Temos a grande tendência de ficar lembrando somente as coisas ruins de nossas vidas. Mas façamos o exercício de fazer memória das coisas boas que vivemos neste ano. Isto cura nosso coração, aumenta nossa fé, nos aproxima de Deus, porque tocamos no fio de ouro com a qual Deus conduz nossa vida em nossa liberdade.

Em nossa vida existem momentos que são como estacas de Deus à manifestar sua presença em nossa história. temos muitas vitórias em nossas vidas, Deus caminha conosco.

Assim, como relebramos as grandes conquistas de nosso time de futebol, façamos memória das nossas vitórias em Deus, mesmo que talvez vocês esteja sufocado pelas derrotas do tempo presente. Em Cristo somos mais que vencedores, tudo concorre para o bem daqueles que amam a Deus.

Relebremos as conquistas que tivemos neste ano. Temos muito a agradecer e louvar ao Senhor. Talvez não tenhamos muito dinheiro no bolso, nem muita saúde para dar e vender. Mas temos Deus e isso basta…

Desejo um 2012, cheio de conquistas no Senhor…

Nos vemos ano que vem…

Nos momentos de sofrimentos não é fácil se entregar ao amor. As feridas dos sofrimentos nos angustiam e nos deixa pra baixo, até mesmo sem forças humanas para amar. Aqui o esforço para amar não está em atitudes externas, mas em atitudes interiores.

Oferecer os nossos sofrimentos é atitude de amor. É uma atitude profunda de oração e intercessão que chega límpida ao coração de Deus. Não desperdicemos os nossos sofrimentos, mas unamos ao mistério da Cruz de Cristo. Isto salva muitas almas.

Assim, devemos sofrer sem nunca deixar de amar.