SANTUÁRIOS FRANCISCANOS

 

Saida: 07 de outubro

Na companhia de Pe. Edmilson – Com. Canção Nova

 

Santa Clara:

Nasceu em Assis no ano 1193.

Foi contemporânea e discípula de São Francisco quis seguir o caminho de austeridade sinalado por ele a pesar da duríssima oposição familiar.

Se retrocedemos na historia, vemos na porta da igreja de Santa Maria dos Anjos (chamada também de Porciúncula), distante um km e meio da cidade de Assis, a Clara Favarone.


Na noite de domingo de ramos, Clara havia abandonado sua casa, no palácio de seus pais, e estava ali, na igreja de Santa Maria dos Anjos. Esperavam a ela São Francisco e vários sacerdotes, com círios acesos, entoando o Veni Creátor Spíritus.

Dentro do templo, Clara troca sua roupa de tecido luxuoso y brocado pelo hábito que recebe das mãos de Francisco, que corta suas lindas tranças loiras e cobre a cabeça da jovem com um véu preto. Na manha seguinte, familiares e amigos invadem o templo. Rogam e ameaçam. Pensam que a jovem deveria voltar a casa paterna. Grita y se lamenta o pai. A mãe chora e exclama: “Está enfeitiçada”. Era 18 de março de 1212.

Quando Francisco de Assis abandonou a casa do seu pai, o rico comerciante Bernardone, Clara era una menina de onze anos. Seguiu passo a passo essa vida de renuncia e amor ao próximo. E com essa admiração foi crescendo o desejo de imita-lo.

Clara despertou a vocação de sua irmã Inês e, com outras dezesseis jovens parentas, se dispôs a fundar uma comunidade.

A filha de Favarone, cavaleiro feudal de Assis, dava o exemplo em todo. Cuidava aos enfermos nos hospitais; dentro do convento realizava os mais humildes trabalhos. Pedia esmolas, pois essa era uma das normas do instituto. As freiras deviam viver dependentes da providencia divina: a esmola e o trabalho.

Passaram os anos. No verão de 1253, na igreja de São Damião de Assis, o Papa Inocêncio IV a visitou no seu leito de morte. Unidas às mãos, teve forças para pedir-lhe sua benção, com a  indulgencia plenária. O Papa contestou soluçando: “Queira Deus, minha filha, que não necessite eu mais que você da misericórdia divina”.

Choram as freiras a agonia de Clara. Tudo é silencio. Só um murmurar brota dos lábios da santa.

- Oh Senhor, te louvo, te glorifico, por ter me criado.

Uma das freiras perguntou:

- Com quem falais?

Ela contestou recitando o salmo.

- Preciosa eis em presença do Senhor a morte de seus santos.

E expirou. Era 11 de agosto de 1253. Foi canonizada dos anos mais tarde, o dia 15 de agosto de 1255, pelo papa Alejandro IV, quem na bula correspondente declarou que ela “foi alto candelabro de santidade”, a qual luz “socorreram e socorrem muitas virgens para acender suas lamparinas”.

Santa Clara fundou a Ordem das Damas Pobres de São Damião,







chamadas vulgarmente Clarissas, rama feminina dos franciscanos,            a qual governou com fidelidade esquisita ao espírito franciscano até sua morte e faz sete séculos repousa na igreja das Clarissas de Assis.

Dela dize seu biógrafo Tomás Celano: “Clara por seu nome; más clara por sua vida; claríssima por sua morte”.


São Francisco…

Um pouco de sua vida:

Pode-se dizer que São Francisco foi declarado Santo pelo povo,  antes mesmo que o Sumo Pontífice considere a ele esse honor, e se for perguntar pros Cristãos (mesmo para os protestantes) todos estariam de acordo que ele é um verdadeiro Santo.


Ele nasceu em Assis, na Itália no ano de 1182. Sua mãe Pica foi sumamente estimada pelo mesmo durante toda sua vida. Seu pai era Pedro Bernardone, um homem muito admirador e amigo da França, pela qual o chamou de Francisco, que significa: “O pequeno francesinho”. Quando jovem Francisco gostava de ir a festas, passeios e partilhas com muita música. Vinha de uma família pudente, e de um status alto na sociedade. Tinha uma grande qualidade de não negar nunca um favor aos pobres e carenciados. Tinha uns vinte anos quando ocorreu uma guerra entre Assis e a cidade de Perugia.

Francisco saiu a combater para defesa da sua cidade, e caiu prisioneiro dos inimigos. A prisão durou um ano, tempo que ele aproveitou para meditar e pensar seriamente na vida. Depois de sair da prisão se incorporou outra vez no exército da sua cidade, e foi combater os inimigos. Comprou uma armadura sumamente elegante e o melhor cavalo que encontrou. Mais pelo caminho, viu um pobre militar que não tinha com que comprar uma armadura nem cavalaria, e Francisco, comovido, deu a ele todo seu luxuoso equipo militar. Nessa noite nos seus sonhos sentiu que havia ganhado em troca da caridade que fez um presente muito maior, uma armadura espiritual.

Francisco não chegou ao campo de batalha porque havia ficado doente e em plena enfermidade ouviu que uma voz do céu lhe dizia: “¿Por que dedicar-se a servir aos jornaleiros, em vez de consagrar-se a servir ao Chefe Supremo de todos?”. Então voltou para sua cidade, mas não para se divertir nem farrear, mas a meditar sobre seu futuro. As pessoas ao vê-lo tão silencioso e meditabundo comentavam que Francisco provavelmente estava apaixonado.

Em verdade ele estava apaixonado, apaixonado por um amor maior, Deus!

Converteu-se, renunciou aos bens paternos y se entregou, contudo a Deus. Abraçou a pobreza e viveu uma vida evangélica, predicando a todos o amor de Deus. Deu a seus seguidores umas sabias normas, que logo foram aprovadas pela Santa Sede. Fundou uma Ordem de frades y sua primeira seguidora mulher, Santa Clara funda as Clarissas, inspirada por Ele.

“Comece fazendo o que é necessário, depois o que é possível, e de repente você estará fazendo o impossível”.

(São Francisco)


Conheça Grécia e Turquia

Na companhia de:

Pe. Adriano Zandoná

Pe. Adriano Zandoná

Saida 10 de novembro

 Venha conosco!!!

Mais que viagens… encontros com Deus!

 

Saiba mais sobre:

Éfeso foi uma das grandes cidades dos jônicos na Ásia Menor, situada no local onde o rio Cayster desagua no Egeu. Foi fundada por colonos provenientes principalmente de Atenas. Ciro, o Grande, incorporou a cidade ao império persa e Alexandre libertou-a em 334 a.C.. Com o surgimento do cristianismo, Éfeso foi uma das primeiras cidades alcançadas pela pregação dos apóstolos. Situa-se na Turquia atual.

Em Éfeso existia um dos maiores teatros do mundo, com capacidade para 25 mil espectadores de uma população total estimada em cerca de 400 mil a 500 mil habitantes. Era a quinta mais populosa cidade do império. Também em Éfeso surgiram as condições para uma mudança fundamental no pensamento do Ocidente, durante os séculos VII e VI a.C. Éfeso e Mileto, também na Ásia Menor, são berços da filosofia. Em 133 a.C. Éfeso foi declarada capital da província romana da Ásia, mas pesquisas arqueológicas revelam que Éfeso já se constituía em centro urbano antes de 1000 a.C., quando era ocupada pelos jônios.

Sua riqueza, contudo, não era apenas material. Nela se destacavam iniciativas culturais como escolas filosóficas; escola de magos e muitas manifestações religiosas, sendo a mais significativa em torno de Ártemis; a deusa do meio ambiente conhecida como Diana pelos romanos. É dedicado a Ártemis o maior templo nela encontrado por arqueólogos austríacos. Ao lado do templo de Ártemis, com 80 metros de comprimento e 50 metros de largura, foram encontrados suntuosos palácios romanos. Como é comum em praticamente todas as cidades ao redor do Mediterrâneo, também Éfeso acumulava em sua tradição traços religiosos orientais, egípcios, gregos, romanos e do judaísmo.

O antigo geógrafo Estrabão, que viveu de 64 a.C. a 25 d.C., descreveu-a como “o maior centro de comércio exterior que havia na “Ásia” (Geografia XII, 8 e 5). Os arqueólogos encontraram uma inscrição em pedra (talvez erigida por ordem do imperador), que premiava Éfeso como a “mais ilustre de todas as cidades” da Ásia.

Nos tempos apostólicos, Éfeso foi uma das cidades do Império Romano onde o cristianismo mais se difundiu. Os apóstolos Paulo e João pregaram na cidade. A igreja que havia em Éfeso no fim do primeiro século de nossa era foi uma das sete igrejas mencionadas no Apocalipse, ao lado de Esmirna, Pérgamo, Sardes, Tiatira, Filadélfia e Laodicéia. A cidade também foi sede de dois concílios. Nela se localizam ruínas da Basílica de São João, o Teólogo.

Turquia e Grécia … Só por Obra de Maria.

Clique aqui e confira o nosso roteiro.

barra_top.jpg

Contatos (0xx12) 3186 2055

ou pelo e-mail peregrinacoes@cancaonova.com

Mais que viagens… encontros com Deus!

Informações gerais

(0×12) 3186 2000 ramal 2451

Deixe seu comentário

No Hotel…

imagem-no-hotel.JPG

-Confira a limpeza do quarto.

-Cuidado com os aparelhos eletrônicos, saiba primeiramente qual é a voltagem do lugar.

-No primeiro passeio, antes de sair, peça um cartão do hotel. Se você se perder, mostre o cartão e tudo estará resolvido.

*Na hora de comer:

-Comece com pratos leves e vá se habituando aos poucos.

-Peça bebidas leves: água mineral ou com gás, sucos e chás. Evite o consumo demasiado de bebidas com alcool. Refrigerantes tambem são bem vindos.

- Antes de consumir verifique o cardápio e o tipo de moeda local.

- Evite comidas vendidas por ambulantes.


Equipamentos

imagem-tomadas.JPG

 Por que o Brasil não adotou o padrão internacional de plugues e tomadas?

Porque o padrão internacional não existe. Cada país desenvolveu o seu próprio padrão, impossibilitando a criação de um padrão único. O padrão estabelecido no fórum da Associação Brasileira de Normas Técnicas – ABNT foi desenvolvido considerando a conectividade com os plugues hoje existentes. O padrão é conectável com 80% dos aparelhos elétricos atuais.
Alguns países possuem um padrão: Argentina, Uruguai, Estados Unidos, Canadá, México Chile, França, Portugal, Espanha, Itália, Suíça, Japão, Austrália, entre outros. Cada um deles adota um padrão diferente.

imagem-maquina.JPG

-Se você precisar declarar algum equipamento eletrônico, na saída do Brasil dirija-se à Receita Federal do aeroporto, levando o aparelho, câmera fotográfica ou instrumentos musicais.

-Identifique a sua bagagem com nome, endereço e telefone, ponha as etiquetas em lugares visíveis e também uma dentro da mala.

Venha viajar conosco!

 barra_top.jpg

Contatos (0xx12) 3186 2055

ou pelo e-mail peregrinacoes@cancaonova.com

Mais que viagens… encontros com Deus!

CONFIRA NOSSOS ROTEIROS 

CADASTRE-SE AQUI!