O Magistério da Igreja (Papa e Bispos) empenha plenamente a autoridade que recebeu de Cristo quando define dogmas, isto é, quando obriga o povo cristão a acreditar em verdades contidas na Revelação divina ou verdades que com estas têm uma conexão necessária.

Os dogmas não são grades que impedem o caminhar dos teólogos, ao contrário, são luzes no caminho de nossa fé que o iluminam e tornam seguro. Eles são para o povo de Deus como os trilhos são para um trem; são vínculos que dão ao veículo segurança e possibilidade de ir muito longe. O que seria do trem se saísse dos trilhos?

Não mais do que 14 vezes um Papa proclamou um dogma de fé; isto em 21 séculos de vida da Igreja. Mas há muitas outras verdades da fé, que não foram definidas explicitamente como dogmas por um Papa, mas que são também dogmáticas. Todos os doze Artigos do Credo são dogmas de fé; ele é o “Símbolo dos Apóstolos” e resume as verdades básicas da fé cristã que há 2000 anos a Igreja ensina.

O Dogma é uma verdade Revelada por Deus, e proposta pela Igreja à nossa fé e à nossa conduta. E como algo revelado por Deus, e compreendido pela Igreja, é imutável. Podemos aperfeiçoar o entendimento da verdade revelada, mas nunca destrui-la ou negá-la. O Dogma pode estar contido na Bíblia ou na Tradição apostólica que não foi escrita, mas que tem para a Igreja o mesmo valor de Revelação da Bíblia; por exemplo, o Credo como é rezado não está na Bíblia, mas veio da Tradição.

Jesus deixou a Igreja com a incumbência infalível de fazer este discernimento, a fim de nos mostrar e conduzir, sem erro, ao caminho da salvação. Pouco adiantaria Jesus deixar na terra o “depósito da fé”, ou, como chamava São Paulo, “a sã doutrina”, se não deixasse também uma guardiã infalível da mesma.

A Revelação de Deus ensina que “Deus quer que todos se salvem e cheguem ao conhecimento da verdade” (1Tm 2,4); mas, onde está esta “Verdade” que salva? O mesmo São Paulo responde: “ A Igreja é a coluna da verdade” (1Tm 3, 15). É por isso que a Igreja afirma sem dúvida, várias vezes, no Catecismo, a sua infalibilidade naquilo que é essencial em termos de fé e moral.

Para manter a Igreja na pureza da fé transmitida pelos Apóstolos, Cristo quis conferir à sua Igreja uma participação na sua própria infalibilidade, ele que é a Verdade. “Goza desta infalibilidade o Papa quando, na qualidade de pastor supremo de todos os fiéis, e encarregado de confirmar seus irmãos na fé proclama, por um ato definitivo, um ponto de doutrina apenas sobre à fé e aos costumes… A infalibilidade prometida à Igreja reside também no corpo episcopal quando este exerce seu magistério supremo em união com o sucessor de Pedro”, sobretudo em um Concílio Ecumênico (LG 25).

Os dogmas sobre Deus garantem que Ele existe, que é único, mas são Três Pessoas divinas formando um só Deus (Pai e Filho e Espírito Santo), com igual poder e majestade; que
Ele é eterno, onipotente, onipresente, onisciente, amor e misericórdia, Criador de todas as coisas visíveis e invisíveis; tudo o que existe foi criado por Deus.

Os dogmas sobre Jesus Cristo afirmam que Ele é o Filho Único de Deus; verdadeiramente homem e verdadeiramente Deus (possui duas naturezas: humana e divina); cada uma das duas naturezas em Cristo possui uma vontade e uma operação própria. Cristo se ofereceu em sacrifício na Cruz para resgatar a humanidade separada de Deus pelo pecado. Ao terceiro dia depois de sua morte, ressuscitou glorioso dentre os mortos e subiu em corpo e alma aos céus e está “sentado” à direita de Deus Pai.

Sobre o mundo, os dogmas dizem que tudo do que existe foi criado por Deus a partir do nada. O mundo é temporal, um dia vai terminar. Deus o conserva pelo Seu poder e bondade.

Sobre a pessoa humana, os dogmas garantem que ela é formado de corpo material e alma espiritual e imortal criada por Deus no momento da concepção, à sua imagem e semelhança. O pecado de Adão (original) se propaga a todos os seus descendentes por geração e não por imitação. O homem caído não pode redimir-se a si mesmo; precisa de um Salvador, Jesus Cristo.

Sobre a Virgem Maria os dogmas dizem que Ela é Imaculada, isto é, foi concebida sem o pecado original, e nunca teve qualquer pecado pessoal; é Mãe de Deus feito homem; foi para o Céu em sua Assunção, de corpo e de alma, após o término de sua vida na terra. É Virgem perpétua: antes do parto, durante o parto de depois do parto de Jesus Cristo.

Sobre o Papa e a Igreja os dogmas ensinam que a Igreja foi fundada por Jesus Cristo, que constituiu São Pedro como o primeiro Papa e cabeça visível da Igreja, conferindo-lhe pessoalmente o primado de jurisdição. O Papa possui o pleno e supremo poder sobre a Igreja, não somente nas coisas da fé e da moral, mas também na disciplina e no governo da Igreja. Ele é infalível sempre que define uma verdade de fé ou de moral. A Igreja é infalível quando define com o Papa alguma matéria de fé e de costumes.

Os dogmas sobre os Sacramentos, afirmam que Cristo instituiu sete Sacramentos: Batismo, Crisma, Confissão, Eucaristia, Ordem, Matrimônio e Unção dos Enfermos. A Igreja recebeu de Cristo o poder de perdoar os pecados cometidos após o Batismo pelo Sacramento da Confissão. Cristo está presente na Eucaristia pela transubstanciação de toda a substância do pão e do vinho.

Os dogmas sobre os últimos acontecimentos afirmam que existe a vida eterna, o Céu, o Inferno e o Purgatório, o fim deste mundo e a segunda vinda de Cristo, a ressurreição dos mortos no último dia e o juízo universal.

Prof. Felipe Aquino

9 Comentários

  1. Anizio Filho

    Nós Católicos devemos nos preparar com o Espírito de fortaleza que nos foi dado por Deus em Jesus!!!!!

    IRMÃOS, LEMBREM-SE QUE SOMOS A VERDADEIRA E ÚNICA IGREJA DE JESUS CRISTO E POR ISSO MESMO OS ATAQUES DO ANTICRISTO SERÃO MAIS PESADOS, CONSTANTES E FURIOSOS, OCULTOS OU ABERTAMENTE DIRIGIDOS A SANTA IGREJA CATÓLICA!

    Lembrem-se do que Jesus disse: Não temas! E também: que as portas do inferno JAMAIS prevalecerão sobre a Igreja Católica que é a ÚNICA de Jesus Cristo!

    Então Irmãos vamos estudar, nos preparar e FAZER TODO NOSSO POSSÍVEL QUE DEUS FÁRÁ OS IMPOSSÍVEIS!!!

    QUE VENHÃO OS DESAFIOS E ATAQUES CONTRA A IGREJA CATÓLICA QUE SEMPRE EXISTIRÃO CATÓLICOS DISPOSTOS A DEFENDER A IGREJA DE JESUS!!!

    POR TI SENHOR JESUS EU ME PONHO NA LINHA DE FRENTE DESTA BATALHA COM A PROTEÇÃO DE SÃO MIGUEL ARCANJO!!!

    O Senhor não escolhe os capacitados mas CAPACITA os ESCOLHIDOS!!!
    MESMO EU SENDO TÃO INDIGNO!
    SENHOR JESUS: EIS AQUÍ O TEU SERVO!!!!!
    SENHOR JESUS: EIS AQUÍ O TEU SERVO!!!!!

  2. Francisca Maria

    Professor Felipe, eu dei a cada um de meus filhos, (Maiores até casados),O Catecismo da Igreja Católica, para que nele, encontrem respostas à muitas perguntas que até hoje me fazem (e muitas das vezes não sei responder) e para que possam saber responder aos seu filhos, que estão na idade das perguntas.Acha que com isto estou resolvendo partes destas dificuldades?Muito Obrigada pelo que tenho aprendido em seus programs na televisão. Que Deus lhe abençoe. Cordialmente .Francisca Maria

  3. Caro Prof. Aquino,

    Sou prof. de filosofia em duas faculdades de S. Paulo, capital, e mantenho um blog sobre assuntos correlatos. Gostaria de postar um texto sobre os dogmas da Igreja Católica, que não só resumisse o conteúdo doutrinal dos dogmas mas que também os enumerasse. O artigo mais próximo disso que encontrei foi este, da Wikipedia:

    http://pt.wikipedia.org/wiki/Dogmas_da_Igreja_Cat%C3%B3lica

    Antes de postá-lo no meu blog, gostaria de ouvir a sua opinião a respeito.

    Muito obrigado,

    Edson Gil

  4. MARCIO CARDOSO DOS SANTOS FONSECA

    Professor Felipe, obrigado por seus esclarecimentos, pois, a cada dia, o Espírito Santo nos dá novas oportunidades para conhecer melhor a sua Igreja, tão rica em ensinamentos.
    Infelizmente, muitas pessoas buscam explicações em diversas seitas, crenças e até mesmo em superstições. Confundem-se com suas próprias verdades.
    Que Deus continue lhe abençoando.

  5. Eu amo a igreja e tenho orgulho de ser Católica, sou muito grata a todos estes ensinamentos que estão fazendo da minha missão uma glória para Deus, pois estou conseguindo mostrar para as pessoas como somos fúteis e como não percebemos o sofrimento no rosto das pessoas, a aparencia desfigurada por tanta dor, como perdemos tempo não querendo entender a linda e maravilhosa missão da igreja, de Maria, dos santos e como os dogmas são luzes e fortaleza para quem respeita os testemunhos de milhares de fieis que vem pelos séculos e séculos contando histórias que podem mudar a nossa vida e trazer libertação.

  6. pro amigo ANIZIO FILHO:
    quantas vezes você encontra passagens na biblia sagrada que JESUS diz sua religião.você esta sendo muito equivocado.a igreja de Cristo é aquela que crê e guarda seus mandamentos.sem denominação!não te enfureças comigo,somos todos irmãos.JESUS te ama!!!

  7. Pingback: мôηι¢α мαяqυєѕ

  8. wilminha amorim

    De nada vale dizer que somos católicos, se não conhecmos a fundo a nossa doutrina. Precisamos conhecer para amar. Amo minha Igreja louvo a Deus por haver pessoas que se disponibilizam para nos formar na fé. Creio em tudo que a Igreja fala, pois é caminho de salvação. Amo Jesus, amo a Igreja!!!!!

  9. ocimar bromatti

    OH, Deus!
    Senhor todo Poderoso,
    Onipotente, Onisciente e Onipresente,
    Senhor criador do céu, do mar, da terra e de tudo que nela habita,
    Glorificamos o vosso nome Senhor Deus, Pai – Filho e Espírito Santo,
    Eterno na Trindade, e Trindade que é una em Deus em essência, natureza e substância,
    A ti exaltamos nosso Senhor,
    Deus único!
    Deus vivo!
    Deus eterno!
    Senhor cúbranos com vosso manto de bençãos nos protegendo, afastando de nós todos o males e não nos deixeis cair em tentação.
    Enviai o fogo do Espírito Santo para incendiar nossos corações e nos dispertar de nossa indolência espiritual para que possamos ter a verdadeira fé e buscar a vida eterna junto a Ti.
    Que todos os Santos possam interceder por nós junto a ti Senhor, quando de nossas preces.
    Oro, em prece fervorosa, por todos os necessitados, desesperados, desenganados , presidiários, marginais, prostitutas, por aqueles que estão tomados pela ira, aqueles que carregam a mágoa dentro de si, por aqueles que não se perdoam e não conseguem perdoar.
    Oh Deus, que possamos nos tornar seus servos por sua benção e buscar viver e construir a sua obra assim na terra como no céu.
    Que sejamos merecedores através de nossos pensamentos, palavras e ações para que o Espírito Santo esteja em todos os dias de nossas vidas nos conduzindo no caminho do amor fraterno, da verdade, do perdão; junto a nossas famílias e de toda a humanidade.
    Que assim seja,
    Adorado, louvado e glorificado!
    Amém,

  10. NILCE DO SOCORRO OLIVEIRA DA CRUZ

    estou amando saber mais sobre os dogmas da fé cristã, cada vez mais me sinto realizada pois quero aprender para poder repassar para os meus catequiza-nos pois sou catequista da paroquia bom pastor em Marituba – pá. por favor me ajude e sere grada ao senhor professor que deus lhe abençoe…

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *