Nos momentos de sofrimentos não é fácil se entregar ao amor. As feridas dos sofrimentos nos angustiam e nos deixa pra baixo, até mesmo sem forças humanas para amar. Aqui o esforço para amar não está em atitudes externas, mas em atitudes interiores.

Oferecer os nossos sofrimentos é atitude de amor. É uma atitude profunda de oração e intercessão que chega límpida ao coração de Deus. Não desperdicemos os nossos sofrimentos, mas unamos ao mistério da Cruz de Cristo. Isto salva muitas almas.

Assim, devemos sofrer sem nunca deixar de amar.

Be Sociable, Share!

3 Comentários

  1. sim,gostei desta mensagem muito linda.

  2. maria de fátima meireles

    SUAS REFLEXÕES SÃO LUZ PARA O ESPÍRITO,OBRIGADA, E QUE DEUS TE ABENÇÕE!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *