Nos livro Castelo Interior ou Moradas de Santa Teresa D’Ávila, nos é apresentado dimensões de estágios espirituais que vamos superando em nossa vida na busca pela santidade aqui na terra. Vamos entrando morada por morada dentro deste Castelo que somos nós, no qual no centro do mesmo se encontra a “Câmara do encontro nupcial”.

A passagem por cada morada exige muito esforço, é até mesmo muito dolorida. Quando pensamos estar livres de certos bichos peçonhentos, que é uma comparação com os nossos pecados e fraquezas. Eles vem nos atormentar, como que nos acusando de regredirmos em nossa caminhada na busca da “Morada Nupcial”.

Mas não é isto, Santa Teresa nos mostra que é necessário passar por todas estas fases de amadurecimento espiritual. Deus permite isto para nossa humildade e crescimento espiritual. Isto não fácil, é preciso estar aberto. A santa mesmo testemunha que às vezes pensava ter regredido no caminho de santidade por ter atitudes que pensava ter superado.

O Caminho da santa foi de suor e lágrimas, mas persistiu adentrando morada por morada até alcançar a Morada nupcial onde se encontrou com o esposo, o Cordeiro de Deus que nos traz toda plenitude de vida e felicidade eterna.

O segredo é perseverar na busca da santidade, sempre na docilidade e humildade, independente das barreiras, quedas e pecados que aparecerão em nosso caminho. A palavra é persistir, cair e levantar, entrar Morada por Morada ao Encontro do Deus de minha alma.

Be Sociable, Share!

Nenhum comentário

  1. Pingback: Ademir Costa

  2. Pingback: Giselda gonçalves

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *