Atos dos Apóstolos > Leitura #452

Orar com confiança

É necessário orar com confiança para receber a graça de Deus. Apesar das tribulações da vida, confiar na ação de Deus é o que pode mudar a nossa sorte.

“Agora, Senhor, olha as ameaças que fazem e concede a teus servos anunciarem corajosamente a tua palavra. Estende a mão para que se realizem curas, sinais e prodígios por meio do nome do teu santo servo Jesus.”

Seria normal que os apóstolos se amedrontassem diante das ameaças dos sacerdotes e entre eles, Caifás, o grande opositor de Jesus e Sumo sacerdote aquele ano. Afinal eles haviam matado Jesus! O que não fariam com seus discípulos?

Sabendo disso eles oraram a Deus pedindo coragem e a mão poderosa do Pai não para protegê-los, mas para realizar sinais curas e milagres em nome de Jesus.

Assim eles nos ensinam que a Igreja nunca recua em sua missão, nunca desiste da evangelização e antes de pedir a proteção de Deus, pede força, coragem, unção para anunciar ainda mais a santa palavra do Evangelho.

Diante das pequenas dificuldades que encontramos em nosso dia a dia para evangelizar as pessoas próximas a nós o que fazemos? Recuamos? Ficamos com medo e nos calamos? Ou ao contrário, oramos a Deus pedindo que ele nos unja e dê coragem para continuar o anúncio da tua palavra?

Leia o trecho em At 4, 23-31

Na Bíblia cnbb página 1347

Título: Oração da comunidade ameaçada

Princípio Eterno

At 4, 24b

Senhor, tu criaste o céu, a terra, o mar e tudo o que neles existe.”

Qual a mensagem de Deus para mim hoje?

Assim eles nos ensinam que a Igreja nunca recua em sua missão, nunca desiste da evangelização e antes de pedir a proteção de Deus, pede força, coragem, unção para anunciar ainda mais a santa palavra do Evangelho.

Como posso pôr isso em prática?

Orar a Deus pedindo a mesma coisa: Coragem, unção, prodígios, sinais, curas na minha missão de evangelizar.