Atos dos Apóstolos > Leitura #456

Nada aprisiona o Evangelho

A ação de Deus é poderosa na vida dos evangelizadores e é por isso que nada aprisiona o evangelho. Cadeias e correntes não calam os filhos e filhas de Deus.

“Encontramos a prisão fechada com toda segurança, e os guardas a postos, na frente da porta. Mas, quando abrimos a porta, não encontramos ninguém lá dentro.”

Não encontraram porque um anjo do Senhor os havia libertado e os mandaram voltar ao anúncio: “Durante a noite, porém, o anjo do Senhor abriu as portas da prisão e os fez sair dizendo: Apresentai-vos no templo e anunciai ao povo toda mensagem a respeito deste Vida.”

Deus estava mostrando com esses sinais claros que nada poderia impedir o avanço do evangelho, que quando ele quisesse, livraria sempre os seus filhos dos perigos e cadeias para que a missão continuasse. Graças a Deus hoje o evangelho chegou até você!

Por sua vez os apóstolos ficavam cada vez mais convictos de que as ameaças dos chefes do povo não poderiam estar acima da vontade de Deus, não poderiam estar na frente do querer de Deus: “É preciso obedecer a Deus antes que aos homens.”

Nós também, por este exemplo devemos crer que as dificuldades que enfrentamos para ser de Deus ou anunciar o seu evangelho não devem ser maiores que a necessidade de anunciá-las.

Leia o trecho em At 5, 17-33

Na Bíblia cnbb página 1348-1349

Título: Libertação milagrosa. Novamente no Sinédrio

Ordens

At 5, 19-20

Durante a noite, porém, o anjo do Senhor abriu as portas da prisão e os fez sair dizendo: Apresentai-vos no templo e anunciai ao povo toda mensagem a respeito deste Vida.”

Princípios Eternos

At 5, 29

Então Pedro e os outros apóstolos responderam: “É preciso obedecer a Deus antes que aos homens.”

Qual a mensagem de Deus para mim hoje?

Nós também, por este exemplo devemos crer que as dificuldades que enfrentamos para ser de Deus ou anunciar o seu evangelho não devem ser maiores que a necessidade de anunciá-las.

Como posso pôr isso em prática?

Não parar nas dificuldades, enfrentá-las, pedir ajuda e continuar, pois o Senhor me ajudará a concretizá-las.