No dia 16 de julho comemoramos o dia de Nossa Senhora do Carmo.

 

        

 

 

Em Haifa onde fica o Monte Carmelo que está situado no norte de Israel, nasceu a Comunidade dos Carmelitas, que significa, A Vinha do Senhor.

Todos os anos milhares de pessoas sobem ao Monte Carmelo para entregar a Virgem do Carmo suas necessidades e trazem em seus corações uma grande devoção a Maria e ao uso do escapulário. O escapulário é um sacramental, não dispensa os Sacramentos.

Nossa Senhora revelou o escapulário ao superior geral da ordem Simão Stock, um homem de muita fé, oração e devoto a Maria, hoje, um grande santo da Igreja, São Simão Stock. A revelação aconteceu quando Simão rezava em seu convento de Cambridge, na Inglaterra, no dia 16 de julho de 1251, ele pediu a Nossa Senhora um sinal de sua proteção que fosse visível não só para os devotos, mas também para os seus adversários. Foi aí que teve a visão em que Nossa Senhora lhe entrega o escapulário, com a promessa:

“Recebe, filho amado, este escapulário. Todo o que com ele morrer, não padecerá a perdição no fogo eterno. Ele é sinal de salvação, defesa nos perigos, aliança de paz e pacto sempiterno”.

Foi no Monte Carmelo que o profeta Elias venceu os falsos profetas dos deuses de baau e foi precedido por Eliseu. “ O desafio foi feito num lugar chamado Muhraka, lugar do sacrificio, ha 30 km de Stela Maris. Os 450 profetas de Baal, foram derrotados por este fogo que veio do céu somente quando Elias invocou, e assim ele pode mostrar, tanto ao povo de Israel quanto aos inimigos que o verdadeiro Deus é o Deus de Israel”. -Pe.Sergio Olmedo, ofm

O Monte Carmelo é um lugar da presença de Nossa Senhora, onde pelo seu carinho e cuidado de mãe nos aproxima de Deus.

 

 

Gruta de Santo Elias

 

Cúpula da Igreja

 

Santa missa hoje

      

 

 

Tel Aviv, uma cidade que traz uma história que se mistura com o tempo e com a beleza.

Muitos episódios bíblicos aconteceram aqui, na antiga cidade de Jaffa que hoje de Tel Aviv.

Yafo em hebraico e Jope em português, são nomes em diferentes idiomas da antiga cidade de Jaffa, onde possui o porto marítimo que é considerado o mais antigo do mundo. 

Esse local também é citado no livro de Josué a Tribo de Dã, uma das tribos de Israel e muitas outras histórias que se passaram por aqui. Em Atos dos Apóstolos encontramos que existia uma comunidade de hebreus que acreditam que Jesus era o messias. Aqui, Pedro ressuscita a jovem Tabita, temos também a casa de Simão o curtidor, local onde Pedro teve uma visão de animais e de uma toalha vindos do céu.

Encontramos a linda Igreja de São Pedro, dedicada aos acontecimentos daquele local.

Peregrinos do mundo inteiro passam diariamente por aqui e ficam surpresos com tamanha beleza e história retratadas em cada canto deste lugar.  

Uma cidade linda e acolhedora, que guarda uma preciosidade que podemos encontrar na Palavra de Deus.

 

Porto 

 

 

Casa de Simão

 

Igreja de São Pedro

 

 

Peregrinos que visitam a Igreja de São Pedro

 

 

Nazaré e Caná, na Terra Santa, têm surpreendido pelo número de pessoas da população local que está torcendo pelo Brasil nesta Copa do Mundo. Muitos na expectativa para o jogo de hoje. 

Uma realidade bem distante do Brasil. A população em Nazaré é de maioria árabe, entre muçulmanos e dois por cento de cristãos. Ainda assim, na cidade, é perceptível a torcida pela seleção brasileira.

O barbeiro, por exemplo, não esconde no local de trabalho qual a seleção preferida.

As bandeiras nas casas e carros na pequena cidade de Caná mostram também que, do lado de cá do planeta, o coração é verde e amarelo. No jogos, muitos árabes têm se reunido para assistir às partidas. Além disso, um motivo especial para torcer pelo Brasil

 

Confira a matéria feita aqui na Terra Santa

 

 

 

29. junho 2018 · Comentários desativados em Seguindo os passos de Cristo - São Pedro e São Paulo · Categories: 1

Solenidade da festa de São Pedro e São Paulo. Estamos seguindo os passos de Cristo e paramos hoje para seguir seus apóstolos.

Paulo, o apóstolo dos gentios, o apóstolo dos pagãos e Pedro, pescador de peixes que virou o pescador de homens. Homem que recebeu o cajado do próprio Cristo, apascenta as minhas ovelhas e que recebeu a ordem de Cristo, as chaves, o que ligares na terra será ligado no céu, o que desligares na terra será desligado no céu. Hoje queremos pedir a Deus a graça da fé nesta Igreja uma, santa, católica e apostólica.

 

Padre Arlon Cristian esteve em Cafarnaum, a cidade de Pedro

 

 

 

 

24. junho 2018 · Comentários desativados em Seguindo os passos de Cristo - Natividade de Joao Batista · Categories: Seguindo os passos de Cristo · Tags: , ,

Celebração Eucarística na Igreja da Natividade de São João Batista – Ain Karem

 

A festa de hoje nos ajuda a compreender e descobrir os nossos valores como pessoa, sobretudo o nosso chamado, a nossa missãao como um serviço.

Temos a oportunidade de descobrir o valor de Deus em nossa vida.
Zacarias e Isabel intervém de modo fecundo com o nascimento extraordinário de João. Um casal que era estério mas, que Deus honra e realiza o milagre. Acontece isso em nosso meio. Isso prova o quanto somos importantes aos olhos de Deus.
A palavra de Deus nos recorda o valor de nossa vocação.

Deus tem por nos um projeto de amor. Desde o ventre de nossas maes ele nos chamou, “me chamou”. Foi assim com João e hoje Deus faz assim com cada um de nós. O chamado de Deus está em nosso DNA. Em nossa vida está escrito um chamado, uma proposta da parte de Deus para nós. Não há um valor unico e irrepetível. Uma vida sem vocação é uma vida sem senso. Uma vida sem chamado é uma vida sem direção. Deus nos pede uma resposta!

O nascimento de João nos ensina que somos chamados a uma missão, a um serviço.

O serviço de João foi caminhar diante do Senhor, preparar um povo a arrepender-se do pecado, a preprarar o povo para encontrar-se com Ele.

Todos nós somos participantes dessa missão e desse serviço para fazer esse encontro com Jesus.

Na educação dos filhos nos quais os pais são chamados. Nos sacerdotes no serviço pastoral, no testemunho na vida consagrada, na experiência pessoal com Jesus a beleza da vida e vida eterna.

Nesta celebração os jovens seminaristas receberam os misnistérios do acolitato e leitorato. “Voces devem anunciar a palavra, um serviço humilde que ajuda a reconhecer que a Eucaristia tira o pecado do mundo”.
Que o senhor nos ajude a reconhecer a valor único pela própria vida que nos orienta e da senso a própria vida pela intercessão de João Batista. 

 

Trecho da Homilia da Natividade de João Batista

Custódio da Terra Santa, Frei Francesco Patton

 

 

A Canção Nova presente na gruta do nascimento de João Batista.

Veja o que o Padre Arlon  Cristian nos tras neste dia