A Igreja celebra em 30 de setembro a memória do grande santo e doutor da Igreja S. Jerônimo, que a pedido do Papa Damaso preparou a Bíblia em latim. Foi um trabalho gigantesco que demandou cerca de 30 anos nas grutas de Belém, onde ele fazia esse trabalho. São Jerônimo dizia que quem não conhece os Evangelhos não conhece Jesus.

Jesus conhecia profundamente a Bíblia. Mais do que isso, Jesus amava e se guiava pelas suas palavras. Isso é o suficiente para que todos nós façamos o mesmo.

Na tentação do deserto quando o demônio investiu contra Ele para tentar vencê-lO, Jesus o rebateu com as palavras da Escritura. Quando o tentador pediu que Ele transformasse as pedras em pães parra provar Sua filiação divina, Jesus lhe disse: “O homem não vive só de pão, mas de tudo o que sai da boca do Se­nhor” (Dt 8,3c). Continue lendo…

O que a Igreja ensina sobre os Anjos

A Igreja celebra em 29 de setembro a festa litúrgica dos Santos Arcanjos: Miguel (Quem como Deus!), Gabriel (Força de Deus) e Rafael (Cura de Deus). O Catecismo da Igreja afirma sem hesitação a existência dos anjos: “A existência dos seres espirituais, não corporais, que a Sagrada Escritura chama habitualmente de anjos, é uma verdade de fé. O testemunho da Escritura a respeito é tão claro quanto a unanimidade da Tradição” (§328). Continue lendo…

Tudo o que se conhece sobre a vida e martírio dos santos Cosme e Damião é fruto de devota fantasia e de narrações lendárias e floridas. Sofreram o martírio em Ciro (na Síria), mas não conhecemos a época. Provavelmente durante a perseguição de Diocleciano, nos inícios do século IV. A data de 27 de setembro corresponde provavelmente à dedicação da basílica que o Papa Félix IV (526-530) mandou construir em honra deles no Foro Romano; e é ainda meta mais de turistas que de devotos, pelo esplêndido mosaico que lhe decora a ábside. Continue lendo…

espinhosÉ em nossa fraqueza que Deus vem em nosso auxilio com a sua graça. Basta-te a minha graça!

São Paulo teve uma experiência impressionante com Jesus. Ele relata na segunda Carta aos coríntios. Primeiro começa dizendo que “foi arrebatado ao paraíso e lá ouviu palavras inefáveis, que não é permitido a um homem repetir”. Depois, relata o seguinte: “para que a grandeza das revelações não me levasse ao orgulho, foi-me dado um espinho na carne, um anjo de Satanás para me esbofetear e me livrar do perigo da vaidade. Três vezes roguei ao Senhor que o apartasse de mim. Mas ele me disse: Basta-te minha graça, porque é na fraqueza que se revela totalmente a minha força. Portanto, prefiro gloriar-me das minhas fraquezas, para que habite em mim a força de Cristo”. (2 Cor 12,4-10). More »

San_pio_de_Pietrelcina_by_kittychiii1. A obediência é mais bela quando é mais amarga.

2. A maior miséria da alma é a de acreditar-se forte.

3. É a Deus que você deve recorrer face aos assaltos do demônio.

4. O demônio nunca conseguirá demover uma alma que está agarrada à Cruz.

More »