Ontem fui ver um desenho no cinema, com a família: Como treinar o seu dragão 2. Um jovem que acreditava na Paz… Mais que acreditar, ele lutava para que ela existisse…

Nessa luta pela Paz, perdeu o pai, mas não se intimidou nem se deixou abalar… foi fiel naquilo que acreditava…

Venceu todos os medos que tinha, venceu todas as limitações que tinha, físicas inclusive, em virtude de sua crença na Paz.

Questionei-me se sou fiel o bastante ao Senhor… se sou fiel o bastante a ponto de dar minha vida por essa verdade em que acredito… se não me deixo vencer muitas vezes pelo meu medo ou forças que tentam me fazer acreditar no contrário… More »

A palavra confiança vem do Latim CONFIDENTIA, “confiança”, de CONFIDERE, “acreditar plenamente, com firmeza”, formada por COM, intensificativo, mais FIDERE, “acreditar, crer”, que deriva de FIDES, “fé”.

Com isso, confiança é acreditar com muita fé. Em Jr 17,5-10 diz:
Eis o que diz o Senhor: Maldito o homem que confia em outro homem, que da carne faz o seu apoio e cujo coração vive distante do Senhor! Assemelha-se ao cardo da charneca e nem percebe a chegada do bom tempo, habitando o solo calcinado do deserto, terra salobra em que ninguém reside.
Bendito o homem que deposita a confiança no Senhor, e cuja esperança é o Senhor.  Assemelha-se à árvore plantada perto da água, que estende as raízes para o arroio; se vier o calor, ela não temerá, e sua folhagem continuará verdejante; não a inquieta a seca de um ano, pois ela continua a produzir frutos. More »