Lavados no Sangue de Jesus

Deus quer nos lavar com seu sangue

1ª Leitura. Is 50,4-7. Salmo. Salmo 21. 2ª Leitura. Fl 2,6-11. Evangelho. Mt 27,11-54.

Neste Domingo de Ramos, a palavra fala sobre a entrada triunfal de Cristo a Jerusalém e como Ele passou pelo julgamento, pelas injurias, desprezos diante de Pôncio Pilatos sendo escarnecido e condenado a morrer na cruz. O sofrimento do Cristo leva a refletir sobre o tema da Campanha da Fraternidade que mobiliza sobre a questão do tráfico humano, onde muitas crianças e adultos tem sido raptados para que os órgãos sejam roubados e vendidos ilegalmente e sobre a falta de dignidade que o ser humano tem desfalecido na sociedade contemporânea.

Veja todas as fotos aqui: Facebook.com/CNCuritiba

pe.vagnermissa

“Não desviei o rosto de bufetões e gusparadas”. Essa atitude foi uma forma de desprezo D’aquele que é condenado. Atualmente, as pessoas são ofendidas através não só de gestos mais também em palavras que destroem interiormente e exteriormente que viver na luz tem sido um desafio de fé.  Mais Deus faz uma promessa de quem permanecer Nele, nunca o abandonará e auxiliará sobre toda circunstância. O sofrimento não tirou a honra de Cristo pelo contrário, ressuscitou e venceu a morte. Não pode se deixar abater mesmo que o mundo nos dispa.

Cristo morreu na cruz para que não julguemos e crucifiquemos o outro. O mal coloca pessoas em situações de pecado porque não quer ver ninguém feliz a mídia é prova disso. A desgraça e a falta de valores, entram na casa das famílias através da abertura que damos aos pecados capitais que escravizam e tornam reféns do consumismo exacerbado que leva a morte.

Se não temos o controle da boca não se tem o controle do corpo e se vive em desiquilíbrio. O equilíbrio é parte da cura. O mundo o obriga a viver situações tornando os os filhos de Deus em objetos de consumo e desejo. É pela arvore que se conhece o fruto. Se um indivíduo se abre para viver a devassidão, que tipo de fruto sai desta árvore? A avareza predomina através do apego a determinadas coisas se esquecendo desta forma da caridade, do olhar para com o próximo. A pessoa não gosta de ninguém só a sim mesmo. É o egoísmo que vai crucificando as pessoas, porém a partir da ressurreição de Cristo, Ele dá a oportunidade de dar uma vida nova sem as amarras que nos levam só para trás. Quem não tem alegria no coração se deixa imflamar por qualquer coisa e pecado. É preciso renunciar aos pecados capitais que são cometidos diariamente que afastam da graça.

O Senhor Deus deu-me língua adestrada, para que eu saiba dizer palavras de conforto à pessoa abatida (Is 50, 4)”. Deus chama seus filhos a animar quem precisa. Abençoar, excitar o ouvido para confortar o próximo afinal esta graça está em nós. É preciso exercitar para permanecer no Caminho de Deus.

palestras2-300x1002-300x100

O Encontro de Cura e Libertação “Transformando maldições em bençãos” encerrou. Você pode reviver todos esses momentos adquirindo CDs, DVDs e MP3 das palestras deste encontro. Ligue para a casa de missão Canção Nova em Curitiba e saiba mais.

(41)3091-1370

Deus abençoe!

Cristo veio destruir as maldições

Cristo é amor, com Ele o mal não terá força

Padre Vagner Baia nos apresenta nessa manhã uma reflexão sobre a comunhão de Cristo em nossas vidas para que possamos vencer as maldições. Precisamos amar da forma correta, todas as vezes que agimos pensando no retorno, esta não é uma atitude de amor mas sim uma troca, acarretando assim o sofrimento. Vivemos muitas vezes buscando uma satisfação pessoal e não o amor. Este é o amor filiação, aquele que há a troca, como um presente, um abraço por exemplo, esse amor esta sempre em busca de interesses.

O amor ágape é aquele onde agimos pela caridade, aquele amor que não espera o retorno. Um amor desinteressado e que só quer o bem. Esse é o amor de Deus. Precisamos todos os dias alcançar essa plenitude do amor.

Nos nunca ficamos sozinhos, quando comungamos, carregamos conosco o Pai, o Filho e o Espirito Santo, junto aos anjos. Desta forma nos tornamos participantes da natureza divina, por isso todo o mal cai por terra.

vagnerbaia

Confira mais fotos clicando na imagem acima

Quem não aceitar a salvação oferecida por Jesus, se torna o anti cristo dos dias de hoje, estes nos apresenta teorias e conversas que nos seduzem a partir de tradições humanas e não divinas. Deus nos pede para não nos envolvermos com essas práticas, precisamos acreditar em Deus e renunciar a todo o mal.

Deus nos deu uma morada Santa, não precisamos buscar em outros lugares algo que Deus já abençoou.

De fato, Deus amou tanto o mundo que deu o seu filho único, para que todo o que nele crer não pereça, mas tenha a vida eterna. Pois Deus enviou o seu filho ao mundo, não para condenar o mundo, mas que o mundo seja salvo por ele. Joao 3,16-17

Nós estamos perdendo muito das virtudes que Deus nos constituiu para provar do que o mundo nos oferece e promete. Não morreis mais pelo pecado mas sim para a salvação que vem dos céus, na casa de Deus e lá permaneceremos para sempre. Busque sempre a Deus.

Nossa igreja tem mais de 2 mil anos, não precisamos nem discutir que nossa igreja sim foi instituída por Deus.

Se apresente todos os dias a Jesus, busque-o na eucaristia e renuncie sempre tudo o que não te aproxima de Deus para que você experimente as graças que o Senhor te prepara todos os dias.  

A partir de agora a Santa Missa aqui na casa de missão da Canção Nova em Curitiba 
Casa de Evangelização da Canção Nova de Curitiba. Av. Marechal Floriano Peixoto – 4809 Vila Hauer – Curitiba – Paraná Fone: (41) 3091 1370 Curta nossa Pagina Facebook.com/CnCuritiba Siga -nos no Twitter @CNCURITIBA

Livres para amar

Cura dos nossos relacionamentos 

Na pregação da tarde de sábado Pe. Vagner fala sobre a a cura dos   a Ou eu amo ou não amo.

Amar é uma decisão!

Cuidado com sua afetividade, com suas carências.

As carências nos leva a buscar os próprios  interesses.

È preciso buscar a cura da carência em Deus.

DSC_0040

Curta nossa Página no Facebook.com/CnCuritiba e veja todas as fotos.

Na carta de são Tiago, 4  fala sobre as mas paixões.

De onde  vem as lutas , e as contendas  entre vós?  Vem das paixões desordenadas.

Amor que tem restrição não é amor.

A medida do amor   é  a medida de Deus no meu coração. É na medida  que perdoa o próximo e as circunstâncias vividas.

A medida do amor é amar sem medida.

Não somos felizes porque não sentimos abençoados e vivemos desesperados.

È preciso está aberto para o amor. Viver  a  liberdade nos afetos.

Deus quer curar nossos relacionamentos, para isso  é preciso perdoar constantemente.

È  preciso pedir ajuda do Espirito Santo para viver uma vida nova. Reze constantemente clamando a cura dos seus afetos.

Liberta nos Senhor das magoas, das decepções de tudo que feriu nossos corações ,pela força do seu perdão.

Casa de Evangelização da Canção Nova de Curitiba.

Av. Marechal Floriano Peixoto – 4809
Vila Hauer – Curitiba – Paraná
Fone: (41) 3091 1370

Curta nossa Pagina Facebook.com/CnCuritiba

Siga -nos no Twitter @CNCURITIBA

Transformando as maldições em bênçãos

Nossas atitudes são necessárias para a obtenção da benção

Pe. Vagner Baia nos apresenta nesta manha de sábado, na primeira pregação do Encontro de Cura e Libertação “Transformando maldições em bênçãos” algumas instruções para as diversas situações dos fieis, encontramos essas palavras na carta a Tito 2, 1-9.

Como eu poderei ter atitudes novas em meio a uma sociedade que te pede atitudes que desagradam a Deus? Vivendo a santidade.

Santidade é uma indicação natural da vida. Todos podem viver essa santidade a partir das pequenas atitudes para aqueles que estão perto de nós como nossos familiares, nossos amigos e no nosso trabalho.

Curta nossa Página no Facebook.com/CnCuritiba e veja todas as fotos.

10250882_706761879386897_981033764_n

Confira mais fotos clicando na imagem acima

A bondade e o amor vence a maldade, por isso precisamos viver o amor para que o mal caia por terra. Precisamos tratar bem o outro, em qualquer circunstancia e precisamos nos afastar do orgulho pessoal, pois precisamos do outro para viver. Nos momentos em que mais precisamos se não formos pessoas boas, quem vai cuidar de nós?

É necessário resgatar as virtudes de uma pessoa do bem e transmitir essas atitudes para que aconteça uma civilização do amor em todos os lugares.

Pe. Vagner comenta sobre nosso exterior e cita como exemplo nosso quarto, se nosso quarto está desorganizado, é sinal que nosso interior também está desorganizado. Precisamos transformar nosso coração e organizá-lo para que possamos transformar as nossas maldições em bênçãos.

Peça a Deus no dia de hoje essa marca de santidade já assinalada no dia do nosso batismo e peçamos a Ele que renasça de nós essas atitudes do bem para que assim as maldições se transformem em bênçãos.

Deus tem muito mais para você no dia de hoje, após o intervalo do almoço mais uma pregação com Padre Vagner Baia, Participe conosco!

Casa de Evangelização da Canção Nova de Curitiba.

Av. Marechal Floriano Peixoto – 4809
Vila Hauer – Curitiba – Paraná
Fone: (41) 3091 1370

Curta nossa Pagina Facebook.com/CnCuritiba

Siga -nos no Twitter @CNCURITIBA

 

Pe. Vagner Baia em Curitiba

Transformando maldições em bençãos

Neste mês  de abril nos dias 12 e 13  acontece o Encontro de Cura e Libertação com presença do  Pe. Vagner Baia aqui na Canção Nova de Curitiba.

Assista o vídeo de divulgação:

Veja o cartaz do encontro de Cura e Libertação

Março Curitiba2

Venha e traga sua família para participar!

Casa de Evangelização da Canção Nova de Curitiba.
Av. Marechal Floriano Peixoto – 4809
Vila Hauer – Curitiba – Paraná
Fone: (41) 3091 1370

Curta nossa Pagina Facebook.com/CnCuritiba

Siga -nos no Twitter @CNCURITIBA

Tenha fé e alcançará a vitória

Para a cura acontecer é preciso ter abertura de coração

Pe Eder, presidente dessa celebração de encerramento do Encontro de Cura e Libertação “Eu sou o Senhor que cura” nos traz a reflexão da liturgia de hoje.

As leituras nos fazem recordar que as pessoas curadas por Deus precisam apresentar a felicidade, para serem reflexo de Deus para os outros.

 Essa felicidade não vem de forma física através dos bens materiais mas sim das nossas atitudes de pessoas restauradas por Deus.

Não podemos mostrar nossas realizações nas aparências externas mas sim nos projetos de Deus em nossa vida através do nosso coração.

O evangelho de hoje nos traz grandes conceitos de fé. Quando você segue a Deus e tem fé nos seus projetos, Deus pode te curar.

Não permita que o mundo te tire a experiencia que Deus te apresentou nesse encontro, no seu batismo. Precisamos clamar o Espirito Santo diariamente para que o testemunho na sua casa aconteça levando o amor e a felicidade que só vem de Deus. É a partir da sua mudança de coração que a cura dos seus próximos começará a acontecer.

DSC_0401

Confira mais fotos clicando na imagem acima

Una seus sacrifícios ao sofrimento de Jesus, e oferte aos seus familiares e amigos, para que eles também experimentem um pouco da graça que você recebeu nesse encontro.

Se seus pedidos ainda não foram atendidos, Deus tem um propósito com essa espera, um propósito de salvação para a sua vida. Deus te ama e sabe de tudo, realizando o que tem de melhor para a sua vida.

 

O Encontro de Cura e Libertação “Eu sou o Senhor que cura” encerrou. Você pode reviver todos esses momentos adquirindo CDs, DVDs e MP3 das palestras deste encontro. Ligue para a casa de missão Canção Nova em Curitiba e saiba mais.

(41)3091-1370

Deus abençoe!

Todas as bençãos de cura estão na cruz

Se refugie na cruz de Cristo

Nesta manha de domingo, irmã Maria Eunice nos apresenta o caminho para encontrarmos a cura e as bençãos para nossas vidas, se afastando do pecado e se refugiando na cruz de Cristo.

O salário do pecado é a morte. A fé exige a recusa de ídolos na nossa vida pois não podemos servir a dois senhores. Como foi comentado no dia anterior, se eu quero seguir Jesus eu tenho que retirar da minha vida todos os costumes pagãos.

1pregeunice

A fé exige recusa de ídolos em nossa vida, precisamos largar o que nos prende, nossos pecados, a bebedeira, os pensamentos e se entregar a Deus livres de todas as amarras. Muitos colocam sua confiança em amuletos, fitas ou objetos, mais a pergunta é, aonde está a sua confiança, Jesus cristo já nos salvou, nossa confiança precisa estar n’Ele e só n’Ele!

Muitas das doenças de ordem psicológica e espiritual que nos alimentamos são originados dos nossos pecados e ídolos e nos tornarmos escravos da força do desamor. Na maioria das vezes somos escravos do ódio, escravos de nós mesmos, não buscamos a cura, achamos que por conta de nossos erros cometidos estamos condenados a viver eternamente prisioneiros desse desamor.

Quando alguém diz que você está desequilibrado, você logo fica bravo mas nós não temos equilíbrio. Nós só podemos encontrar esse equilíbrio clamando o Espirito Santos, para isso é necessário retirarmos nossos ídolos e abrirmos nosso coração.

Nos temos o costumes de ir alimentando nossos ídolos e esse alimento nos traz a enfermidade. E essa enfermidade espiritual pode ser até mesmo pior do que a enfermidade física. A pessoa não é culpada pelas suas doenças, mas nos precisamos ajuda-las a sair da doença, ser curado para curar.

Deus não te criou para ser miserável, Deus te criou para ser filho. Organize o seu lar e seu coração para que o inimigo não tenha espaço em sua vida.

Tome posse da graça que Deus tem para você! Algumas pessoas já tem a cara do pecado, não seja uma delas e não queira aparentar aquilo que você verdadeiramente não é. Na quaresma precisamos reconhecer ainda mais nossas faltas e buscar a confissão. Busque a cada dia mais ser melhor e afaste-se do mal.

É preciso todos os dias a oração de renuncia e descontaminação.

DSC_0651

Daqui a pouco adoração ao Santíssimo Sacramento, se dobre a Aquele que te traz a salvação, Ele te espera, Ele quer te curar.

Casa de Evangelização da Canção Nova de Curitiba.

Av. Marechal Floriano Peixoto – 4809
Vila Hauer – Curitiba – Paraná
Fone: (41) 3091 1370

Curta nossa Pagina Facebook.com/CnCuritiba

Siga -nos no Twitter @CNCURITIBA