Conheça a equipe do Centro de Formação Famílias Novas

Confira alguns relatos das colaboradoras do Centro de Formação

O Centro conta com uma equipe especializada, para atender mulheres e casais, que procuram conhecer sua fertilidade ou que desejam engravidar. Com o objetivo de aproximar você leitor da equipe, perguntamos aos colaboradores e funcionários: “Como é trabalhar no Famílias Novas?”. Confira algumas respostas.

Fabiana Azambuja, coordenadora e instrutora.

“Para mim, prestar esse serviço no Centro de Formação Famílias Novas, é dar a vida que eu vivo. Vivo as minhas experiências pessoais, como também com as pessoas que me procuram. A cada escuta, a cada silêncio, a cada organização de evento, a cada encontro, com adolescentes, jovens, homens, mulheres, casais, crianças, essas experiências nesses 20 anos alimentam a minha entrega cotidiana. Apesar de ser educadora, vir da área da Educação, me especializei dentro da Saúde, na área de Sexualidade, Transmissão da Vida e Fertilidade, aspectos que precisam, cada vez mais de uma autêntica educação, educar as pessoas, a partir dessas dimensões, para que novas famílias possam ser geradas. Uma mentalidade nova, tanto sobre a vida sexual como a transmissão da vida. É o que propõe o Centro de Formação, oferecer Escolas de Amor”. 

Tatiane Castro, recepcionista e assistente administrativa.

Trabalhar nesse setor, além da imensidão de aprendizado profissional, ter experiências novas todos os dias, me ensinou a ser uma pessoa melhor, a evoluir espiritualmente e ter percepções que antes não tinha. O aprendizado diário, o contato constante com pessoas em seu individualismo, aprimorou minha sensibilidade e empatia com o próximo. O Famílias Novas sob o comando de Fabiana Azambuja, abrilhanta meus dias e mostra o sentido de tudo e que tudo é possível!”

 

Tatiane Castro, Fabiana Azambuja e Ana Julia Constantino (da esquerda para a direita)

 

Maria Angélica Silva, missionária.

“Trabalhar no Centro de Formação Famílias Novas para mim tem sido a experiência de tocar na grandeza e na perfeição de Deus, criador  do ser humano, e da vida. Em cada história com as usuárias, toco em milagres, sonhos e constato que Deus é perfeito em tudo o que faz!”

Ana Júlia Constantino, estagiária.

“Fazer parte da equipe é estar ciente que apesar da correria do dia a dia e das muitas tarefas a serem cumpridas, podemos contar umas com as outras, se quisermos conversar todas estão dispostas, sempre com leveza e carinho. Além de apoio pessoal, trabalhar nesse setor também possui muitas vantagens profissionais, já que as demandas são diversas e podemos nos aprimorar em diferentes atividades”.

Daniela Barbosa, instrutora voluntária.

“Estar na equipe do Centro é uma grande alegria, pois trabalhamos diretamente na construção de família e é uma graça poder instruir concretamente os casais, as mulheres a conhecerem aquilo que é criação de Deus, que é o nosso natural. É um prazer ser instrumento direto na formação de famílias que crescem em fé e em conhecimento das suas capacidades de fertilidade”.

Dra. Marianne, ginecologista obstetra voluntária.

“Mesmo com a minha curta experiência, eu fui bem recebida por todos os funcionários e colaboradores, considero um lugar muito agradável de se trabalhar e todos têm uma relação boa de trabalho”. 

Dra. Clara, endocrinologista voluntária.

“Estou desde o início do Centro de Formação Famílias Novas, participo de encontros, de reuniões e ajudando a coordenação. Me sinto muito confortável e é uma satisfação ver as pessoas aprendendo a biologia do corpo humano, a partir do momento que elas entendem como é fisiológico a ovulação e passam a conhecer o espaçamento da gravidez, como engravidar, as pessoas conhecendo sua fisiologia e entendendo sobre sua saúde, tudo isso é muito prazeroso”.

Comments

comments