24 maio,2013  |  autor:   |  Podcast

Padre Paulo Ricardo explica a influência da novela na sociedade

A sociedade, hoje, está em constante transformação e evolução, mas muitas dessas mudanças não trazem benefícios para nós cristãos, porque os valores éticos estão sendo distorcidos. Um exemplo clássico, presente nos lares brasileiros, são as novelas que, atualmente, vêm construindo uma ideologia de antivalores.

Enquanto a Igreja procura evangelizar as pessoas para que possam viver uma vida segundo os ensinamentos deixados por Jesus Cristo, a maioria das novelas têm o papel de deturpar os valores cristãos como a instituição da família.

Para refletir sobre a influência das novelas e a descaracterização dos princípios, convidamos padre Paulo Ricardo para participar do podcast da redação.

Ouça, na íntegra, a entrevista com padre Paulo Ricardo.

Segundo o sacerdote, estudos como o da pesquisa do ‘Banco Interamericano de desenvolvimento’ comprovam que as novelas, realmente, podem gerar nas pessoas essas mudanças de comportamento.

“Sem dúvida alguma, isso é uma realidade que já está comprovada com estudos profundos, os quais mostram como as novelas da Globo, durante as décadas de 70 e 80, alteraram o hábito das famílias. Um estudo comprovado cientificamente pode medir exatamente a diferença de comportamento entre as pessoas, podendo ser comparado com o sinal da TV Globo, pois, naquela época, as novelas eram as que mais dominavam e o sinal não era forte em todos os lugares do país. Onde o sinal era fraco, os modos foram menos alterados, mas, onde o sinal era mais forte, alteraram-se mais”, citou padre Paulo.

Outro ponto abordado, durante a entrevista, é o fato de que, hoje, as crianças e os adolescentes acompanham novelas e seriados que mostram uma visão distorcida de família e dos relacionamentos. O sacerdote alerta que quanto mais cedo as crianças forem expostas a esses padrões não cristãos, provavelmente se tornarão jovens e adultos influenciados por esse ambiente apresentado pela televisão.

“A realidade das crianças é diferente da dos adultos, porque este tipo de programação tem em vista mudar a conduta dos destes. Já para as crianças, o objetivo é moldar o comportamento delas desde cedo. A própria forma como aquela criança vai crescendo e vendo o mundo já é distorcida e esses desvalores estão destruindo as famílias”, destacou o sacerdote.

Diante de toda realidade apresentada pelas novelas e programas de entretenimento, é preciso que nós, como cristãos, não percamos a essência da Doutrina da Igreja e não nos deixemos ser influenciados pela mídia.

“Não tenham medo de ser família. Sejam família, gastem-se para seus filhos, educando-os para tê-los consigo o quanto mais vocês puderem. Quem educa o filho não é o videogame, a novela, o joguinho nem nada disso, mas o convívio harmonioso com os pais”, disse padre Paulo.

Reflita sobre o tema:

:: Novelas e divórcio

:: O mal que fazem as novelas

:: As novelas e a engenharia social

:: Novelas, ver ou não ver?

Tags:, , , ,

53 comentários até agora

  1. araci andrade

    24 de maio de 2013 ás 16:05:53

    otimo padre a sua colocação que é o da igreja , e de Cristo Jesus , a influência das novelas é bem claro na vida dos brasilleiros , até como se vestir e etc. , vamos pedir a Deus misericordia por essa situação amém.
    Pe Paulo Ricardo sua benção

  2. Silvia Benuava Brito dos Santos

    24 de maio de 2013 ás 17:08:21

    Realmente ,hoje com a sociedade modernizada a famiília está perdendo seu referencial, muitas vezes deixam de falar do amor de Deus para se expor em frete ao monitor televisivo para assistir filmes, novelas, etc que trazem comportamento agressivo para a familia e sociedade em geral. Não é fácil para quem quer educar filhos de acordo com a lei de Deus, mas não podemos desanimar e sim seguir em frente na Educação da Fé.

  3. Michael Oliveira

    24 de maio de 2013 ás 17:18:30

    Padre Paulo é fantástico, perfeita colocação.
    Oremos e lutemos por um mundo liberto dessa nova era que se alastra cada vez mais. O céu está próximo, Vem Senhor Jesus!

  4. Danton

    24 de maio de 2013 ás 18:32:26

    Até quando nós católicos vamos permitir que todo esse lixo das novelas invada nossa sala de estar?
    Até quando vamos engolir as verdades que a mícia vomita e que quer nos levar para longe de Deus?
    Até quando vamos dar audiência – e isso significa muito dinheiro – para esse tipo de emissora?
    Um católico não deveria assistir esse tipo de novela! Aqui em casa não vemos lixo!
    Vemos TVs católicas, algumas TVs educativas – tudo muito pesado e controlado.
    O Padre Jonas já dizia que não podemos ver e ouvir coisas que nos desviem do caminho de Deus.
    E nos desviar é o que essas novelas fazem melhor. Destroem a família, acabam com o nosso amor próprio e nossa dignidade, jogam o ser humano no lixo e pisam em cima.
    Sabe por que eles continuam fazendo isso. PORQUE VOCÊ ASSISTE.
    Então MUDE DE CANAL!!! Sou mais CANÇÃO NOVA!!!!

  5. MIKAELLA PEREIRA FONSECA

    24 de maio de 2013 ás 18:36:33

    NAO ASSISTO NEM OBRIGADO,VALORES NAO CRISTAOS? TO FORA!!!!!!!NAO AS NOVELAS.!!!!!!!

  6. Raimundo Reis Neto

    24 de maio de 2013 ás 18:59:07

    É preocupante o que a mídia joga para os jovens, desastroso, e irresponsável. A inversão de valores é presente e constante a todo momento. Atrás desta indústria cultural sem valores, onde pregam a liberdade total, irrestrita, e prazeres imediatos, como se somente o corpo fosse a fonte da vida, está o capitalismo cruel incentivando o consumismo aos jovens e adultos. Vivemos no mundo atual inteiramnte materialista, onde só se fala em tecnologia de ponta, bens de consumo, e sucesso total das empresas e bolsas de valores. Pior, é que é uma corrente sem controle, salve-se quem puder, onde os que perdem são fracos. E nós cristãos evangelizadores ficamos à mercê do tempo, sendo ignorados pela maioria. É hora de repensarmos o modelo, a forma, de catequizarmos estes jovens. Vamos inovar, reinventar, criar novos moldes de conquistarmos estes jovens, é urgente agirmos contra o mal; Não podemos ficar parados olhando o barco passar pegando fogo, à deriva. Não basta repetir palavras bonitas, cheia de graças. É preciso ensiná-los a entender, interpretar as palavras ditas pelos padres, bispos, sacerdotes, cardeais e papas. Senão a compreenção ficará tão somente entre os doutores da Igreja, teólogos, bispos, e padres. Vamos traduzir os evangelhos para uma linguagem atualizada. Pra mim, é o primeiro passo. Raimundo Reis

  7. Rita Batista Viana

    24 de maio de 2013 ás 20:26:05

    Concordo com o senhor, padre Paulo Ricardo e é muito bom que os padre digam isso nas homilias, para as pessoas acordarem para wsta triste realidade, que está destruindo muitos lares.
    Deus abençõe e proteja o senhor, para que possa continuae sua missão.
    Precisamos de mais padres e leigos que não tenham medo de dizer a verdade, no que depender de mim, vou combater as novelas até o fim.

  8. mauriciobatalha

    24 de maio de 2013 ás 20:48:54

    Excelente comentário .

  9. Ivan Correia de Oliveira

    24 de maio de 2013 ás 21:21:11

    nos cristãos devemos responder questionamento que nos fazem da mesma forma que o padre ricardo responde sempre como calma e serenidade porque algumas pessoas sempre querem nos abalar. A novela é nociva a sociedade, mas se nos simplesmente atacarmos a novela mais ela vai mídia e força. por isso nos devemos mostra que existe outros caminhos e programas melhores que as novelas.

  10. josé ailton rodrigues dos santos

    24 de maio de 2013 ás 21:58:18

    infelizmente as pessoas tem deixado de rezar para assistir novelas,esse é o primeiro erro, e o pior dessa situação é que: quem mais assistem somos nos cristãos,que frequentamos a igreja,sabemos do veneno e continuamos provando.

  11. Neila Guterres

    24 de maio de 2013 ás 01:53:46

    Excelente explicação, eu digo sempre para as mãezinhas, que estão desesperadas com filhas, que levam pessoas estranhas para seus quartos, mas onde que ela apreenderam isso? a senhora ensinou? A escola católica, das melhores, não deve ensinar isso, então é claro que desde a liberação da pílula, as novelas se tornaram o ponto de referência para crianças e adolescentes… , e infelizmente os pais não tiveram pulso, para bem administra a educação de seus filhos. Não souberam usar a pedagogia do Pe. José Kentenich;” para bem educar os seus filhos o pai primeiramente deve usar a luva de ferro, a luva de couro, a luva de pelica, em doses alternadas é claro, e por último a mão do pai, que acaricia e que sabe os momentos certos para aplicar essa pedagogia, porque verdadeiramente quem ama seus filhos tem que educar com rigor e amor! Que bom Deus por intercessão de Nossa Senhora restaure nossas Famílias! Deus abençoe o Pe. Paulo e toda a sua equipe, amamos vocês! Neila guterres – Santa Maria -RS

  12. Roberto Correia

    24 de maio de 2013 ás 07:30:20

    padre parabéns em ter coragem em dizer a verdade, que Deus o abençoai e abençoai p/ que tenhamos mais padres com o sr, aqui em casa já cortei o canal da globo faz muitos anos, para os pais eu recomendo e que o que não e bom para os filhos também não e bom p/ eles . (Os nossos olhos são a janela da alma.)

  13. Leonardo Francisco Confella

    24 de maio de 2013 ás 08:23:33

    Ah! Eu odeio novela e tudo oque foi dito, foi o que sempre eu tentei dizer a todos que me questionavam, não se vê nada de bom naquele lixo. Padre Léo já dizia que inconscientemente isto pode nos fazer mal.
    Muito obrigado. Cada vez mais amo a Santa Igreja. Que bom seria se o mundo a ouvi-se!

  14. Aparecido Melchiades

    24 de maio de 2013 ás 09:53:42

    Parabéns, penso que Pe. Paulo Ricardo deveria ter mais espaço na mídia católica para expor sua idéias e, a partir daí expô-las também nas mídias seculares, a fim de estimular a reflexão em toda a sociedade.
    Sua benção e que Deus te dê forças para continuar a Evangelizar.

  15. Ângela Maria dos Santos

    24 de maio de 2013 ás 12:26:39

    Concordo plenamente, quando eu era jovem fui muito influenciada pelas novelas e filmes, achava que era mesmo daquela maneira que deveria agir, infelizmente não conhecia Jesus Cristo e nem a Igreja Católica; Eu acredito que muito que vivi de errado e que trouxe muitos males a minha vida se deu em parte por causa dessas influências.

  16. rosi

    24 de maio de 2013 ás 13:03:34

    o brigado padre pelas suas palavras

  17. eduardo antunes

    24 de maio de 2013 ás 18:43:13

    Dou graças a Deus por minha esposa poder ficar em casa e cuidar dos meus filhos em tempo integral, sei que este é um trabalho arduo e que merece ser valorizado mais que qualquer sucesso profissional.

  18. Adelir Kohler

    24 de maio de 2013 ás 19:10:58

    Padre Paulo Ricardo!! queria que todos escutassem essa linda mensagem. Sou mulher esposa, e também penso dessa forma, as mulheres querem ser iguais aos homens. Eu amo minha familia, amo ser dona de casa. Sua benção Padre…

  19. ROSEANE DA SILVA SANTOS

    24 de maio de 2013 ás 19:27:59

    Amei essa explicação, tudo isso é verdade e muito preocupante, pois as maiorias das familias gastam seu precioso tempo assistindo novelas.

  20. Luis Eduardo Fonseca Faria

    24 de maio de 2013 ás 19:35:48

    O pior é que não consigo fazer com que minha mulher largue a novela, tento assistir CN, mas ela sempre interrompe dizendo que aquilo é muito chato, e se for na hora da novela não tem jeito. Apesar do Cleto falar que tudo tem jeito, estou sem esperanças. Gostaria de fazer uma viagem à Cachoeira Paulista, mas ela não quer nem ouvir o assunto, tá difícil…o que devo fazer? E o pior que meus filhos estão indo para o mesmo caminho…
    Sua benção, Padre Paulo Ricardo.

  21. josé daniel gonçalves

    24 de maio de 2013 ás 21:23:08

    É verdade Padre Paulo, o duro é saber que até padres gostam de novelas, as aberrações que envenenam as nossas casas deveriam ser combatidas nas pregações de nossos padres, no entanto o católico gosta desta praga que é a novela. Lesbianismo, Homossexualismo, espiritismo, pornografia etc etc tudo dentro de nossas casas. Acredito que hoje temos falta de profetas como João Batista, ou seja gente disposta a dar a vida pela verdade… Outro exemplo são nossos políticos cristãos em Brasília, antes da eleição vãos aos grupos de oração, são carismáticos, só que depois, já era, nada muda passam-se os quatro anos ficam com o bolso cheio de dinheiro e voltam novamente aos grupos de oração querendo votos. E o povo que é trouxa gosta de novelas e não estão nem ai para a situação do Brasil, votam neles outra vez. É deste povo que os políticos gostam. É por isso que pouca coisa muda Mas padres como o senhor Padre Paulo é coisa rara. Sinto que falta verdadeiros profetas dispostos a darem a vida pela verdade… enquanto isso muitos se deliciam com os vómitos da serpente, a novela.

  22. lucas

    24 de maio de 2013 ás 22:24:19

    muito bem padre, a manipulação faz com que o ser humano, nesse caso, mulheres percam o controle de si e deixem a presença de Deus, além disso, o inimigo se apresenta na fraqueza humana, é através dos fracos que se consegue tirar muito proveito, para ser cristao tem é necessario seguir o testemunho de São joão Batista, viver somente pela verdade.

  23. [...] Canção Nova Leia [...]

  24. ANA MARIA

    24 de maio de 2013 ás 12:36:42

    SE TDS CRISTÃOS SEGUISEM A PALAVRA DE DEUS AS NOVELAS NÃO TERIAM A AUDIENCIA QUE TEM, NÃO FARIA O MAL QUE FAZ AOS NOSSOS JOVENS.QUE BOM QUE PADRE PAULO FALE ASSIM.GOSTO MUITO DOS SEUS LIVROS E DE SUAS HOMILIAS.REZO PELO SENHOR SEMPRE.

  25. Paulo Tudech Salgueiro

    24 de maio de 2013 ás 16:04:31

    Jesus deu a sua vida por nós, e assim nós pais devemos oferecer a nossa vida pelos nossos filhos. O mundo não compreende esta verdade, mas nós cristãos devemos seguí-la. Oferecer nossas vidas é abdicar da nossa individualidade, de nosso egoísmo, de nossas vontades, para que o sentido de nossa vida seja a nossa família. Um ponto determinante nesta atitude de amor é disponibilizar nosso tempo para nossas esposas e filhos. Como diz a música: “prova de amor maior não há, que doar a vida pelo irmão”.
    Doando nossas vidas pelos irmãos, esposa, filhos, estaremos fazendo a vontade de Deus Pai.
    E assim poderemos orar com mais fé o Pai Nosso: “seja feita a vossa vontade”.
    Que Deus continue iluminando o Padre Paulo Ricardo, para que ele continue a nos educar. Amén.

  26. Alex

    24 de maio de 2013 ás 18:45:47

    Novela é a prostituta que entra todos os dias, nas casas das família.

  27. Teresa Romeu

    24 de maio de 2013 ás 22:31:26

    Infelizmente as pessoas estão perdendo a autenticidade , a sua liberdade de pensar e agir para serem aceitas por uma sociedade que dita padrões , estão sendo escravas de uma sociedade que dá valor ao ter e não ao ser. Neste sentido a novela tem tido papel fundamental para a destruíção das famílias e na formação dos nossos jovens.
    Não podemos cruzar os braços e assistir passivamente à destruição da família brasileira , precisamos ter a capacidade de nos indignarmos com o que está acontecendo diante de nossos olhos e agirmos enquanto há tempo.

    Louvado seja Nosso Senhor Jesus Cristo !

    Sua bênção, Padre Paulo Ricardo.

  28. Antonio

    24 de maio de 2013 ás 22:47:58

    Pela graça de Deus nunca tivemos o desejo de assistir uma única novela em nossa família. Os frutos desta renuncia já estamos colhendo. E, como muitos acreditam, nossos filhos não ficaram alienados em seu próprio mundo. Tem amizades em todos os ambientes, quer na escola, na igreja ou na vizinhança.
    Como o Pe. Paulo mencionou, as novelas deturpam a realidade. Mas, o que esperar destas programações se seus diretores já não tem mais valores?

  29. denise de fatima souza gonzaga

    24 de maio de 2013 ás 00:39:33

    Louvo a Deus por nos dar pessoas que nos oriente como Pe. Paulo Ricardo que e bênçãos em nossas vidas,graças a Deus na minha casa não se assiste mais essas porcarias de novelas, e que o senhor nos de coragem de denunciarmos também bendito seja Deus

  30. Cecília

    24 de maio de 2013 ás 08:00:02

    É isso aí Pe. Paulo, as pessoas não percebem que a sociedade está sendo destruída juntamente com as famílias e as novelas estão sendo uma grande influência para isso. Deus te abençõe. Um abraço!!!!!!

  31. Marcos

    24 de maio de 2013 ás 10:27:55

    Muito bem Padre Paulo, nos temos que combater as novela deste muito cedo, não só as novelas com jogos eletrônicos, pois está sociedade capitalista, está querendo acabar com o conceito do que e família um abraço que Deus abençoe.

  32. andréa helena dos santos demarco

    24 de maio de 2013 ás 13:37:14

    Com certeza não vale a pena assistir novelas e nem ouvir musicas ruins, porque elas dizem como deve sentir e agir, é um alimento ruim e estragado para nossas almas.Sou testemunha viva porque todas as vezes que assisti novelas depois de saber o mal que me causava pude perceber que era começar assistir para me revoltar com meu esposo, ficando com muito ciúme e não me sentindo amada, porque o que a novela dizia em vivencia é que eu não era amada, me sentia traida e infeliz , minha mãe que assisti novela diz que eu sou fraca,que não podemos nos deixar levar.Ela não sabe o que sei e já vivi.Obrigado por me lembrar.Andréa

  33. marilza

    24 de maio de 2013 ás 15:46:17

    Padre aqui em casa e uma luta constante pois desde a minha conversão sou contra novela mas meu marido diz que sou beata pois antes eu assistia mas hoje vejo que novela e um mau que nos leva a pecar por isso repudio e não assisto eu quero me alimentar do bem não do inimigo.

  34. Neli Santos

    24 de maio de 2013 ás 15:52:35

    Muito bom estes comentários, coloco também que as famílias ditas como católicas praticantes , estão permitindo , isto é, estão fazendo de suas casas motéis para seus filhos namorar, porque nas novelas podem ,perderam o limite do que pode e que não pode , pais fracos , alienados, em nome do amor .
    É preciso que a Igreja, os catequistas, os professores enfim quem ainda tem Temos a Deus o respeito por Ele, falem , divulguem comportem-se para sermos testemunhas de um mundo moderno mas com sinais de evangelizados de verdade.

  35. João Edilberto Lovato

    24 de maio de 2013 ás 17:01:45

    Padre Paulo, somente a ORAÇÃO constante fará com que possamos mudar este panorama. Paz e Bem.

  36. Emilio Trentin

    24 de maio de 2013 ás 17:25:42

    As novelas, além de serem um lixo literário, são falaciosas em suas falas, pois, enquanto pretendem trazer e debater temas “sociais”, simultaneamente, espalham pornografia e desvalorização dafamília e da mulher, especialmente. Qual é a falácia? Propor a destruição da família e, ao mesmo tempo, debater as mazelas sociais. Ora, onde as famílias são destruídas e desestruturadas, aí nascem todos os desalinhamentos: psicológicos, cívicos, econômicos, religiosos, educacionais, a presença das drogas, o culto dos vícios, os desvalores: (desrespeito, infidelidade, traição, consumo, brigas de pais e filhos etc.). É possível aceitar tamanha distorção?
    É possível encontrar algum significado que não seja doentio na novela?

  37. DEMETRIUS RODRIGUES

    24 de maio de 2013 ás 17:52:40

    Deus abençoe este sacerdote de Deus…
    Defensor da vida e da família.
    A colocação do padre sobre a novela,é a pura verdade do que ele disse…
    Os autores de novela usa a realidade,até uma parte mas por fim,a destruição é maior se usa uma mentalidade livre e aberta,não como a de Deus quer para nós,engana direitinho o povo.
    E como novela é também um vício,a pessoa nem percebe.
    E posso dizer isto porque eu já fui viciado em novela,deixava até de ir a santa missa (mais graças a Deus renunciei e fui liberto).
    Mas foi muito bom a colocação do padre Paulo Ricardo,me ajudou mais um pouco no meu crescimento espiritual…
    Valeu Canção Nova eu e minha linda família somos canção nova Deus abençoem a todos um beijão Deus vai além…

  38. Mario de oliveira melo

    24 de maio de 2013 ás 20:36:48

    concordo pe. ricardo,na minha não damos audiencia para as novelas.

  39. roseane

    24 de maio de 2013 ás 21:03:02

    adorei padre…

  40. Cristina

    24 de maio de 2013 ás 21:18:53

    Padre Paulo o Sr.falou td,realmente esta muito difícil educar hoje em dia,esta coisa de internet e tbm televisão,principalmente novelas,estão fazendo com que as pessoas mudem de atitude e assim se distanciando de Deus..Mas eu não desisto nunca,pq sei que Deus nunca desistirá de nem um de seus filhos..Vamos continuar orando a Deus pela libertação das pessoas e pela conversão de todos…
    Sua benção Padre Paulo…

  41. DIVINA CÂNDIDA DA SILVA

    24 de maio de 2013 ás 02:31:17

    PENA QUE SÓ SE VÊ ESTES DEBATES NA CANÇÃO NOVA. QUEM DERA QUE OS PADRES , E BISPOS PREGASSEM ESTAS VERDADES EM SUAS HOMILIAS, EM TODAS AS IGREJAS DO BRASIL E DO MUNDO. A NOVELA VIROU CULTURA E OS JOVENS ESCRAVOS DESTA CULTURA DEPRAVADA, GRAÇAS A DEUS QUE TEM A CANÇÃO NOVA PARA IR ABRINDO CAMINHO E FECHANDO PORTAS, OU SEJA SALVANDO MUITOS!

  42. Roney Benedetti

    24 de maio de 2013 ás 09:58:20

    concordo plenamente com o senhor padre, e agora a novela esta liberando aos poucos o homosexualismo na rede, principalmente casados, mas eu acho que a televisao no geral esta toda assim filmes tem violencia mesmo e romance desenhos so maldades e isso vai levando e despertando esse lado da crianca politica e uma verdadeira vergonha para nosso pais nao vivo no Brasil e vou te ser muito sincero tenho medo de voltar um dia nao que aqui nos ESTADOS UNIDOS nao tenha isto todo lugar o inimigo esta presente para levar as almas com ele. sou da comunidade de Mount Vernon e estamos querendo trazer o Senhor para um retiro aqui em NY um grande abraco

  43. Emilio Trentin

    24 de maio de 2013 ás 10:08:05

    Leiam e meditem o que escreveu Dom Redovino Rizzardo, cs, Bispop de Dourados (MS), em seu artigo de formação “É NA FAMÍLIA QUE TUDO COMEÇA (OU TERMINA?). A Canção Nova deveria republicar várias vezes este texto.

  44. Benedito A Andrade

    24 de maio de 2013 ás 14:36:17

    Deus ama a família e o inimigo quer destruir os amados de Deus, devemos orar a Deus por quem as defende e também lutar pela defesa das famílias

  45. Suricato

    24 de maio de 2013 ás 17:27:02

    Não fomos catequisados pela doutrina filosófica de Karl Max, muito pior, estamos sendo aliciados pelas novelas da rede globo e pela revista veja. O Brasil se apodrece intelectualmente com estes 2 grupos, ou melhor estes 2 terroristas anti-Brasil, ainda que o último seja competente embora insolente não tanto quanto o grupo noveleiro ou enojeiro…

  46. Teresa Alves dos Santos

    24 de maio de 2013 ás 17:59:26

    Sensacional , Padre Paulo. Tudo inicia na FAMÍLIA .DEUS continue lhe abençoando. O inimigo quer atacar pelas famílias que são PROJETO DE DEUS. Mas DEUS é MAIS. Parabéns pelo vídeo.

  47. Cláudia Josefa Guerreiro de Almeida

    24 de maio de 2013 ás 07:45:17

    Que nós possamos ter o privilégio de ter na mídia momentos de catequeses e evangelização como este. Parabéns padre que o Espírito Santo possa está sempre presente nas suas palavras.

  48. SEBASTIÃO ALVES DE FREITAS

    24 de maio de 2013 ás 10:24:34

    Obrigado Padre Paulo, por esta bela entrevista, sobre essa grande influência da mídia secular contra a Família, pois o único objetivo e muito bem sincronizado dela é justamente degradar a família. Que o espírito Santo, nos dê sempre a coragem, fortaleza e sabedoria para divulgarmos esse assunto nas redes sociais.

  49. Eliana Aparecida Brasil

    24 de maio de 2013 ás 11:17:04

    Parabens Pe. Paulo Ricardo, temos de orientar os jovens, eu rezo muito por eles e em especial meus sobrinhos. Mas graças a Deus, temos raízes da Igreja católica. Minha mãe é uma mulher de muita fé e sempre nos ensinou o caminho de Deus.
    Infelizmente, a televisão brasileira está uma podridão, algumas emissoras então, nem se falam!!!!
    Que Deus lhe dê sempre sabedoria para nos ensinar os valores de uma familia cristã.
    Deus o abençoe e parabens por esse ensinamento.

  50. Dulce pereiea

    24 de maio de 2013 ás 16:31:18

    Deus proteja o Senhor Padre Paulo com as suas fortes e muito certas palavras sobre a religião tudo muda os tempos mudarão mas a religião não muda são as pessoas vão atrás do santanas esse está sempre pronto e nos os cristãos nen damos conta de que precisamos de seguir Jesus com a nossa cruz e se na verdade pençarmos bem DEUS está a amostrar-nos o caminho. Pois ser Padre PAULO as novelas ajudam no lado critico esse lado do tal santanas eu vou rezar para que Deus com o seu INFINITO AMOR encha os corações de todos os cristãos com muita fé em DEUS o todo Poderoso pendimos.Ó JESUS volta de novo.BEM SENHOR BEM SENHOR BEM SENHOR não demores estamos perdidos BEM COM O TEU ISPIRITO. ´NÓS TE ESPERAMOS. Estamos com o Senhor Padre PAULO juntos en Cristo e com Cristo

  51. [...] Ouça, na íntegra, a entrevista com padre Paulo Ricardo. [...]

  52. MARCO ANTONIO FERNANDES

    24 de maio de 2013 ás 22:54:50

    AS NOVELAS SEMPRE INFLUENCIARAM AS FAMILIAS E OS JOVENS ,AQUI EM CASA FOI DIFICIL CONVENCER MINHA MULHER SOBRE ESSA REALIDADE, HOJE NÃO SE VE NOVELA AQUI EM CASA GRAÇAS A DEUS.

  53. Izildinha Luz Rebello Teixeira

    24 de maio de 2013 ás 07:07:49

    Vejo.que.as.novelas.globais.nao.atigem.apenas.as.familias.os
    rrelacionamentos mas também a fé introduzindo doutrinas.que
    os inocentes aceitrm . rapidamente como . incautos como.se.fora.um.verdade.de fe, como agora em Jóia Rara o Budismo. Temos que estar vigilantes

deixe o seu comentário