A graça dos carismas

Carismas a serviço das Igreja

Os movimentos e novas comunidades são como irrupções do Espírito Santo na Igreja e na sociedade contemporânea.

O nosso memorável e querido Beato Papa Paulo II, na  Vigília de Pentecostes de 1998, chamou os Movimentos Eclesiais e as Novas Comunidades de “providencial resposta do Espírito”. Isso porque, através das Novas Comunidadese e Movimentos Eclesiais, leigos que se consagram a Deus a partir de um carisma e, sob o dom e a radicalidade desse carisma, vivem o seu Batismo de forma autêntica num mundo dilacerado pelo secularismo, e em tantas outras realidades do mundo; a ditadura do relativismo’ com tem dito Bento XVI nestes tempos.

Vote no blog Metanoia para o prêmio topblog 2012

As Novas Comunidades começaram a surgir na década de 1970 na França e nos EUA, tornando-se um fenômeno mundial. No Brasil, as primeiras Comunidades Novas surgem na década de 80 – creio eu, que a Canção Nova foi a primeira – e, na década de 90, vê-se o surgimento de inúmeras Novas Comunidades que hoje no Brasil superam o número de 500.

Cadastre-se grátis e receba todas as novidades do blog por e-mail

PALAVRA DA IGREJA

“O que vemos no Novo Testamento sobre os carismas, que surgiram como sinais visíveis da vinda do Espírito Santo, não é um acontecimento do passado, mas uma realidade sempre viva: o próprio Espírito, alma da Igreja, atua nela em toda época, e suas intervenções, misteriosas e eficazes, se manifestam em nosso tempo de maneira providencial. Os movimentos e novas comunidades são como irrupções do Espírito Santo na Igreja e na sociedade contemporânea” Bento XVI – 02 de novembro de 2008.

“Movimentos e novas Comunidades, expressões providenciais da nova primavera suscitada pelo Espírito com o Concílio Vaticano II, constituem um anúncio do poder do amor de Deus que, superando divisões e barreiras de todo o género, renova a face da terra, para construir nela a civilização do amor. João Paulo II – 31 de Maio de 1998.

“Os movimentos eclesiais e as novas comunidades são hoje sinal luminoso da beleza de Cristo e da Igreja, sua Esposa. Vós pertenceis à estrutura viva da Igreja. […] Caros amigos, vos peço que sejais ainda mais, muito mais, colaboradores no ministério apostólico universal do Papa, abrindo as portas a Cristo”. Papa Bento XVI

“Os novos movimentos e comunidades são um dom do Espírito Santo para a Igreja. Neles, os fiéis encontram a possibilidade de se formar na fé cristã, crescer e se comprometer apostolicamente até ser verdadeiros discípulos missionários.” D.A – Documento de Aparecida n.º 311

Leia também:

A importância das Novas Comunidades na Igreja

Eu indico os livros: “AS NOVAS COMUNIDADES NO CONTEXTO SOCIOCULTURAL CONTEMPORÂNEO”  e  “A FORMAÇÃO DA CONSCIÊNCIA MORAL NAS NOVAS COMUNIDADES” do Padre Wagner Ferreira


Adailton Batista é natural de Janaúba (MG). Membro da Comunidade Canção Nova, desde o ano de 2009, o missionário é graduado em Jornalismo. Atua como Coordenador de Estratégias do portal cancaonova.com e mídias sociais. É também autor do blog.cancaonova.com/metanoia. Um apaixonado pela evangelização e utiliza de todos os meios digitais possíveis para promover experiência pessoal com Cristo. Resultado de imagem para favicon instagramResultado de imagem para favicon twitter

Comments

comments