JMJ/2013

Bento XVI anuncia solenemente ao final do encontro de Madri

A próxima Jornada Mundial da Juventude será no Rio de Janeiro, em 2013, anuncia o próprio Papa, nesse domingo 21 de agosto, ao concluir a JMJ de Madri.

O Papa, que para esse então terá 86 anos, falando em português, disse-lhes: “Espero poder encontrar-vos daqui a dois anos, na próxima Jornada Mundial da Juventude, no Rio de Janeiro”.

Ao fazer o anúncio oficial, o Bispo de Roma confessou as esperanças que deposita nesse encontro: “Peçamos ao Senhor, desde já, que assista com a sua força quantos hão-de pô-la em marcha e aplane o caminho aos jovens do mundo inteiro para que possam voltar a reunir-se com o Papa naquela bonita cidade brasileira”.
Simbolicamente, os jovens espanhóis entregaram aos brasileiros a Cruz da JMJ.

Comentando este gesto, o pontífice confiou “a todos os presentes esta insigne incumbência: levai o conhecimento e o amor de Cristo ao mundo inteiro. Ele quer que sejais os seus apóstolos no século XXI e os mensageiros da sua alegria. Não o desiludais!”.

O Rio de Janeiro, cidade emblemática do país com o maior número de católicos do mundo, é sede neste encontro que, em 11 ocasiões, o Papa presidiu fora do Vaticano.

A edição do Rio de Janeiro acontecerá com um ano de antecipação, em 2013, em vez de 2014, para evitar que coincida com a Copa do Mundo de Futebol, que será disputada no Brasil em 2014.

O Rio de Janeiro, cidade emblemática do país com o maior número de católicos do mundo, foi eleita em uma disputa com outra candidata, Seul, capital da Coreia do Sul.

Para o Brasil, será o terceiro grande acontecimento a se organizar nos próximos anos, junto ao Mundial de Futebol (2014) e os Jogos Olímpicos (2016).

Após Buenos Aires, em 1987, a cidade brasileira será a segunda da América do Sul a celebrar o encontro internacional.

Com a de Madri, já se celebraram 26 JMJ, todas elas presididas pelo Papa, 11 fora do Vaticano.
Trata-se de Buenos Aires (Argentina), Santiago de Compostela (Espanha), Czestochowa (Polônia), Denver (Estados Unidos), Manila (Filipinas), Paris (França), Roma (Itália), Toronto (Canadá), Colônia (Alemanha) e Sydney (Austrália).

Cerca de 20 milhões de jovens participaram desses eventos internacionais.

As JMJ nasceram em 1984, por iniciativa do Papa João Paulo II. A primeira aconteceu em Roma, no domingo de Ramos do citado ano, no contexto das celebrações setoriais do Ano Santo Jubilar da Redenção (1983-1984).

Comments closed.