“A paciência produz uma obra perfeita”. Isso quer dizer que não existe coisa mais agradável a Deus do que sofrer com paciência e paz todas as cruzes por ele enviadas.

É próprio do amor, fazer a pessoa que ama semelhante à pessoa amada. Dizia São Francisco de Sales: “Todas as chagas do Redentor são outras tantas palavras que nos ensinam como devemos sofrer por ele. Esta é a sabedoria dos santos, sofrer constantemente por Jesus; assim ficaremos logo santos”. Quem ama o Salvador deseja ser como Ele, pobre, sofredor e desprezado. São João viu todos os santos vestidos de branco, segurando palmas nas mãos. A palma é um símbolo de martírio; mas nem todos os santos foram martirizados. Por que então todos seguram palmas? More »

Crer em Deus, e amá-lo com todo o coração, tem consequências para toda a nossa vida.

A fé nos leva a conhecer a grandeza e a majestade de Deus.

“Deus é grande demais para que o possamos conhecer” (Jó 36,26). É por isso que Deus deve ser o primeiro a ser amado e servido. Amar a Deus sobre todas as coisas, manda o Primeiro Mandamento. More »

De modo especial “a cruz de cada dia”, aceita e assumida, “com galhardia”, sem revolta, na fé, ainda que com muitas lágrimas – elas nunca deixam de existir – nos santifica.

Jesus mandou tomar a nossa cruz a cada dia e segui-lo (Lc 9,23). O que significa isso? Qual é a cruz de cada dia? São todos os sofrimentos que nos atingem a cada dia, e que devem ser enfrentados dia a dia. “O dia de amanhã terá as suas preocupações próprias. A cada dia basta o seu mal” (Mt 6,34). É uma cruz para cada dia. A sabedoria é viver um dia de cada vez. More »

Pode-se dizer que há “três forças” com as quais podemos conquistar a virtude da fortaleza. Não só com uma ou duas delas, mas com as três.

1. A força do Ideal

Só pode ter a virtude cristã da fortaleza – ser corajoso para lançar-se, e ser firme para aguentar – aquele que possui um motivo poderoso, um ideal pelo qual valha a pena viver e morrer. More »

Se você está perdido, se já não sabe o que fazer na vida, é porque perdeu essa Luz divina que reside no teu ser. Faça silêncio e ouça a orientação que vem de Deus!

Este é o ponto mais importante da vida espiritual. Deus habita em nós desde o batismo (1Cor 3,15), desde que estejamos na graça de Deus; mas, infelizmente, nos esquecemos disso com muita facilidade. São Paulo disse aos filósofos gregos em Atenas, no areópago, que “em Deus nós existimos, nos movemos e somos” (At 17,28). Mas esquecemos. More »