“Viveu, trabalhou, sofreu, se alegrou

Não perdeu tempo e com a vida evangelizou.”

Dai-me almas e ficai com o resto

O que importa é a juventude santa.”

Dom Bosco nos ensinou esta graça de se consumir pela salvação das almas. Ele que gastou todas suas forças para salvar a juventude a todo custo. Se fez “tudo para todos”.

Homem ousado, que soube unir como ninguém o trabalho com a oração – Trabalho Santificado. Quando no seu processo de canonização, questionavam-se quando Dom Bosco rezava, pois só o viam preocupado com o trabalho. A resposta para estes foi: “Quando era que Dom Bosco não rezava.” Sua vida era uma perene oração. Tudo o que fazia era em oração, sempre de joelhos no chão, confiando a Divina Providência o auxílio para conseguir dar conta de tamanha obra nas suas dívidas e nos muitos trabalhos para salvar aquela juventude.

Hoje, eu dou minha vida na Canção Nova, somos Família Salesiana, me espelho em um homem que vive as raízes daquilo que Dom Bosco nos ensinou. Monsenhor Jonas Abib que fundou a Canção Nova e nos ensina ao pé da letra a trilhar os caminhos de Dom Bosco.

Nosso Projeto é Dai-me Almas, ganhar almas a todo custo para o Reino do Céu…

São Dom Bosco rogai por nós!

Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *