Neste dia de Santa Luzia, esta mártir dos anos 200 que deu a vida para manter-se virgem e pura. Ela teve os olhos arrancados pelos algozes, e assim tornou-se pela tradição popular a patrona dos olhos. Peço por sua intercessão a graça da pureza no meu olhar.

Mas, como ter um “olhar puro” diante de um mundo tão pervertido?

Meus amigos, confesso que não é fácil. Mas algo que procuro fazer em minhas lutas para ser puro no olhar, é adorar muito Nosso Senhor na Eucaristia. A adoração é um antídoto, um remédio eficaz contra as minhas concupiscências do olhar. Pois, quanto mais olho para o Senhor, mais os meus olhos humanos e espirituais são purificados e santificados pela glória de Deus. O meu segredo é a adoração. Claro que sempre é necessário uma dose de esforço humano para evitar as situações que me levam a pecar pelo olhar.

Nesta festa de Santa Luzia, peço por sua intercessão, Deus me conceda um olhar santo, um olhar como de Jesus, capaz de ir além das aparências das pessoas, que eu consiga enxerga a alma de cada um, para que pelo amor, seja um instrumento de salvação aqui na Terra.

Santa Luzia rogai por nós,

Forte abraço,

Ademir Costa

Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *