18 julho,2012  |  autor:   |  Diversos, Igreja

Santa Missa na Forma Extraordinária do Rito Romano celebrada na Canção Nova

Em 2007 o Papa Bento XVI – através do Motu Proprio Summorum Pontificum – concedeu aos sacerdotes do Rito Latino a permissão para celebrar a Santa Missa segundo Missal Romano editado pelo Beato Papa João XXIII em 1962. No ultimo Domingo, 15, a Comunidade Canção Nova, por iniciativa de seus membros, teve a graça de organizar e participar desta Santa Missa presidida pelo sacerdote da Arquidiocese de Niterói-RJ, padre Demétrio Gomes.

Quem passava pelas mediações da Capela Santa Rita, na sede da Comunidade, poderia até perguntar: “Mas será que estamos voltando ao passado com esta missa em latim e o padre ‘de costas’ para o povo’ (uma expressão equivocada)”?

“Ao contrário do que muitos podem pensar, conhecer e celebrar a Santa Missa em sua Forma Extraordinária não se trata de vivenciar um arqueologismo litúrgico, ou uma rigidez rubricista. Trata-se, antes, de uma busca por valorizar e aprender do rico patrimônio da celebração da fé que o Espírito Santo plasmou ao longo dos séculos em Sua Igreja” Disse padre Demétrio

Em sua homilia o sacerdote recordou que a Missa no Rito Extraordinário não fere nem exclui a missa no Rito Ordinário, celebrada de acordo com o missal de Paulo VI de 1970, “Ao conhecer essa forma de celebrar – a mesma com a qual muitos santos sacerdotes prestaram seu culto de adoração a Deus – somos formados para viver ainda melhor também a celebração conforme no novo Missal Romano” disse o sacerdote.

Segundo padre Demétrio o Papa Bento XVI tem chamado atenção para uma reta interpretação do Concílio Vaticano II, e tem destacado frequentemente a importância daquilo que chama de “hermenêutica da reforma”, segundo a qual se deve contemplar nas orientações do Concílio uma fidelidade ao patrimônio da fé que a Igreja sempre acreditou. Desta forma, segundo o sacerdote, “não existe duas Igrejas; uma anterior e uma posterior ao Concílio, como afirmam alguns”.

Em 30 de abril de 2011, a Pontifícia Comissão Ecclesia Dei, publicou uma carta sobre a aplicação do Motu Proprio Summorum Pontificum. Entre as reflexões feitas pela Sagrada Comissão, se destaca a explicação de que não se trata de dois ritos diferentes e sim duas formas de celebrar o mesmo rito.

“Os textos do Missal Romano do Papa Paulo VI e daquele que remonta à última edição do Papa João XXIII são duas formas da Liturgia Romana, definidas respectivamente ordinária e extraordinária: trata-se aqui de dois usos do único Rito Romano, que se põem um ao lado do outro. Ambas as formas são expressões da mesma lex orandi da Igreja. Pelo seu uso venerável e antigo a forma extraordinária deve ser conservada em devida honra” [6]

Uma das riquezas do rito é o silêncio contemplativo. Em cada gesto, orações em latim e canticos gregorianos, percebe-se a beleza do mistério do Calvário. “A posição do sacerdote – juntamente com o povo – voltada para Deus como o centro (e não ‘de costas para o povo’); o valor do silêncio, tão esquecido em nosso tempo, e onde muito nos fala Deus; o uso do latim, língua oficial da Igreja (que nunca foi abolida pelo Concílio Vaticano II), expressão também de sua unidade; o canto gregoriano, canto próprio da liturgia romana; enfim, são alguns dos elementos que geram em nós uma nova forma de contemplar e viver o Santo Sacrifício da Missa” explica padre Demétrio.

“A Canção Nova tem um papel muito importante em nosso país para a realização da chamada “reforma da reforma” litúrgica, tão desejada pelo papa Bento XVI em sua pregação e exemplo. Iniciativas como essas são fundamentais e exemplares para nossas comunidades. Só podemos parabenizá-los por isso!” concluiu padre Demétrio

No vídeo abaixo você confere algumas partes desta belíssima celebração

Veja mais fotos:

Tags:, , , ,

14 comentários até agora

  1. Thomas

    18 de julho de 2012 ás 09:46:41

    Lindo demais.. perfeito… Parabéns canção nova, seria bom se transmitissem na Tv!

  2. Mariangela

    18 de julho de 2012 ás 10:31:32

    Maravilhoso…apenas quem não conhece a essencia da santa missa pode dizr que o “padre está de costas para o povo”! Ele esta de frente para o Cristo, fazendo a LIGAÇÂO entre o povo de Deus e o próprio Deus!!!
    Aprendizado adquirido com aquele que hoje é abandonado e acusado pela própria Igeja, com o foi Jesus Cristo!!! Que o Senhor tenha misericórdia de todos nós!!!!

  3. Rosane

    18 de julho de 2012 ás 10:31:33

    Amei! Já estava na hora da Canção Nova mostrar para o povo esse rito, tão lindo e importante, que faz parte da nossa amada Igreja Catótica. Temos gosto para todos, uns preferem a missa na forma Ordinária enquanto outros dão preferência a forma Extraordinária do Rito Romano. Isso mostra a beleza e riqueza de nossa Igreja. Infelizmente, em muitos lugares as missas mais parecem cultos protestantes, a começar pela estrutura física da igreja que parece mais igrejas protestantes do que Igreja católica,não tem sino, não tem torre e aí vai. Enquanto isso, os protestantes estão pegando tudo que é nosso, colocando cruz nas celebrações, altar como o nosso,até as toalhas do altar são parecidas com as da Igreja católica. Parabéns Canção Nova, agora é transmitir essa missa pela Tv, pelo menos uma vez por mês.

  4. Edilson Meireles

    18 de julho de 2012 ás 11:38:26

    Parabéns a Canção Nova pela iniciativa e ao Pe. Demétrio Gomes pela celebração.

    A Canção Nova acaba sendo um ponto de referência para todo Brasil, que esta comunidade possa se alinhar a vontade do Santo Padre e com isso catequizar o Brasil na rica Tradição da Igreja.

  5. Paulo Thiago

    18 de julho de 2012 ás 13:24:19

    Ave amicus,

    Não posso expressar minha alegria em ver com a comunidade tem ouvido o apelo do santo padre, sobre tudo com relação a Sagrada Liturgia, na Páscoa e também em Corpus Christi foram celebrações fantásticas, mas agora vocês se superaram… Fantástico, fantástico, fantástico.
    Amados, tenho a ousadia de lhas fazer um pedido, e isso já faz parte de uma campanha: “Celebrem para nós uma santa Missa na forma Extraordinária no dia do pároco, dia de S. Cura D’Ars”
    Seria um presente para todos os párocos e um bem infimamente maior para a santa Igreja especialmente no Brasil.
    Ave Maria Immaculada

  6. Dorotéia

    18 de julho de 2012 ás 13:55:35

    Parabéns a Canção Nova por essa rica iniciativa, vamos com Bento 16 resgatar o verdadeiro sentido do Concílio Vaticano 2.

  7. Joao Possidente

    18 de julho de 2012 ás 14:36:54

    Agora posso me associar a Canção Nova!
    Como é rica a Santa Liturgia da Igreja, principalmente no que se refere à Missa Tridentina!
    Eu não entendia o porquê da Canção Nova não mostrar, nem mencionar esta Missa em sua programação.
    Agora fico mais tranquilo pois foi dado o primeiro passo nesse sentido.
    Afinal somos TODOS Católicos Apostólicos Romanos.Amamos o mesmo Deus e a mesma Igreja.
    Quem participa desta Santa Missa percebe o Sagrado em tudo!
    Agradeço ao Pe. Demétrio e a CN por essa possibilidade de mostrar ao Brasil e ao Mundo esta Maravilha!Que Deus abençoe a todos. E que esta, seja a primeira de muitas que, se Deus quiser, serão Mostradas a Todos não como um retrocesso, mas sim, pela perenidade de sua Liturgia que atravessou séculos e irá até o final dos tempos mantendo-se sempre ATUAL!

  8. Natália

    18 de julho de 2012 ás 15:47:05

    Quero parabenizar a Canção Nova por todo empenho que tem empreendido na valorização da sagrada liturgia mostrando que vale a pena voltar a atenção para a beleza de uma Santa Missa celebrada com todo amor, devoção e piedade, seja no rito ordinário como no extraordinário. Pois o que muitos de nós católicos temos visto em todo Brasil é uma falta de zelo, de devoção, de cuidado com a liturgia por parte dos nossos sacerdotes, diáconos e também, por consequência, dos fiéis em geral. Graças a Deus temos visto que os muitos fieis leigos estão buscando se aprofundar mais na formação católica e por estarem vivendo a fé mais compromissada com os ensinamentos da Igreja tomam ciencia do significado e do valor da Santa Missa, e percebem que algo tão sagrado não pode continuar sendo banalizado como temos visto em nossa Igrejas!
    Sou sócia da Canção Nova a muito tempo graças a Deus e em momentos como este sinto ainda mais alegria em contribuir com essa missão evangelizadora! Parabéns CN! E unindo meu pedido ao de tantas pessoas nas redes sociais: que tão logo possa ser transmitida a Missa Tridentina pela TV CN para todo o Brasil! Deus abençoe sempre mais esta grande obra de evangelização!

  9. Maximiller Guedes

    18 de julho de 2012 ás 17:57:03

    Muito boa a iniciativa! Agora resta transmitir ao vivo pela rede de televisão. Temos de resgatar nossas tradições. Celebrar o Santo Sacrifício com o respeito que Ele merece!

  10. João Bosco

    18 de julho de 2012 ás 18:41:23

    Maravilhosa celebração, fez-me lembrar minha infância.
    Sugiro, também, a transmissão em um dia da semana, assim a nova geração poderá conhecer os tempos da nossa Igreja.

  11. Bruno

    18 de julho de 2012 ás 18:58:31

    Fico feliz de ver que a Canção Nova está sendo obediente ao Santo Padre e celebra a Missa em latim.Nela tudo é maravilhoso. A presença do Senhor é bem mais forte no Rito Extraordinário.
    Pe. Gabrielle Amorth, maior exorcista do Vaticano, afirmou que enquanto estava realizando um exorcismo de uma pessoa dominada por Judas Iscariotes, este afirmou que a Missa no Rito Extraordinário é a mais aceita pelo Céu. A atual foi muito modificada e muitas graças foram perdidas. Judas também afirmou (obrigado pela Santíssima Virgem Maria) que a mudança foi feita por cardeais não leais ao Papa.
    A Canção Nova podia transmitir essa Missa pela TV. As pessoas conheceriam o jeito que era celebrado e poderiam até se interessar em participar. Mas o primeiro passo já foi dado.

  12. Maia Francisca

    18 de julho de 2012 ás 20:07:00

    Parabéns a Canção Nova por tão brilhante iniciativa. Mostrar a beleza da Sagrada Liturgia jamais pode ser retrógrado. É mostrando a beleza, a sacralidade, o respeito e a proximidade aos apelos do Santo Padre que se evangeliza pelo exemplo e que se mostra que nós católicos temos um único pastor, representante de Cristo aqui na terra como Ele próprio instruiu à Santa Igreja. Muito me orgulha ser Canção Nova e constatar ao longo de muitas viagens dentro e fora do país o quanto a vontade de um homen santo como o Monsenhor Jonas, iluminado pelo Santo Espírito pode mudar e melhorar o mundo, especialmente o católico. Clamarei a Deus por todos vocês e para que possamos ter mutas novas iniciativas como esta e poder chegar a ver o Rito Extraordinário , também ser transmitido pela TV Canção Nova. Parabéns, mais uma vez e muitas bençãos a todos.

  13. aleomar leite fogaça

    18 de julho de 2012 ás 20:17:17

    amém , aleluia, amem!!! dois mil anos de maravilhas…

  14. Matheus

    18 de julho de 2012 ás 09:52:18

    Linda a Santa Missa em Rito Extraordinário Romano.
    Queria saber quando haverá outra Santa Missa em Latim.

deixe o seu comentário