consumismo-cruz

 

Nos últimos dias, o Papa Francisco divulgou a Mensagem anual para Jornada Mundial da Juventude de 2014 a nível diocesano, cujo o tema é: “Felizes os pobres em espírito, porque deles é o Reino do Céu” (Mt 5, 3)

 Um trecho que me “saltou aos olhos” foi quando o Papa nos exorta a não ceder ao consumismo.

“Antes de mais nada, procurai ser livres em relação às coisas. O Senhor chama-nos a um estilo de vida evangélico caracterizado pela sobriedade, chama-nos a não ceder à cultura do consumo.” (Papa Francisco, Mensagem para JMJ 2014)

Meus irmãos, não é coisa fácil liberta-se do consumismo. Somos como que possuídos pela vontade de comprar. Lembro-me que antes de ingressar na Canção Nova, quantas vezes fui ao Shopping, e com os Cartões de Crédito em mãos, era impelido a comprar tantas coisas sem necessidades.

Antes íamos ao Shopping; hoje o shopping vem a nós pela internet. Está até mais fácil comprar coisas baratas, devido aos muitos sites de pesquisas e as muitas promoções. Com isso se compra tantas coisas supérfluas! Realmente é uma cultura do consumo. Ouso dizer que existe por trás até algo espiritual; uma voz que fica falando nos nossos ouvidos: “compra, compra, compra, compra…”.

Na verdade, nós transferimos para o material, uma busca de alegria que somente encontramos em Jesus Cristo. Devemos em primeiro lugar, buscar Jesus e tudo mais virá por acréscimo. O Papa mesmo diz isso em sua mensagem.

 “Trata-se de buscar a essencialidade, aprender a despojarmo-nos de tantas coisas supérfluas e inúteis que nos sufocam. Desprendamo-nos da ambição de possuir, do dinheiro idolatrado e depois esbanjado. No primeiro lugar, coloquemos Jesus. Ele pode libertar-nos das idolatrias que nos tornam escravos. “ (IBIDEM)

“Confiai em Deus, queridos jovens!” (IBIDEM)

Forte abraço,

Até a próxima!

@ademircn

Be Sociable, Share!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *