Certo dia, andando na cidade, percebi que estava andando apressado sem razão nenhuma. Refleti comigo mesmo, o porquê disto?

Consegui perceber que aquilo era reflexo do meu interior. A minha alma estava agitada, preocupada e inquieta. O meu cotidiano me condicionou e o meu inconsciente me fazia sempre andar as presas, mesmo quando não era necessário.

Tomando consciência disto tenho procurado no Senhor, organizar meu interior. Para que com meu interior organizado. Eu não viva andando as pressas como louco, mas simplesmente caminhe no ritmo da vida.

Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *