Evangelho de São Mateus > Leitura #565

Jesus desperta diferentes reações

Nem todos veem a chegada de Jesus com bons olhos! Alguns temem, outros se alegram… Jesus desperta diferentes reações. Ao saber que ele é rei, como você se sente?

Créditos: Wesley Almeida / cancaonova.com

“Ao saber disso, Herodes ficou alarmado, assim como toda a cidade de Jerusalém.”

Ao observarem a estrela, os magos sentiram uma alegria muito grande.”

Os homens que constroem impérios no mundo, sejam quais forem as proporções, temem a chegada de Jesus, porque se sentem ameaçados em sua autoridade e poder. Sabemos que Jesus não é o rei que Herodes esperava, nem o rei que os Judeus esperavam, mas ainda assim, os impérios tremem diante da sua palavra.

O reinado de Deus acontece no coração do homem, destruindo os impérios da idolatria de dentro para fora, sem armas humanas, sem violência ou imposição, mas pela Palavra da verdade que tem o poder de salvar.

Os corações abertos são capazes de se alegrar apenas com seus sinais, como os corações dos magos, ao verem a estrela. Os soberbos ficam agitados só com a notícia do nascimento de uma criança rei.

Deus mostra sua generosidade e cumpre a promessa para com os pequenos e humildes mandando seu Filho para nascer em Belém: “E tu Belém, terra de Judá, de modo algum és a menos entre as principais cidades de Judá, porque de ti sairá um príncipe que será pastor do meu povo, Israel.”

As reações despertadas em nós pela presença ou proximidade de Jesus, mostram a que tipo de inclinação se dirige nosso coração: Humildade ou soberba. A primeira gera alegria, a segunda, alarme!

Leia o trecho em Mt 2, 1-12

Na Bíblia cnbb página 1202

Título: Os magos do Oriente

Promessas

Mt 2, 6

E tu Belém, terra de Judá, de modo algum és a menos entre as principais cidades de Judá, porque de ti sairá um príncipe que será pastor do meu povo, Israel.”

Anote em seu diário qual a mensagem de Deus para você e como pôr isso em prática.

Qual a mensagem de Deus para mim hoje?

Somente um coração humilde pode reconhecer Deus nas pequenas coisas.

Como posso pôr isso em prática?

Reconhecer que não sou essencial, que tudo o que tenho recebi de Deus e de outras pessoas, que não sou insubstituível…