“Para mim, de fato, o viver é Cristo e o morrer, lucro. ” (Filipenses 1,21)

Esta passagem bíblica que se transformou em uma das músicas mais cantando do Brasil é muito linda. Mas quero ver se isto se traduz verdadeiramente na vida, se realmente para mim morrer é ganho.

Estamos tão apegados a este mundo que é motivo de terror falar da morte. O Papa Bento XVI nos a seguinte mensagem: “Quem crê em Deus-Amor leva em si uma esperança invencível, como uma lâmpada com a qual atravessar a noite para além da morte, e chegar à grande festa da vida.”(Bento XVI, Angelus, 06/11/11)

Vamos ralar e caminhar muito para ter este sentimento, este gosto, esta certeza de Céu tão grande dentro de nós. De ficar com o coração dividido como o Apóstolo Paulo, de ficar neste mundo por amor ao Evangelho ou partir logo para o Céu para contemplar a eternidade junto a Deus.

Que possamos nos desapegar das coisas terrenas que faz-nos temer a morte, para começarmos a mergulhar na certeza do Céu. E dizer honestamente como Paulo: Para mim, de fato, o viver é Cristo e o morrer, lucro. ”