Amar quem nos é agradável é fácil. Mas aqueles que são pessoas chatas e até mesmo que nos tratam com indiferenças é complicado. Assumo que para mim é uma luta. Não somos pessoas bobas e percebemos aqueles que gostam e que não gostam da gente.

Humanamente o primeiro desejo do meu coração, é desistir destas pessoas, “matar” estes em meu coração. Tratar com a mesma indiferença com a qual me tratam. “Olho por olho, dente por dente”. Porém, quando peço orientação para o Senhor em minhas orações a ordem sempre é amar.

Nisto pergunto a Deus. Como amar estes que me desprezam? Não vou fazer papel de bobo para estes fiquem “pisando” em mim! Então a voz de Deus grita em minha alma para começar a amar estas pessoas pela oração. Deus me pede no primeiro momento uma atitude espiritual, assim é Deus que age e abre as portas naturalmente para que o amor aconteça de maneira concreta.

Tenho feito esta experiência, o resultado não é do dia para noite, pode levar dias ou meses, e assim tenho aprendido a amar as pessoas que são difíceis para mim. A ordem de Deus é amar sempre, inclusive meus “rivais”.

Be Sociable, Share!

Nenhum comentário

  1. Pingback: Ademir Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *