Os santos dizem que a maior virtude é a humildade, pois foi por ela que Jesus salvou o mundo e a Virgem Maria se tornou Mãe de Deus.

O que é ser humilde?

É não se sentir melhor do que os outros, mesmo fazendo coisas boas e importantes.

É ter consciência da sua capacidade e dos seus talentos, sem desprezar os dos outros e sem abafar os seus talentos. More »

São Benedito morreu há mais de 400 anos, mas continua sendo um exemplo atual de como viver a santidade, que nunca envelhece!

São Benedito é um santo muito conhecido e amado em todo o Brasil, especialmente por sua simplicidade, generosidade e seus muitos milagres. A prova disso são as numerosas igreja e capelas dedicadas a ele. Isto não aconteceu por acaso; foi uma vida toda dedicada a Deus e aos homens. Morreu para si mesmo para viver para Deus e para os irmãos. Ele morreu há mais de 400 anos, em 1589, mas continua sendo um exemplo atual de como viver a santidade, que nunca envelhece. More »

Dentre outras tantas lições que Santa Teresinha nos deixou em sua vida, hoje iremos refletir apenas quatro delas:

A HUMILDADE

Ficar pequeno é reconhecer o próprio nada, tudo esperar de Deus, não se afligir com as faltas, porque as criancinhas, se caem muitas vezes, por serem pequeninas, pouco se machucam.

Faço como as crianças que não sabem ler: digo a Deus simplesmente o que desejo dizer-lhe, sem palavras bonitas, e ele me compreende. More »

“Toda dádiva boa e todo dom perfeito vêm de cima: descem do Pai das luzes” (Tg 1,17)

Para fazer a vontade de Deus é preciso ser humilde, “pobre de espírito” (anawin) como pediu Jesus.

A Igreja, sempre iluminada e assistida pelo Espírito Santo, em sua experiência bimilenar, nos ensina que os piores pecados são aqueles que ela chama de “capitais”. Capital vem do latim “caput”, que quer dizer cabeça. São pecados “cabeças”, isto é, que geram muitos outros. More »

As maravilhas da devoção a Maria não podem ser explicitadas inteiramente por nenhuma análise. Nenhuma descrição, nenhum raciocínio pode dar dela uma ideia adequada…

Razões e analogias ajudam a compreender

Um jovem teólogo – M. Neubert – analisa as razões, ou melhor, as analogias de ordem natural que nos ajudam a compreender o sucesso ou a eficácia da devoção a Santíssima Virgem. Pois a devoção à Nossa Senhora leva todos a bom êxito. Constitui um axioma católico que Ela é para todo mundo um meio seguro de santificação. More »