você elogiou o seu filho, sua filha, e disse para eles, vá em frente, você é um vitorioso, uma vitoriosa, essas palavras cai lá na medula!

Por que as pessoas amanhecem de mal humor? Estou estudando essa situação, e vai ser tema do próximo acampamento de cura e libertação. Você acorda de mau humor, por que dormiu em cima do braço, e o braço joga os enzimas para o figado, e ai acorda com a boca amarga e com dor de cabeça etc. As situações são pequenas quando só se namora, mas depois que se casa elas crescem, os grandes gestos de amor, se fazem nas coisas pequenas, e dai elas só tornam coisas extraordinárias, muito grandes, chame o Espirito Santo quando você não souber chamar.

Vamos orar Juntos, não olhe para mim, olhe para o seu marido, olhe para a sua esposa, os que vieram sozinhos, fechem os olhos ou chupem o dedo. Abrase com força, encaixe tudo o que der, abrace apertado, o mais apertado que você conseguir, reze por ela enquanto abraça, peça a Deus que cure ela de dores, corrimento, frigidez.

Mulher reze, cure senhor o meu marido, cura a sua impotência, sua ejaculação precoce, liberta-o do comodismo, do vicio da tv…

Pe.Léo
Comunidade Bethania

 Aquira esta pregação através dos códigos   CD 25.01954   DVD 26.01954  


Palestras de Padre Léo

Adquira as palestras do Pe.Leo nas lojas da Canção Nova em SJC.

Esperamos por você !!!

(12) 3923-7000


O Segredo de um casamento Feliz

Pe Léo

Pe Léo

O casal que vai deixando de lado de alimentar o coração de alimentar a alma, o marido e a mulher que começa a achar desculpas para não ir a missa pode ter certeza em breve estarão separados, os casais cristãos precisam com urgência aprenderem a educar a alma e a espiritualidade um do outro.

  • Ouça agora o podcast desta pregação:

Deixe o seu comentário:

 


Exercícios práticos para a Cura do Ressentimento (Pe.Léo)

Renunciai a mentira, pois o ressentimento é um veneno. Exercite esta cura através desta palestra.

Deixe o seu comentário:


Rios de Água Viva

 

João 7, 37-39

No último dia, que é o principal dia de festa, estava Jesus de pé e clamava: “Se alguém tiver sede, venha a mim e beba. Quem crê em mim, como diz a Escritura: Do seu interior manarão rios de água viva”. Dizia isso, referindo-se ao Espírito que haviam de receber os que cressem nele, pois ainda não fora dado o Espírito, visto que Jesus ainda não tinha sido glorificado.

Não importa a situação que você esteja vivendo, tem jeito. E mais do que jeito, esse jeito tem nome e é de graça porque é a própria graça. De um extremo dos ossos secos, penso que nenhum de nós chegou ainda a esse extremo. O profeta Ezequiel olha um vale de ossos humanos jogados, e Deus pergunta ao profeta: “Tem jeito?”. “Profetiza sobre esses ossos filho do homem!” Imaginem essa cena, o profeta olhando para aquele monte de ossos e profetizando: “Vem Espírito santo sobre esses ossos”. E começa o filme de terror, primeiro os ossos foram se juntando, e os esqueletos foram sendo montados. Agora manda vir carne. E começa a grudar carne e ali estão um bando de cadáveres, parece alguns católicos que a gente conhece, não faz nada. Serve para alguma coisa ainda? Profetiza sobre esses cadáveres. E o profeta profetiza, e vem um sopro de Deus, eles começam a se levantar e formam um grande e maravilhoso exército. Essa é a esperança, essa é a certeza. Pode ser que a sua família esteja no osso, seja o que for, tem jeito. E esse jeito tem nome, é Espírito Santo de Deus. Tem saída!

E Jesus no Evangelho diz isso de uma forma fenomenal, na grande festa das luzes, a festa das tendas em Jerusalém. São João diz que o principal dia da festa, o mais solene, Jesus deu um berro, esse Deus continua gritando: “Quem tem sede, venha a mim e beba, quem crer em mim do seu interior jorrarão rios de água viva”. Dizia isso referindo-se ao Espírito Santo que ainda não tinha sido dado.

Todos nós temos essa sede, lá no fundo do nosso coração há essa sede de Deus, a humanidade inteira tem sede de Deus, e busca preencher essa sede com as águas barrentas que o mundo vende, mas no fundo é essa sede profunda, e nós vamos saciar essa sede no lugar errado, nos abastecemos de água morta, de água suja, de água contaminada. Você que tem sede, Jesus diz, venha! Que lado estou indo? Onde eu estou indo buscar? Se eu estou nessa situação, se eu estou no osso, onde eu estou indo buscar? Na Nova Era? Nas falsas religiões? Nessa religião que não me compromete? Nos astros, na astrologia? No ter, no poder no prazer? Onde estou indo buscar? E que água estou bebendo? Enquanto vamos bebendo e nos saciando com a água barrento do pecado, de dentro de nós vai fluindo um rio de águas mortas. E esse rio de águas mortas é o ódio, o desamor, a mentira, o pecado, é o que vai transformando essa vida num túmulo. A profecia diz que aqueles ossos representam cada um de nós, a raça de Israel, porque quando não deixamos nos conduzir no Espírito Santo de Deus, nós somos pior do que osso, não tem serventia nenhuma, vamos nos tornando pessoas sem vida, pessoas amarradas, sem ideais, fracas, que caem no primeiro obstáculo, fazem tempestade em copo d’água, e as vezes o copo nem está cheio. Onde estamos indo saciar essa sede? Se não for do coração desse Senhor que nos ama não vai jorrar em nós esse rio de água viva.

Esses três versículos de São João mostram a dinâmica do Espírito, e é por isso que em Atos dos Apóstolos São Lucas fala do Espírito como força do alto, como dínamos. E o que é dínamos? Me lembro, quando eu era moleque, lá no Biguá, não tinha luz elétrica. Mas lá em casa descia um córrego, e tinha uma represa que papai fez de cimento. Quando soltava a represa a água caía num tubo e chegava no motor, onde tem o dínamos, e gerava luz elétrica.

Dínamos é aquela máquina que transforma a energia mecânica da água em eletricidade. E é essa a idéia que nós temos desses três versículos de São João. “Aquele que crê em mim bebe”. Não é qualquer um que bebe, para beber essa água viva tem que crer em Jesus. “Quem tem sede vem a mim, e beba quem crê em mim”, “e quem crer e beber, do seu interior…”. Do interior de quem? De quem bebeu. “jorrarão rios de água viva”. O Espírito é essa força do alto, porque ele entra em nós como a água que entra na turbina, no dínamos e faz ele girar, e ele vai girando a uma velocidade incrível, e vai gerando eletricidade. Ele faz a vida, ele pega a força da água, pois o Espírito Santo quer produzir em nós esses rios de água viva. E que rios de águas vivas são esses? É facílimo de descobrir. Sabe como você sabe se uma pessoa é de fato batizado no Espírito Santo ou não? Olha o rio que sai do interior dela. O que jorra do interior dessa pessoa? Seu marido é batizado no Espírito Santo? Porque ele reza em línguas? Isso aí basta rezar um pouco enrolado e quem não sabe pensa que é línguas.

Quando eu estive no Egito eu pensava que eles rezavam em línguas o tempo todo. Como é que eu sei se alguém é batizado no Espírito Santo? Se do interior dele jorram rios de água viva. E que rios são esses? São Paulo em Gálatas 5 faz um lista: Aquele que deixa-se conduzir pelo Espírito produz os frutos do Espírito: amor, alegria, paz, bondade, docilidade, temperança, mansidão, fidelidade, firmeza, castidade, persistência. Mas embora aquele que diz que é um homem ou mulher de Deus, mas que não se deixa conduzir pelo Espírito Santo, ele produz frutos… E o Papa João Paulo II na Encíclica: “O Espírito Santo, O Senhor que dá a vida… Aquele que acolhe o Espírito, esse produz os frutos do Espírito, e aquele que resiste ao Espírito produz os frutos da resistência ao Espírito”. Os frutos da resistência ao Espírito formam uma lista medonha: desamor, mentira, ódio, impureza, fofoca, calúnia… Que frutos nós estamos produzindo? Mas não o que eu digo, porque uma árvore não conhecemos pela casca, mas sim pelos frutos. Que frutos as pessoas que convivem comigo percebem em mim. “Ah Padre, mas eu sou uma pessoa fraca.” Louvado seja Deus se você chegou a essa conclusão. Porque segundo São Paulo essa é a única condição para você beber dessa fonte de água viva. O Espírito Santo só pode vir em auxílio da nossa fraqueza. Você é fraco? Então você pode ser cheio do Espírito Santo.

Pe.Léo
Comunidade Bethânia


Crescer em Deus …

Umas das coisas mais importantes para o equilíbrio humano e também para aprender a crescer em Deus é descobrir sua responsabilidade pessoal quanto ao crescimento espiritual. A Bíblia não tem medo de afirmar que cada um deve ser responsável pelo crescimento de sua fé e de sua vida em Deus. Nosso sacrário interior não é estático. Assim como quando deixamos a casca crescer ele vai se atrofiando dentro de nós, quando alimentamos corretamente ele cresce, prospera e vai sendo cada vez mais o protagonista de nossa vida.

Os santos foram aqueles que tiveram a coragem de alimentar o sacrário interior a ponto de deixá-lo como o grande inspirador de tudo que pensavam e faziam. 

Como alimentamos o sacrário interior? “Desejo [...] igualmente que tua lama prospere” (3Jo 2). “Tu, portanto, meu filho, procura progredir na graça de Jesus Cristo” (2Tm 2,1).

 Com certeza, você conhece muita gente que, aparentemente, não tem nenhum motivo para ser feliz – aliás, tem todos os motivos humanos para ser infeliz – e que, no entanto, fez uma opção pela felicidade. Decidiu viver na bênção de Deus. Acolheu a graça, tem a paz. Vive em paz, constrói a graça. Gente sem perna, feliz. Gente sem dinheiro, feliz. Gente sem saúde, feliz. Pobre, feliz. Maltrapilho, feliz (sempre com um cachorro, feliz, do seu lado).

 Mas, com certeza, você também conhece muita gente que, aparentemente, não tem nenhum motivo para ser infeliz – aliás, tem todos os motivos humanos para ser feliz – e que, no entanto fez uma opção pela infelicidade. Decidiu viver longe da bênção de Deus. Fechou-se à graça, perdeu a paz. Vive sem paz, destrói a graça. Gente rica, infeliz. Jovem e bonita, infeliz. Saudável, infeliz. Famosos, infelizes.

 Os infelizes semeiam infelicidade. Buscam fora a felicidade o tempo todo, por isso não encontram. Trocam de coisas e de pessoas. Mudam tudo, por fora, mas continuam com o coração sem graça, sem paz. Quem não vive na graça de Deus pode ter dinheiro, fama, saúde, tudo. Mas é infeliz, porque não acha graça na vida.

 Gente infeliz gera infelicidade. Por isso muitos de nós somos condicionados pelo pecado, o condicionamento exterior tem o poder de um controle remoto. Só que é como se esse controle ficasse sempre na mão do encardido. O encardido vai criando umas coisinhas e ficando com o controle. O pecado guardado é controle na mão do encardido. Quando você guarda um pecado, você não o guarda sozinho. O encardido está sempre ali para guardar junto. Para trancar bem trancado. E com isso ele assume o controle.

 A pessoa controlada pelo encardido perde a paz e a graça porque acaba se transformando naquilo que ele sugere. No lugar de tomar posse da graça e da paz de Deus, a pessoa depende do que os outros falam. Alguém diz que você está bonita e então você fica alegre. Mas é comum escutar alguém dizendo: “Eu acordei tão bem! Mas fui ao mercado e encontrei com aquela fulana e isso me estragou o dia”. Que poder tem essa fulana! É poder que só você pode delegar.

 É o controle. E esse controle é o encardido que entrega. É uma senha. O seu coração tem uma senha, que só Deus, você ou o encardido sabem. Você escolhe para quem dar a chave. Na hora em que você reconhece seu pecado e se confessa, você entrega o controle de seu coração para Deus. E da parte de Deus você só pode esperar graça e paz. Mas, quando você não consegue confessar, quando guarda o pecado e vive na mentira, você entrega o controle do seu coração ao encardido. E ele, especialista em casca para esconder seu sacrário interior, começa a controlar você. E é por isso que você vive na tristeza, na angústia, na depressão e no desânimo. Qualquer coisinha está gritando, está berrando. Não fala com o pai, com a mãe. Dorme com o irmão no mesmo quarto, mas não se falam. Irmão com raiva de irmão. Você tem 18 ou 19 anos. É tão novo ainda, mas já tem raiva do ex-namorado, já tem raiva de muitas pessoas. Como é que você quer que o Espírito Santo se una a você na luta espiritual?

 Quando permanecemos na casca, delegamos o controle de nosso coração ao encardido. Os frutos desse fechamento são: ódio, briga, divisão, ciúme, contenda, bebedeira, prostituição, homossexualismo, pornografia, masturbação, maconha, álcool, cocaína. É fácil descobrir!

 Quem está com o controle? Como é que você pode dar o controle para alguém machucá-lo apenas com palavras? Não! Você é imagem e semelhança de Deus! Deus tem ciúmes de você! Você é d’Ele! O controle único da sua vida tem que estar na mão d’Ele. Porque Ele foi o único capaz de vir ao seu encontro e restituir a você a dignidade humana.

 Assuma o controle. Viva na graça. Construa a paz. Entregue seu passado a Deus. Por pior que esse passado tenha sido, lembre-se sempre: seus pecados não atingiram seu sacrário interior.

 

Trecho do livro: Gotas de cura interior

Pe. Léo, SCJ

 

E você decidiu viver na bênção de Deus ? Acolheu a graça, tem a paz ? 

Pense ! A quem devemos entregar o controle da nossa vida ?

Deixe o seu comentário….

 


Coletâneas de palestras do Padre Léo

Há sempre alguém do seu lado precisando de uma palavra amiga, de um consolo, e até mesmo de uma motivação para ser melhor e viver feliz.

Pe Léo S.C.J. , fundador da Comunidade Bethânia, considerado um dos maiores pregadores da Renovação Carismática Católica , traz em suas palestras, recheadas de sabedoria e bom humor, reais motivos para uma mudança de vida a partir do encontro com Cristo.

“Coletânea de palestras do Pe. Léo”: 7 bons motivos para você levar a Palavra de Deus a quem você ama.

Um box com 7 cd´s com as palestras:
1- A necessidade da cura interior
2- Como bambus no getsêmani
3- Família: lugar da benção de Deus
4- Família restaurada
5- O segredo de um casamento feliz
6- Casa sobre a rocha
7- Cristãos light

ADQUIRA NA LOJA CANÇÃO NOVA SJC

RUA SEBASTIÃO HUMEL, 324 – SÃO JOSÉ DOS CAMPOS/SP

                 INFORMAÇOES: (12) 3923-7000                   


Rezando a vida…

“Vós vos despistes do homem velho com seus vícios, e vos revestistes do novo, que se vai restaurando constantemente à imagem daquele que o criou, até atingir o perfeito conhecimento”( Cl 4,9-10).

Daí também a insistência bíblica da necessidade de orar em todas as circunstâncias (cf. 1 Ts 5,16; Lc 18,1; Rm 12,12c).
Orar é se colocar inteiramente na presença do Senhor. Só em estar na sua presença já estamos sendo curados, restaurados e libertados. Do mesmo jeito que basta a gente ficar exposto ao sol para ir pouco a pouco sendo bronzeado. Ele, o sol nascente que nos veio visitar (cf. Lc 1,78-79) vai iluminando todas as nossas trevas interiores e nos libertando de toda sombra de morte, além de dirigir nossos passos no caminho da paz (no caminho da cura interior).
A oração de cura interior vai nos libertando, nos sarando e santificando. Ser curado é ser sarado! Ser sarado é ser santo! E Santo é aquele que tem a verdadeira capacidade de amar: dar e receber amor segundo o coração de Deus (cf. Jo 13,34-35).
Pela oração pessoal vamos permitindo que se realize e aconteça o senhorio de Jesus em todas as áreas de nossa vida: tudo aquilo que somos, fizemos, sabemos, lembramos, esquecemos, consciente, subconsciente e inconsciente. Pela oração, o Pai vai “iluminando os olhos do nosso coração, para que compreendamos a que esperança fomos chamados e qual rica e gloriosa é a herança que ele nos reserva, e qual a suprema grandeza de seu poder para conosco que abraçamos a fé”(Ef 1,18-19). Pela oração permitirmos que realmente o senhorio de Jesus atinja todo o nosso ser e até mesmo a nossa oração.
Há uma profunda relação entre a qualidade de nossa oração e a cura interior. Por qualidade de oração entendo aqui: o tempo, a frequência, a persistência, o conteúdo e a seriedade com que vivemos este compromisso. Neste sentido é correto a gente afirmar que a cura interior depende de nossa disciplina interior e espiritual. Então é fácil concluir que, quanto mais necessito de cura, mais preciso me aproximar de Deus pela oração.
O tempo de oração deve ser levado muito à sério. Não adianta nada começar rezando uma hora por dia e depois ir diminuindo até não rezar nem alguns minutos. É preferível começar com alguns minutos e, pouco a pouco, ir aumentando gradativamente o tempo de oração pessoal.
A oração pessoal precisa ser, no mínimo, diária (frequência). Do mesmo jeito que a gente precisa de banho, alimentação e repouso diários, precisamos da oração. Sem oração a gente vai ficando fraco, fedido, e cansado demais.
Se a oração precisa ser diária, é necessário a persistência. E isto exatamente porque se não nos cobramos, acabamos por relaxar no zelo com as coisas de Deus (cf. Rm 12,11-12). A gente não pode deixar para rezar somente quando está com vontade, ou “inspirado”. A gente tem que rezar por necessidade, já que a oração é a respiração da alma. Como o corpo sem ar morre em poucos segundos; o coração sem oração vai morrendo cada dia um pouquinho.


Padre Léo, scj


Buscai as coisas do alto

 

Quer ser feliz? Busque as coisas do alto. Esta é a grande palavra que Deus trouxe ao meu coração neste tempo. A doença me tirou tudo: não consigo mais andar sozinho, não enxergo direito. Estou cego do olho direito e vejo apenas cerca de 40% com o olho esquerdo.Mas veio ao meu coração: “Ai de mim se eu não evangelizar” (1 Coríntios 9,16b). Se dependesse da minha vontade, eu estaria em todos os eventos que estavam previstos na minha agenda para este ano. Mas não depende de mim. Apesar disso, tem coisas que eu posso fazer.

O encardido tirou as minhas pernas e o direito de ir e vir. Mas Deus me deu o dom de escrever. Com muita dificuldade, aumentando a visualização do meu laptop. E foi assim que nasceu o livro Buscai as coisas do alto que programamos para lançar no Hosana Brasil.

Eu sabia que precisava estar aqui nesses dias para cantar a vitória de Deus na minha vida. O câncer tira tudo de nós, tira a nossa dignidade. Nos tornamos como um trapo em cima da cama. Passei muita vergonha diante até de pessoas desconhecidas que precisavam trocar as minhas fraldas.

Mas permanece a fé. Essa ninguém tira. Quem tem fé não perdeu nada, pois ela nos projeta quando estamos mais cansados e doloridos.
Muitos pensaram: Padre Léo não sai dessa”. Mas pensei até em escrever um livro com o nome “as graças que o câncer me deu”. Tive a graça de ficar doente na casa do padre Jonas, Eto e Luzia. Eles fizeram por mim o que a minha família e a minha comunidade não podiam fazer. Por isso eu precisava estar aqui e gritar “Hosana! Vitória de Deus”.

Na vida, só é derrotado quem não tem verdadeiros amigos e Jesus. Pois, quando temos amigos que são amigos de Jesus, a nossa vida ganha um novo sentido. Por mais pesados que estejamos, nós ainda aspiramos as coisas do alto.

A palavra de Deus diz: “vossa vida está escondida com Cristo em Deus” (Colossenses 3,3). Tenho dó de quem não tem fé, pois esta é a única coisa que não nos será tirada. Eu já tinha dó de gente feia, agora tenho muito mais de quem não tem Jesus.

O cristão é chamado a ser semeador do céu, “carimbador” do céu. Estamos ensinando nossas crianças a ter um corpo carimbado pelas coisas do alto? A minha vida continua escondida com Cristo. O que eu tenho feito com meu corpo? As minhas amizades tem sido verdadeiras ou tenho usado as pessoas?

Você está nivelado com as coisas de baixo? Rompa com o pecado, meu irmão. Não sei qual pecado ou vício você está enfrentando, mas será que você buscou de fato romper com isso? Já buscou o sacramento da confissão sinceramente?

Derrame sua alma hoje na presença de Deus. Na hora da Missa é Jesus quem se faz presente. Já ouvimos falar: “que vida é essa que estou vivendo?” Você vai encontrar essa vida quando buscar as coisas do alto.

Paulo começa este texto com uma condicional: “Se, portanto, ressuscitastes com Cristo, buscai as coisas lá do alto” (Colossenses 3,1) Sua feição diz mais das coisas do céu ou da terra? Em qual situação da sua vida ainda é preciso colocar o “carimbo” do céu?

Espírito Santo, vem em socorro à minha fraqueza. Dá-me a graça de carimbar a minha vida inteira com as coisas do alto. Eu cansei dessas coisas da terra, cansei de pecar. Vem em socorro à minha fraqueza. Espírito Santo, Tu que és especialista em socorrer aqueles que são fracos. Eu sou fraco, preciso da tua graça. Quero “carimbar” minha casa, meu carro com as coisas lá de cima. Quero carimbar também o meu tempo para estar no tempo de Deus.

         Adquira o Livro do Pe. Leo :


Coletânea Dom de ser mulher

 

Uma coletânea com 7 palestras em áudio para você que deseja presentear, formar, acompanhar a evangelização das mulheres da sua vida e fazê-las entender que ser mulher é um dom. Os pregadores são: Monsenhor Jonas Abib, Luzia Santiago, Pe. Léo, Salette Ferreira e Eliana Ribeiro.

Mulher, mãe, amiga, frágil, forte, dócil. Uma protetora da vida, essencial, que deve ser lembrada amada e admirada. É geradora de outro ser e tem um poder sobrenatural de doar, com suas palavras, um manancial de bênçãos sobre sua família. Deus deixou em suas mãos a função de edificar a casa. E por isso a Canção nova, traz para sua família uma coletânea de pregações reafirmando esse dom. O Dom de ser Mulher.

1 – Nos desígnos do Senhor: Luzia Santiago – (1:12:50)
2 – Orantes como Judite: Salette Ferreira – (1:04:046)
3 – Nossa Senhora ajustou o meu caminho: Eliana Ribeiro – (1:14:40)
4 – Só Deus Basta: Luzia Santiago – (1:04:48)
5 – Fecundos no Amor de Deus: Pe. Léo – (55:09)
6 – Homens e Mulheres em sadia convivência: Mons. Jonas Abib Parte 1 – (56:23)
7 – Homens e Mulheres em sadia convivência: Mons. Jonas Abib Parte 2 – (51:47)

ADQUIRA NA LOJA CANÇÃO NOVA SJC

RUA SEBASTIÃO HUMEL, 324 – SÃO JOSÉ DOS CAMPOS/SP

              

                        INFORMAÇÕES: (12) 3923-7000                   

 


Coletâneas de palestras do Padre Léo – Vol II

 

O arrojado ardor missionário do sacerdote que marcou a vida das famílias brasileiras presente em sete palestras que irão reacender o seu amor por Jesus e pela Igreja.
A audácia e intrepidez de Padre Léo, incansável pregador do Evangelho, desperta em quem ouve suas palavras disposição em ser discípulo de Cristo e desejo profundo de conversão.

Esta 2ª coletânea traz a ousadia e o carisma de um sacerdote que soube cativar pela alegria, pela irreverência e pela fé mesmo diante do sofrimento. Fundador da Comunidade Bethânia, que tem a missão de restaurar jovens dependentes químicos, portadores de HIV e marginalizados em geral, Pe Léo foi o mentor de muitos processos de restauração da dignidade humana, seja na atuação da sua comunidade, seja na ousadia de suas palavras e na singeleza de suas orações.

Com jeito brincalhão, a Palavra de Deus proclamada por ele, vem como flecha certeira no alvo, enquanto todos ainda sorriem de uma de suas piadas, ele penetra fundo, com força, fazendo jorrar toda impureza, mágoa, dor, falta de perdão.

Grande homem de fé, cantor, compositor, apresentador e escritor, Pe Léo permanece no coração daqueles que puderam conhecer a eficácia de uma alma totalmente entregue a Deus. Brincando, sorrindo, ele continua lavando as almas, purificando as vidas e conduzindo-as ao Céu.

 

Um box com a embalagem em lata contendo 7 cd´s com as palestras:
1.
Jovens Sarados
2. Praticar a Cura Interior
3. Batizados no Fogo do Espírito
4. Somos Filhos de Deus
5. Depende do Lado Que Você Anda
6. No Alto Está a Vossa Meta
7. Um Novo Pentecostes

ADQUIRA NA LOJA CANÇÃO NOVA SJC

RUA SEBASTIÃO HUMEL, 324 – SÃO JOSÉ DOS CAMPOS/SP

             

                 INFORMAÇÕES: (12) 3923-7000