Sherry Antonetti é autora de “The Book of Helen” (O livro de Helen) e escreveu 40 resoluções concretas que podem ser aplicadas na vida cotidiana durante esta Quaresma para viver santamente este tempo.

“Com a Quaresma já iniciada, aqui estão algumas ideias sobre como começar nosso percurso espiritual no deserto de preparação para a Paixão, Morte e Ressurreição de nosso Senhor”, escreve Antonetti em seu blog publicado em ‘National Catholic Register’. More »

Desde o início do Cristianismo a Quaresma marcou para os cristãos um tempo de graça, oração, penitência e jejum, com o objetivo de se chegar à conversão. Ela nos faz lembrar as palavras de Jesus: “Se não fizerdes penitência, todos perecereis” (Lc 13,3). Se não deixarmos o pecado, não poderemos ter a vida eterna em Deus; logo, a atividade mais importante é a nossa conversão, renunciar ao pecado.

Nada é pior do que o pecado para a vida do homem, da Igreja e do mundo, ensina a Igreja; por isso Cristo veio, exatamente, “para tirar pecado do mundo” (cf. Jo 1, 29). Ele é o Cordeiro de Deus imolado para isso. More »

Neste tempo especial de graças que é a Quaresma devemos aproveitar ao máximo para fazermos uma renovação espiritual em nossa vida. O Apóstolo São Paulo insistia: “Em nome de Cristo vos rogamos: reconciliai-vos com Deus!” (2 Cor 5, 20); “exortamo-vos a que não recebais a graça de Deus em vão. Pois ele diz: Eu te ouvi no tempo favorável e te ajudei no dia da salvação (Is 49,8). Agora é o tempo favorável, agora é o dia da salvação” (2 Cor 6, 1-2).

Cristo jejuou e rezou durante quarenta dias (um longo tempo) antes de enfrentar as tentações do demônio no deserto e nos ensinou a vencê-lo pela oração e pelo jejum. Da mesma forma a Igreja quer ensinar-nos como vencer as tentações de hoje. Daí surgiu a Quaresma. More »

A Quarta-feira de Cinzas foi instituída há muito tempo na Igreja; marca o início da Quaresma, tempo de penitência e oração mais intensa.

Para os antigo judeus sentar sobre as cinzas já significava arrependimento dos pecados e voltar para Deus. As Cinzas bentas e colocadas sobre as nossas cabeças nos fazem lembrar que vamos morrer; que somos pó e que ao pó da terra voltaremos (Gn 3, 19) para que nosso corpo seja refeito por Deus de maneira gloriosa para não mais perecer. More »

Através de uma mensagem de vídeo, o Bispo de San Francisco (Argentina), Dom Sergio Buenanueva, explicou como “viver intensa e plenamente” as férias.

“Vamos tirar férias de Deus? Nem férias de Deus nem de nós mesmos”, pelo contrário, “Deus está mais próximo” durante esse período, assegurou.

“As férias são um tempo de graça porque nos permitem aproximar-nos de Deus”, são para fazer “a experiência de que somos muito mais do que o nosso trabalho, que o homem é verdadeiramente homem. Na liberdade e na gratuidade desses momentos que compartilhamos especialmente com nossos entes queridos é que somos livres”, disse Dom Buenanueva. More »