A consagração ao Coração de Maria revela a purificação do próprio coração. Maria pede esta purificação e santificação do nosso coração, que obrigatoriamente abrange a nossa personalidade… Maria aponta o Seu próprio Coração Imaculado para assim acelerar a nossa interiorização, para conduzir o nosso olhar para o nosso interior e assegura-nos que só a partir de dentro, no mais íntimo de nós mesmos, se pode realizar a purificação, consagração, a reparação e a santificação.

A consagração quer atingir o nosso interior e deve partir de dentro, do íntimo do nosso coração, pois requer a purificação do nosso interior, com o intuito de buscar a docilidade da ação de Deus.

“Quem é bom, tira boas coisas do tesouro do seu coração, que é bom; mas quem é mau, tira más coisas do seu tesouro, que é mau. Pois a boca fala aquilo de que o coração está cheio” (Lc 6,45)

O coração é um depósito em que armazenamos o que é bom e o que é mau. É a fonte de atitudes e ações. A Bíblia refere-se ao coração como o centro da pessoa, que engloba a sua totalidade.

Provérbios 4,23 diz: “Com todo o cuidado guarda o teu coração, pois dele procede a vida”. O coração nos é apresentado nessa passagem bíblica como o âmago do nosso ser, algo peculiar e íntimo de um indivíduo. Do coração vêm as nossas atitudes e comportamentos.

Por isso a consagração precisa brotar do íntimo do nosso coração, nos levando a uma purificação, para retirar dele toda a mancha, ou seja, tudo o que está armazenado nele – as impurezas, as paixões desordenadas, o egoísmo etc –, e nos conduzindo a uma conversão constante, através do nosso autoconhecimento, das nossas limitações e fraquezas, para uma transformação de vida guiada por Deus e, ao mesmo tempo, a reparação pelo Coração Imaculado de Maria.

Quando nos deixamos ser iluminados pela luz que jorra do Coração Imaculado de Maria, somos purificados e mergulhados na imensidão de Deus, que, na Sua misericórdia inesgotável, perdoa os nossos pecados no mais íntimo do nosso ser. Poderemos, então, reparar não somente os nossos pecados, mas também os de toda a humanidade, lembrando-se sempre de que reparar é retornar ao estado original ou fazer melhor.

A partir dessa experiência, a nossa consagração terá sentido e realizaremos um ato consciente do compromisso e do apostolado. É no coração do homem que Deus quer falar e atuar, por isso Ele fala através de Maria, nos dando conhecimento da Devoção ao Coração Imaculado.

Fonte: Trecho retirado do livro Mistica de Fatima

Adquira: https://goo.gl/UPzxgp

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *