Irmã DoloresNesse domingo passado, 26/02, tivemos um fato inusitado: uma freira enclausurada compareceu à festa do Oscar. Ela foi atriz, quando jovem e contracenou com Elvis Presley, sendo a 1ª mulher a beijá-lo na TV.

Quando jovem, sua beleza foi comparada à beleza de Gracie Kelly.

Na década de 60, com 25 anos, a, então atriz, deixou tudo para ser hoje a irmã Dolores, Superiora da Ordem Beneditina em que vive na clausura nos últimos 50 anos, nos Estados Unidos.

Ela não vestia nenhuma roupa de griffe ou jóia de marca importante, mas seu hábito negro.

Hoje, com 73 anos de idade, Dolores Hart, ou melhor, irmã Dolores concordou em fazer esta rara aparição para prestigiar o documentário, que conta a sua história de vida, indicado para o Oscar, God Is The Bigger Elvis.

Hoje, ela continua votando para o Oscar, já que faz parte da longa lista dos membros da Academia.

Junior Alves