Uma terrível organização que se intitula falsamente de “Católicas pelo direito de decidir”, tenta enganar os católicos menos avisados, fazendo propagando do aborto, casamento gay, aprovação da prática homossexual, e outras práticas que não se coadunam com a fé da Igreja. O grupo surgiu nos EUA; e por isso vale a pena ler a declaração do Presidente da Conferência dos Bispos Americanos sobre a tal entidade:

Nota do Presidente da Conferência Nacional dos Bispos Católicos do Estados Unidos 

O Bispo de Galveston-Houston, D. Joseph A. Diorenza, Presidente da Conferência Nacional dos Bispos Católicos dos Estados Unidos da América, emanou a seguinte declaração sobre a organização chamada “Católicas pelo Direito de Decidir” (Catholics For a Free Choice – CFFC):  

“Desde há vários anos, um grupo que se define “Católicas pelo Direito de Decidir” (CFFC) tem apoiado publicamente o aborto, afirmando que esta reivindicação está em sintonia com o autêntico ensinamento católico. Esta reivindicação é falsa. Com efeito, a atividade deste grupo orienta-se para a rejeição e a deturpação do ensinamento católico acerca do respeito e da salvaguarda devidos à inerme vida humana do nascituro.  

Diversas vezes a Conferência Nacional dos Bispos católicos (NCCB) afirmou publicamente que CFFC não é uma organização católica, não fala em nome da Igreja Católica e de fato promove posições contrárias ao ensinamento da Igreja, como é articulado pela Santa Sé e pela NCCB.  

A nível prático, CFFC é uma arma do “Lobby” abortista nos Estados Unidos e no mundo inteiro. Trata-se de um grupo de defesa, que se dedica a apoiar o aborto. É patrocinada por um determinado número de poderosas e ricas fundações particulares, sobretudo norte-americanas, e tem em vista promover o aborto como um método de controle demográfico. Esta posição é contrária à atual política das Nações Unidas, bem como às leis e disposições da maioria das nações do mundo inteiro.  

Na sua última campanha, CFFC concentrou os seus esforços nas relações públicas para pôr fim à presença oficial, e calar a voz moral, da Santa Sé como Observador Permanente junto das Nações Unidas. Os seus esforços nas relações públicas têm ridicularizado a Santa sé com uma linguagem que faz recordar outros episódios de fanatismo anti-católico, de que no passado a Igreja católica foi vitima.  

Como os Bispos católicos dos Estados Unidos têm afirmado há muitos anos, o uso do vocábulo “CATÓLICAS” como trampolim para promover a eliminação da vida humana inocente e ridicularizar a Igreja é ofensivo não só para os católicos, mas para todas as pessoas que esperam honestidade e clarividência nos pronunciamentos públicos.  

Declaramos uma vez mais, com a maior ênfase: “Em virtude da sua oposição aos direitos humanos de alguns dos mais desprotegidos membros da raça humana, e dado que as suas finalidades e atividades contradizem deliberadamente os ensinamentos essenciais da fé católica… “Católicas pelo Direito de Decidir” não merece o reconhecimento nem o apoio como organização católica”

Comissão Administrativa da Conferência Nacional dos Bispos Católicos, 1993

Fonte: “L’Osservatore Romano, 20.05.2000, pg. 3″ 

13 Comentários

  1. Praticamente,perdi a fé na regeneração dos Estados Unidos,pois
    mesmo sendo a terceira maior nação católica no mundo,por um lado
    há os grupos abortistas que patrocinam o aborto não só nos
    Estados Unidos,mas no mundo todo,e pelo outro,há os protestantes
    com o apoio que dão ao aborto em ´´alguns casos“.Bush é protestante,e cadê que ele tem a cristandade de defender a vida,pois em nenhuma ocasião o aborto é aceitavel.O quinto mandamento diz:´´não matar“,e por que os nossos irmãos
    protestantes aceitam o aborto como eles dizem ´´em alguns casos“?DIGAM NÃO AO ABORTO,DIGAM NÃO A ESSE CRIME!

  2. RODOLFO DE JESUS FERMINO

    Professor.

    Por mais que eu tente escrever ou descreve tudo de bom que o senhor me insinou e continua me ensinando ainda seria infimo por demais.

    Resumindo: Obrigado e que Deus permita que o Sr. Partilhe com o mundo seus conhecimentos.

    Quanto ao artigo acima quero agradecer e pedir a quem tiver conhecimento dele “dispare” E-Mail para seu amigos, para que nossa amada Igreja Católica Apostolica Romana, não seja julgada e condenada por algo que não deu causa.

    Obrigado.

  3. Se fossem católicas pelo direito de decidir seriam católicas pelo direito de decidir a favor da vida; da moral cristã, dos mandamentos divinos e da vontade de DEUS, católicas, estas?, pelo amor de DEUS isto é uma piada de mau gosto, podem ser tudo menos católicas, se fosse para a Igreja Católica processar estas farsantes que se utilizam do nome da Igreja Católica para espalhar seus pensamentos torpes e de morte garanto que algum tribunal iria dar ganho de causa a Igreja Católica pois em nenhum momento elas podem se chamar de católicas já que tudo o que elas fazem é totalmente contrário ao que a Igreja em que elas se dizem pertencer fala e ensina e que espera que todos os seus membros a sigam, se não seguem então porque ainda se dizem católicas?, não precisam ser muito inteligentes para saber que estas pessoas nada tem haver com a Igreja Católica. E quanto ao Busch ele é contra o aborto sim, mas ele não pode fazer muita coisa, mesmo sendo presidente dos E.U.A porque o aborto é legalizado por lei nos E.U.A e o Busch só poderia mexer nesta lei se o congresso americano aprovasse, mas o que mais me intriga no Busch é que ao mesmo tempo que ele é contra o aborto ele é a favor da pena de morte e de guerras premeditadas só para promover seus interesses e os interesses de grandes companhias norte americanas principalmente as petrolíferas (Vide guerra do Iraque), aí não adianta ser contra o aborto e ao mesmo tempo por em risco vidas humanas em guerras injustas, dois pesos duas medidas. E que há igrejas evangélicas que apóiam o aborto isto há vide igreja universal do reino de Deus do sr. edir macedo que promove campanha a favor da liberalização do aborto pela sua tv record, agora é esperar se o restante das igrejas evangélicas apóiem também o aborto ou condenem a posição de tal igreja, pois atacar, criticar, falar mentiras da Igreja Católica eles sabem, mas condenar alguma de suas inúmeras igrejas evangélicas nisto eles ficam bem caladinhos, ainda mais em se tratando do edir macedo e da igreja universal o qual tem uma poderosa emissora de televisão, pois para ser alguém poderosos neste pais e só ter uma emissora de televisão comercial pois puramente religiosa como a Canção Nova isto não gera tanta dor de cabeça para o governo e quem for quanto uma emissora comercial o qual pode defender ou atacar alguém, grupos, ideologias , como e quando quiser.

  4. Prof, q bom q o senhor coloca esses ensinamentos esclarecedores em público, pois já tive acesso ao material fornecido pelas “católicas pelo direito d decidir” e elas não só usam o título católicas como tb até versículo bíblico para defender o aborto. Essa notícia tem q ser amplamente divulgada, principalmente p/q chegue aos católicos menos praticantes para q não sejam enganados.

  5. Estas são alguns dos lobos de que Jesus nos alerta nos evangelhos,e também São Paulo em suas cartas, “saíram do meio de nós ,mas não são dos nossos”.Temos que tomar cuidado com estas falsas “profetas” que não passam de instrumentos que o demônio usa pra tentar atingir a Santa Igreja e seus fiéis.

  6. Mauro Cristóvão

    Um absurdo!! Precisamos que a CNBB responda imediatamente.

    Paz e Bem !!

  7. professor Felipe
    ao ver a reportagem de Lorrane, chorei…quem não choraria?…sou totalmente contra o aborto e pretendo fazer parte do grupo “pró vida ” de Frei Galvão a quem sou devota.E´um absurdo o que dizem que a mulher é dona de seu corpo! depois que ela engravida ela não é mais dona de seu corpo e sim o bebe uma vida que se inicia!

  8. Sugiro. É só clicar no link:

    A pílula do dia seguinte é ABORTIVA! Fora CDD![http://www.usinadeletras.com.br/exibelotexto.php?cod=47344&cat=Artigos&vinda=S]

  9. .Ao invés de se denominarem catolicas pelo direito de decidir,deveriam se chamar sanguinarias pelo direito de matar,pois é isto que elas pretendem,e ainda usam a religiao para tentar praticar este ato criminoso.

  10. Alberto Maia

    Quem ler não se assuste e não tenham medo. Vem mais coisas deste tipo por aí. Sejamos firmes na fé e na palavra de Jesus.
    Cuidado apenas com estas armadilhas.
    Paz e Bem

  11. Pingback: Monique Soares

  12. Se for possível, gostaria de saber quais as fundações que financiam esta organização. Divulgar esta informação e os seus interesses torna mais fácil desmascará-las. obrigada

  13. Elas são ridículas, mentirosas, anti-cristãs !!!!

  14. E necessário que nós católicas ficamos atentas as estas enganadoras propagandas ,pois só assim entenderemos dos direitos humanos, que se fale mais do valor moral, preservação da vida,valores cristãos durante as celebrações para que não haja contradições .(Sugestão) Amém Jesus

  15. Pingback: LiberdadeDeExpressao

  16. Pingback: Victor Porto Cândido

  17. Pingback: Luma

  18. Pingback: Danilo Oliveira

  19. Pingback: Banda Nova Face

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>