Blog Adailton Batista

Hashtag #temqueler: uma brincadeira que gerou reflexão

#Temqueler é uma expressão que nasceu no meu ambiente acadêmico 

A leitura é é sempre uma oportunidade de conhecimento. Desde os primeiros anos de faculdade tive a oportunidade de ensinar alguns colegas de classe, e às vezes até professores, sobre o uso de ferramentas de tecnologia como: o uso do Google Drive, criar um blog no WordPress, fazer o upload de um arquivo de áudio no MixCloud ou vídeo no Youtube e etc. 

Depois dessas experiências meus colegas perguntavam: como você aprende isso e aquilo? Eu respondia: tem que ler. Eu apenas li e interpretei o que pede a ferramenta. E assim surgiu a brincadeira em sala de aula e nos corredores da faculdade; diziam os alunos: Adailton hashtag #TemQueLer. 

A brincadeira não me incomodou, mas gerou em mim reflexão. Segundo os últimos relatórios de leitura mundial, o Brasil está no 59º lugar no ranking de leitura, bem abaixo de países até menos desenvolvidos que o nosso. Acredito que é um dado preocupante, mas também é fruto de uma cultura que se lê pouco. É um país que começou ler tarde, mesmo com a chegada da imprensa[1] em 1808, cerca de 300 anos depois do descobrimento.

O que aprendo com as diversas leituras

Ademais, para além desses dados científicos e históricos, o que escrevi aqui pode parecer para alguns leitores do blog como julgamento. Porém, deixo claro que não o é, mas são observações que faço nos meus ciclos de amizade, nos grupos de minha família, no próprio ambiente acadêmico. Por exemplo: quantas pessoas leram por completo as regras do Twitter e Facebook antes de criar seu perfil? Quem ler na íntegra as bulas de remédio? Confesso que muitas vezes não tenho esse costume, mas tenho tentado me disciplinar a esse tipo de leitura, mesmo sendo uma leitura funcional

Esse blog existe desde de 2010, nele além de conteúdos espirituais, você encontra diversos tutoriais sobre o uso de ferramentas e mídias sociais. Para a escrita desses tutoriais eu tive que ler, muitas das vezes, conteúdos em inglês e espanhol, mesmo não sabendo o idioma. Mas a necessidade me impulsionou a não parar nesse limite, mas fazer uso das ferramentas de tradução, por exemplo.


O que desejo com essa partilha é a motivação para que você leia sempre e cada vez mais. Comece colocando uma meta de leitura, um livro por mês, é um bom começo. Trago outro exemplo: os cursos do site padrepauloricardo.org além de me proporcionar o conhecimento doutrinal, me proporciona um vasto campo do saber sobre história, bioética, sociologia etc. Mas para o melhor entendimento dos conteúdos dos cursos, sou motivado a fazer leituras em outros sites em inglês, espanhol e essa prática foi ao longo do tempo criando em mim o hábito de ler.

Por fim, #temqueler é uma proposta de incentivo à leitura. Como sou cristão e também a proposta desse blog é parte de minha missão no carisma Canção Nova, digo que a nós cristãos, não convém qualquer leitura, mas sobre esse assunto escreverei em outra oportunidade. Deixo para você em formato Epub e DOC o texto da “Pedagogia da arte de ler de Hugo de São Vitor”.

Se você puder deixe abaixo seu comentário sobre esse assunto, com certeza vai acrescentar a reflexão. 

——————————————

⬇️ Faça o download e leia:  Notas sobre a pedagogia de Hugo de São Vitor

 

⬇️ Meu primeiro e-book: Caminhar na vontade de Deus

Notas:

[1] Observatório da Imprensa

Comments

comments