Tenho-me aprofundado na seguinte frase de Santa Edith Stein: “o nosso amor ao próximo é a medida do nosso amor a Deus”. Lendo seu livro, principalmente nessa frase, vi-me limitado, talvez aprisionado, mas numa prisão criada por mim mesmo. Vi-me limitado no meu amor a Deus por saber que sou limitado em amar ao próximo através de atitudes erradas, julgamentos e exclusões. Aprofundando-me mais, olhei minha história e vi que já dei largos passos no amar ao próximo, já cresci bastante, mas ainda existem cadeias que ainda me aprisionam, existe um longo caminho a ser percorrido. Descobri ainda que como muitas das cadeias foram criadas por mim, tenho a chave. Que libertação, não é mesmo? Possuo a chave para poder me livrar das prisões, muitas dessas prisões criadas por mim mesmo. Que maravilha!!! More »