A CNBB instituiu na 43ª Assembléia Geral dos Bispos do Brasil, em 2005, a Semana Nacional da Vida, de 1 a 8 de outubro, e dia 8 o Dia do Nascituro.

Quando os Apóstolos ligam alguma coisa na terra, Jesus liga no céu (cf. Mt 16,16 e 18,18). Então, hoje, também no Céu, é do Dia do ser humano em gestação no lugar sagrado que é o ventre materno. Antes, este era o lugar mais sagrado do mundo; mas hoje se tornou zona de fogo livre.

O que o aborto mata é um ser humano único, irrepetível, belo, imagem de Deus, a “glória de Deus” como dizia S. Irineu (†202); não existe “pré-embrião”. Quando se mata friamente uma criança no ventre materno, a mulher se rebaixa, a humanidade fica mais pobre, mais decadente e mais destruída em sua dignidade; e cada um de nós fica um pouco mais pobre.

Não podemos cair no gravíssimo pecado de omissão, como dizia Luther King: “tenho medo do silêncio dos bons”; ou como dizia Leão XIII: “A audácia dos maus se alimenta da covardia dos bons”.

Se a desgraça do aborto for um dia legalizado no Brasil, todos nós católicos seremos um pouco culpados diante do Senhor da Vida. Ele irá nos perguntar: o que você fez para me defender? “O que fizerdes ao menor desses pequeninos, foi a Mim que o fizeste?”(Mt 18,5; Mc 10,13). Quando se aborta uma criança, de certa forma se “aborta” o próprio Cristo; é por isso que o Código de Direito Canônico da Igreja considera excomungado da Igreja (“látea sententiae”) os pais que abortam uma criança e todos os que cooperam com o crime: médicos, enfermeiros, juizes,… (cf. Cânon 1398)

Há uma luta constante no mundo e também no Congresso do Brasil para aprovar a prática criminosa do aborto. A própria ONUOrganização das Nações Unidas quer globalizar a prática do aborto. A Anistia Internacional acaba de reconhecer o aborto como “um direito humano da mulher”; pasmem! Como disse João Paulo II na encíclica Veritatis Splendor, a vida está jurada de morte; há uma conspiração contra a vida. E a Igreja católica está quase sozinha nesta luta. Por isso, agora é a hora de cada católico sair do seu silêncio, mostrar o rosto e defender a Vida e seu Autor. É uma covardia matar uma criança inocente no ventre da mãe; é um atentado à vida; uma grave ofensa à dignidade humana e uma afronta ao Criador. Ninguém pode se omitir diante desta barbaridade! Nem a cobra mais venenosa mata o seu filhote no ninho… Não é possível, a quem ainda não perdeu totalmente a luz moral, deixar de ver que o aborto é um dos mais nefandos crimes que possa cometer um ser humano. Se a vida não é defendida desde o ventre materno, a verdadeira civilização perece, dando lugar à barbárie, ainda que travestida de civilidade. Como poderemos ser um país abençoado por Deus, se vamos aprovar que legalmente seja derramado o sangue dos seus filhos mais fracos, indefesos e inocentes?

A Igreja Católica, fiel à lei de Deus, sempre ao lado da vida, é intransigente com relação ao aborto. A criatura que arroga para si o direito de matar, está usurpando o lugar de Deus e, como tal, ofende gravemente ao Criador.

Desde os seus primórdios a Igreja ensina que no ato da concepção passa a existir uma nova vida humana, única, irrepetível, criada à semelhança de Deus, dotada de uma alma imortal, com o direito de viver.

Fala-se tanto nos direitos humanos e, no entanto, o primeiro e mais fundamental de todos – que é o direito à vida, especialmente quando esta se encontra indefesa no ventre materno – é tão desrespeitado em toda a face da terra. De que adianta defender os demais direitos se o Primeiro – o direito de viver – é tão violado?

Criminosamente o mundo mata, no ventre das mães, milhões de criancinhas indefesas, covardemente assassinadas, muitas vezes de maneira horrivelmente dolorosa. Nos abortos praticados por sucção, o corpo do bebê com dois meses é dilacerado por uma lâmina e aspirado… Outras vezes o bebê é envenenado com quatro, cinco meses de idade, sendo o seu corpinho queimado vivo. As mães que praticam abortos nunca vêem suas vítimas, mas elas morrem de maneira horrivelmente dolorosa.

No encontro do óvulo com o espermatozóide, gera-se uma vida humana. Todo o código genético do novo ser já está definido, resta apenas se desenvolver. Todo atentado à sua vida é grave injúria contra Deus e contra o ser humano
em formação. O feto é uma vida humana, e o que o aborto mata é uma criança. Desde os primeiros meses de gestação, ela tem os mesmos direitos à vida que um bebê de um ano de idade. Nada, nada mesmo, pode justificar um aborto, nem mesmo a gestação de alto risco, as enfermidades genitais, os casos de gravidez não desejada; e nem mesmo um estupro ou anencefalia.

Um erro não justifica outro maior ainda. Nada justifica um aborto! Se no caso de estupro alguém precisa ser punido, é o estuprador, e não a criança. Não tem cabimento matar o feto para se vingar do estuprador.

A lei defende a vida da criança após o nascimento; mas, na maioria dos países, não o protege no útero materno, o qual se tornou uma verdadeira região de “fogo livre”. Enquanto, por um lado, a viabilidade de sobrevivência de um bebê prematuro, fora do útero da mãe, é da ordem de vinte semanas (quatro meses e meio – tempo que poderá baixar ainda mais), por outro lado, em muitos países a criança pode ser legalmente assassinada até os seis meses, já completa e pronta para viver.

Com apenas onze semanas de gestação (aproximadamente três meses), um bebê no útero já é bem desenvolvido; as únicas mudanças daí para a frente serão apenas o desenvolvimento do que já está formado no seu ser. Todos os seus sistemas orgânicos já funcionam; ele respira e urina também; o corpo já esta formado e as mãozinhas já possuem até impressões digitais… Nesse estágio, o bebê já sente dor e é muito sensível à luz, ao calor e ao barulho. Sua personalidade já está
em formação. Com oito semanas de gestação, um bebê segura qualquer objeto que for posto em sua mão, e até os batimentos do seu coração já podem ser registrados em um eletrocardiograma. Com seis semanas, começa o feto a se movimentar. Com menos de quatro semanas, podemos comprovar que qualquer de suas células possui 46 cromossomos, ou seja, é um ser humano.

Cada um de nós foi uma simples célula, um óvulo fertilizado, que já continha tudo o que seríamos. Um pingo d’água é água!É por desrespeitar a vida intra-uterina que o homem chegou aos grandes desrespeitos à vida humana, como, por exemplo, holocaustos nazista e comunista. Quando a vida, em toda a sua extensão, não é respeitada, o homem corre sério risco. Querer que a lei não proteja a vida no útero materno, antes dos seis meses ou menos é o mesmo que querer que a lei não proteja a mesma vida, por exemplo, depois dos oitenta anos.

Se hoje é dado à mãe o direito legal de matar o seu filho, ainda não nascido, por ser um incômodo para ela, amanhã logicamente, deveríamos dar ao filho o direito também legal de matar a sua mãe, velha e doente, que se tornou um peso para ele. Ambas as práticas são criminosas e absurdas.

Devemos igualmente proteger todas as vidas humanas; e os legisladores não podem definir os limites da vida. Não podemos permitir que os grandes matem os pequenos e os conscientes eliminem os inconscientes.

Com seis meses de gestação, em plena vida, bebês são arrancados de dentro da mãe, em muitos hospitais americanos, através de uma cesariana, e são abandonados à morte em uma lata de lixo… Esse é o grande holocausto moderno que brada aos céus!

Por isso hoje, Dia do Nascituro, juntemos as nossas mãos e as nossas vozes, em união com os Anjos e os Santos, para junto com a Igreja, implorar ao Senhor da Vida, que jamais este crime hediondo seja legalizado em nosso país, para que o seu solo não seja manchado de tanto sangue inocente.

Que Nossa Senhora Aparecida nos defenda!

Prof. Felipe Aquino – www.cleofas.com.br

Capa Aborto

28 Comentários

  1. Nem uma cobra,nem um escorpião,nem leoa nenhum animal “irracional”mata sua própria cria,o único animal que se diz “racional”quer agora transformar o aborto em coisa corriqueira,normal.Isso é uma prova de irracionalidade completa.
    ABORTO NUNCA!!VIVA A VIDA!!NÃO IMPORTA COMO SEJA!

  2. ALINE LAURA

    CONCORDO COM TUDO QUE OI ESCRITO PELO PROFESSOR FELIPE AQUINO QUANTAS CRIANÇAS ESTÃO MORENDO PELA INJUSTIA DO MUNDO NOSSA SENHORA DE APARECIDA ROGAI POR NOS QURECOREMOS A VÓS!!! AMÉM

  3. A paz de Jesus, Prof. Felipe. Acho linda sua luta pela vida.Quero, a partir de hoje me comprometer a incluir em minha oração diária a oração pela vida. Mas acho importante que estejamos atentos às pessoas que estão à nossa volta, para que possamos ajudar de maneira prática e objetiva às mães desesperadas que pensam em interromper a gravidez. Que Nossa Mãe Santíssima possa inspirar a todas elas com seu SIM a favor da vida!!!

  4. ALTIVA HELENA

    Bom dia Professo!

    Sou de Franca,SP. e hoje havera uma celebraçao na catedral com o Sr Bispo, para abençoar as maes gravidas , e rezarmos em favor da vida.
    Estou iniciando agora na internet, apesar dos meus 57 anos
    Tenho um filho, caçula , que e formado em matematica, bacharel, e agora esta fazendo doutorado em Sao Carlos .
    Ele leu o livro do sr. CIENCIA E É EM HARMONIA,gostou muito e tambem esta leitura fez com que ele se aproximasse mais de Deus.
    Vejo seus programos semanais, que sao muito ricos em informaçoes.
    Que Deus o abençoe

    Altiva Helena

  5. José Nildo Fragoso

    Como é triste saber que aqueles que elegemos são tão vazios de Deus como podem querer justificar um assassinato com uma canetada ,Vivi uma experiencia maravilhosa na minha vida tive a graça de ter um filho prematuro extremo um ser mais que indefeso pois sempre achei nós humanos tão indefesos,Oravamos incessantemente recebemos 5 avisos de pré obito um dia chegou á pesar 670 Gr os médicos lutavam incessantemente uma guerra travada 24 hrs por dia passou por 13 cirurgias sendo 10 no cerebro por hidrocefalia ,teve várias infecções virais e bacterianas ficou 147 dias numa UTI doia nossa alma eu e minha esposa confiamos no Senhor e vencemos,hoje o Thiaguinho é motivo de admiração entre a equipe mèdica entre nossos amigos, uma Benção hoje está com Dois anos sem sequelas não me canso de testemunhar e as vezes me pergunto Qtos pequeninos foram abortados com o mesmo tempo gestacional dele pois a gravidez tinha seis meses e meio tenho Vontade de mostra-lo ao mundo e provar que esse crime ou seja o Aborto jamais terá a aceitação de Nosso Deus, Desculpem mas se for enumerar as maravilhas em minha vida depois do Thiaguinho ficaria horas escrevendo mas para sintetizar digo Crime é Crime mas Aborto com certeza é um Crime demoniaco!Dia 19 ele completará Dois aninhos Viva á Vida Viva Jesus Viva a Fé!Prf Felipe saiba que sou um grande admirador da sua pessoa e peço a Deus que te abençoe sempre se quizer posso enviar-lhe fotos do meu filhinho!Fique sempre Firme saiba que Jesus és Contigo!Obs: o Thiago Aparecido Fragoso nasceu com 810 Gr 32,5 cm.Dia 10/10/2005

  6. ANA CRISTINA

    É IMPORTANTE TODOS NÓS SABERMOS QUE MESMO PEQUENININHO NO INÍCO DA GESTAÇÃO COM ALGUMAS SEMANAS , EXISTE UMA VIDA , QUE SENTE E QUE CHORA .
    TODOS JUNTOS PEÇAMOS AO SENHOR JESUS , MAIS HUMANIDADE NO CORAÇÃO DAS PESSOAS , E RESPEITO A PEQUENA VIDA QUE SE FORMA!!!

  7. Tiago Silva

    A paz de jesus! Muito bem explícito os documentários sobre o nascituro, uma vida indefesa. Serviu como base para trabalhar-se em salas de aula como em momentos de debate em sala.
    Digo-vos a todos que lerem esse assunto, pois a vida estar sendo banalmente preservada, os seres vivos não dão mais o verdadeiro sentido que tem o dom de viver, desde a sua fecundação ao nascimento.
    Abarços. Tiago/marco- ceará. Orem por minha família. A paz e amor se encontrem em nós.

  8. Adriano e Débora Rossi

    SIM A VIDA! DEUS É AMOR! FAMÍLIAS SANTAS, FAMÍLIAS RESTAURADAS, FAMÍLIAS SEGUINDO COMO MODELO A SAGRADA FAMÍLIA DE NAZARÉ. CORAÇÕES ENTREGUES JUNTOS A DEUS, PARA VIVERMOS DENTRO DO IMENSO AMOR DE DEUS, PARA SERMOS UM SÓ NO SENHOR. ENTREGARMOS NOSSO CAMINHAR. É ISSO QUE QUEREMOS DIZER SOBRE ESTE ASSUNTO: SIM, A VIDA!!!
    A PAZ DE JESUS ESTEJA SEMPRE CONOSCO!
    Adriano e Débora Rossi (5 anos de casados)e a espera de uma criança para adoção à 2 anos e meio.

  9. Ana Maria

    Boa tarde Prof. Felipe,

    Paz de Cristo!

    Fico extremamente chocada e comovida quando leio ou ouço reportagens ,comentários a respeito do aborto. Fico indignada em saber que muitas pessoas estão se afastando cada vez mais de Deus e não tomam consciência disto, aliás parece que no fundo, não “querem” tomar consciência!
    Deus, com certeza, deve estar muito triste vendo o que a “humanidade” está fazendo.
    Não podemos nos deixar vencer por opiniões daqueles que não têm Deus no coração.
    E como o Sr. disse no início não podemos cair no gravíssimo pecado da omissão. Não podemos deixar realmente, que se legalize este crime, esta covardia sem tamanho. O aborto é sem dúvida, uma obra demoníaca.
    Cada vez mais, devemos expressar nosso repúdio ao aborto.

    Admiro muito o seu trabalho, seu conhecimento, seu esclarecimento com os assuntos abordados. E peço a Deus que continue a lhe abençoar, iluminar e lhe dar forças sempre nessa luta. E todos nós que cremos em Deus, estaremos rezando pelo Sr. E também a todos os homens de boa vontade. Para que nossa força, nossa fé, nossa oração e nossa ação, vença o mal.

    Deus seja louvado!

    VIVA A VIDA!!!

  10. Que a paz de Jesus esteja convosco!Sou conselheira Tutelar a 5 anos e trabalho diretamente com o ECA (estatuto da Criança e do Adolescente), nele ´e assegurado todos os direitos da Criança e do Adolescente inclusive o direito a vida. Nas conferencias ´e um dos temas mais debatidos, porem ao sair daquele “circo” o que ouvimos ´e o triste conceito de que “a mulher tem o direito de escolher entre ter ou nao aquela Criança”, como se nos maes tivessemos o poder de decidir sobre os propositos de Deus.
    “Que o Senhor tenha misericordia na vida de cada mae que um dia fez ou mesmo pensou em praticar este crime” Amem.

  11. Helena Castro

    Professor,
    Mais uma vez louvo a Deus pelas suas palavras, as quais deveriam ser proclamadas em alta voz nos lugares onde o movimento pela morte flui livremente.
    Eu estou criando há 4 anos uma mãe e um filho que tinha tudo para ser abortado. Ela engravidou aos 11 anos de um pedófilo que abusava dela desde seus 6 anos de idade. O sujeito era um ex-namorado da mãe dela e passou a viver como seu sócio em uma firma de decoração dentro da sua própria casa. Ela envouveu-se com outro homem e teve um filho. Esse pedófilo nas horas vagas dizia cuidar dos filhos dela e abusava da menina. Lembrando que essa menina era adotada, pois como ela havia feito um aborto de uma menina, ficou com remorso e achou que adotando uma criança ficaria em paz com Deus. Só que ela fez um mal ainda maior, pois essa criança ao engravidar desse bandido ficou com muito medo e escondeu a gravidêz até o sétimo mês, sem nunca ter ido a um médico. Quando a mãe descobriu brigou muito com ela que não contou antes para que desse tempo abortar, ela disse que não queria abortar. A vidas dessas duas crianças tornou-se um inferno, pois a mãe os culpava pela sua infelicidade e pela vergonha. Viveram com essa mãe até a criança completar 2 anos e até que um dia ela figiu de casa e bateu na minha porta. Eu tenho dois filhos que já estavam iniciando a faculdade e não me via mais criando uma criança e de repente me vi com duas, cheias de problemas. Mas, aceitei o desafio e a única coisa que pedi a Deus foi sabedoria e força para salvar aquelas duas vidas. Hoje o Fernandinho é coisa mais importante na minha vida e dos meus filhos, a Mãe dele que é uma adolecente ainda, tem uma grande caminhada pela frente para vencer todos os traumas, mas, sabe que é amada por Deus e por nós e o resto o Senhor seguramente fará.
    Reze por nós!
    Obrigado.

  12. Helio Bertoni

    Minha esposa Maria José estava grávida de 1 mês e 20 dias quando contraiu rubéola. O ginecologista de nossos 3 filhos indicou aborto ante a quase certeza de um feto deficiente. Trocanos de ginecologista varias vezes, até que nossa filha nasceu prematura, com 1,340 kg. Em pouco tempo ganhou peso, hj está com 27 anos de idade, é “apenas???” surda, conseguiu terminar o ensino médio, trabalha numa fabrica de lingerie e saindo agora de um período de depressivo de quase 8 anos está desejosa de voltar a estudar. Graças a Deus que na época, não aceitamos abortar.

  13. carlinho jardim

    Que Deus te ilumine sempre nesta linda campanha em prol a vida, que e gerada por Deus no ventre materno. eu tambem ja me imcluo nesta campanha, porque sei que Jesus esta a frente com nossa mae Maria Santissima.
    Deus te abencoe.

  14. Estou grávida de 7 meses, e sei como é real a vida de um bebê dentro do ventre materno,meu bebê chuta,quando converso com ele,ele reage ao estimulo.
    é muito triste,ver mães jogando fora seus filhos,sacrificando vidas inocentes que pagam pelo que não fizeram.
    Esses inocentes tem o direito de nascer, tem o direito de viver.
    E TODOS QUE VOTAM A FAVOR DO ABORTO JÁ NASCERAM,PENSE NISSO!!!!!!

  15. realmente é inacreditável que se chame de direito da mulher o que é de direito de um outro ser que ela tem o Dever de cuidar !!eu não tenho o direito sobre a vida de ninguem e assim por diante…

  16. Professor Felipe Aquino,

    Que bom saber que hoje é um dia especial “Dia do Nascituro”. Contudo, o que vemos é a banalização da vida. O aborto tornou-se um tema de livre escolha p/ as pessoas que não têm temor de Deus. É triste, ver nos jornais, noticiários sobre mães que matam seus filhos, abortam sem nenhum sentimento… Um filho é uma dádiva de Deus e ninguém pode tirar-lhe a vida. Diga SIM á VIDA!!! E sim a DEUS!!!

  17. Adessandra

    Ninguém tem o direito de tirar a vida,sendo a mesma doada por Deus,muitas pessoas não querem ver que o aborto é o pior dos crimes,pois a vitíma não tem como se defender.
    Vamos nos unir em orações e ações para impedir que essa barbaridade chegue em nosso pais.

    Louvado seja nosso Senhor Jesus Cristo.

  18. Muito sabias as palavras, eu já assisti muito na escola as formas como é praticado o aborto, e acho que seria muito importante ter essas imagens na televisão, pra abalar e chocar as pessoas, assim muitas irão desistir de tamanha crueldade. Que Deus abençõe a todos nós.

  19. Viva o dia Nascituro!!!
    Eu que há pouquissimo tempo passei por um situação de aborto retido, para mim foi difícil aceitar . Era tudo que eu queria, estar grávida!! Fiquei arrasada com médico disse que tinha que fazer curetagem, procurei três médicos até ter a certeza que teria que fazer a tal curetagem, no meu mais intimos reze , peço perdão pois eu não sabia que estava grávida. Fico pensando a mulher que recebe este dão tão grandiosa , no fato de pensar no aborto. Oh! meu Jesus tende misericódias dessas mulheres que pensam e até mesmo chega a próprio ato.
    Agradeço a Deus por ter passado por esta situação e vejo como é preciso ficar atentos mais a DEUS, ficarmos mais ligados A DEUS. Recomendo o livro OS FILHOS QUE OS PAIS QUEREM TER. Este livro está me ajudando muito a me recuperar deste trauma , e ” limpar o terreno “, quando Deus conceber de novo esta graça , tudo possa estar limpo .
    PEÇO ORAÇÃO E REZO PELAS MULHERES QUE PASSARAM POR ISTO ” ABORTO RETIDO”, QUE JESUS PELO AMOR DE MARIA POSSA NOS CURAR E DAR A FELICIDADE DE CUIDAR DE UM FILHO SEU.

  20. Professor,

    É terrível ver qtas pessoas são a favor do aborto. E acredito ser o ato mais egoísta.

    Um abraço.

  21. Estou junto nesta campanha que infelizmente temos que travar contra a abominável iminencia de legalização do aborto. É um crime contra a humanidade sem precedentes. Eu costumo dizer que o aborto é a “solução final” do mundo moderno. É a porta da desgraça humana por séculos e séculos. Não tenho dúvidas que uma vez legalizado no Brasil, todos nós passaremos por sérias dificuldades oriundas deste tipo de “liberdade” relativista e amaldiçoada.
    Que Deus nos proteja e nossa mãe de Guadalupe, protetora dos nascituros na América olhe pelos seus filhos tão amados quanto inocentes.
    Acessem o blog para ver um vídeo de um aborto:

    comunidadecatolica.wordpress.com

  22. A Paz:
    Prof. Felipe. que Deus lhe abençõe imensamente por toda orienteção que nos dá. E pela ousadia de ser profeta que anuncia e denuncia.
    Hoje mesmo irei ler seu texto em nosso grupo de oração.Dessa estaremos evangelizando juntos contra essa cultura de morte.
    Deus lhe abençõe.

  23. Tambem “abomino” a pratica de aborto. Minha filha engravidou com l4 anos. Ela teve problemas no começo da gravidez, porém ficou com medo de perder o nene, e nunca pensou em abortar. Ajudei-a a criar a criança que passou a ser a razão do meu viver e do meu marido. Minha filha casou-se e o marido adotou minha neta como pai. Pois ela é uma criança encantadora. Devemos proteger nossa crianças.

  24. O ABORTO é contra o Processo da Vida.
    Uma pesquisa da USP, os alunos de Medicina e Psicologia, em conjunto, chegaram a um número assustador: cerca de 60% das mulheres entrevistadas que estavam grávidas ou já eram mães disseram ter em algum momento da gravidez a dúvida sobre continuar ou não com a gestação.
    Se não houvesse família, orientação, religião, alguns dos fatores apontados por elas, muitas teriam abortado, por simples conveniência.
    Terrível fato. Terrível circunstancia social.
    Temos que ser contra o aborto e a favor da Vida, mas, como Cristãos, temos que lutar para mudar essa sociedade doente onde esses males proliferam.

  25. ola e paz de DEUS para todos , meu nome é robson hj estou com 24 anos, sou casado e tive 3 lindos e abençoados filhos, o gabriel a samara e o nosso principe henrique, que na sua gestação houve um problema de formação, formação cerebral é isso mesmo meu filho nasceu com anencefalia, onde todos disseram não haver vida DEUS todo poderoso nos mostrou que pro amor existir não é precizo haver cerebro mais sim coração, provou que aquelas duras palavras de um pediatra dizendo que iriamos perder nosso filho em breve, transformaram a curta vida dele em momentos eternos, aproveitamos cada segundo de vida dele e jamais passou por nossas cabeças um aborto jamais, enquanto haver vida há esperança, meu maravilhoso filho alcançou a idade de 1 ano, 4 meses e 20 dias e lhes digo que valeu a pena tudo vale a pena , que DEUS abençoe a todos !!!

  26. Parabéns pelo artigo!
    Infelizmente no passado 11 de Fevereiro a Vida teve um retrocesso em Portugal!
    Assim mesmo, são milhares e milhares as pessoas que, deste lado do Atlântico continuam lutando contra este crime contra inocentes que é o aborto.
    Boa sorte e muitas felicidades na vossa luta!
    De entre a felizmente vasta bibliografia a favor da vida, permitam-me que eu aponte:
    “O aborto uma abordagem serena” do Prof. César das Neves.
    http://www.fcee.lisboa.ucp.pt/custom/template/fceetplgenpg.asp?sspageid=128&lang=1&docente=506

    João Lima
    http://algarvepelavida.blogspot.com/

  27. Que lindo o depoimento de Robson !!!
    Um dos mais lindos que já vi!
    Nosso Senhor, o Amor Maior, seja louvado por isso.

  28. Tenho um filho de 8 meses, e há muito pouco tempo passei pelo pre natal dele…. Tenho muito marcado na minha cabeça o ultrassom de 11 semanas, quando eu pude ver o corpinho dele inteirinho formado no computador, cada costelinha! E foi demais, ele estava chupando o dedinho!
    Quando ele parava de se mexer a médica chacoalhava minha barriga e ele tornava aos movimentos!
    Como alguém pode pensar que em 11 semanas de gestação (que é menos que 3 meses) esse serzinho não é único? Ele já era um ser humano completo!
    Que Deus e Nossa Senhora não permitam que tal lei seja aprovada no nosso país, e que as mães que fazem abortos em clinicas clandestinas hoje sejam tocadas pelo espírito santo… tenho certeza de que se essas mães pudesses ouvir uma só vez o chorinho de seus filhos, ou ver seus olhinhos, ainda que fossem filhos de estupro, não tomariam tal decisão.
    Jesus, tende piedade de nós!
    Bruna

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>