Educar é colaborar com Deus na obra mais importante que é formar um ser humano, criado à Sua imagem e semelhança. Não educamos os filhos para nós, mas para a sociedade e para Deus. Filho de peixe é peixinho; é na educação dos filhos que conhecemos as virtudes dos pais. Conquiste seu filho com amor, atenção, dedicação, correção sem agressão e sem humilhação. More »

“Quando o querer é completo, o trabalho se torna um lazer”. Santo Agostinho

SOMOS COOPERADORES DA OBRA CRIADA POR DEUS. O TRABALHO É SAGRADO!

Passamos a maior parte de nossa vida trabalhando; seja em casa ou em repartição pública, no hospital, quartel ou comércio, na Igreja, na fábrica, no campo ou na universidade. More »

Os antigos a chamavam de “Semana Maior”, por ser a celebração mais importante do Ano Litúrgico, que nos leva a contemplar o mistério da Redenção da humanidade: Paixão, Morte e Ressurreição de Nosso Senhor Jesus Cristo. O bom católico sabe que deve celebrá-la com profundo respeito, meditação, oração e contemplação do grande mistério de amor de Deus por nós. Cada função litúrgica deve ser assistida e participada com devoção e ação de graças a Deus. Não podemos transformar a Semana Santa numa semana de lazer, na praia, no campo ou no turismo secular. More »

Deus é ciumento!

Ele disse a seu povo no deserto: “Não te prostrarás diante desses deuses nem lhes prestarás culto, pois Eu Sou o Senhor teu Deus, um Deus ciumento” (Ex 20,25).

O que Deus quer é o nosso coração, nada mais. Ele não quer nos dividir com ninguém e com nenhuma coisa. Ele nos dá tudo: a vida, a saúde, o alimento, os bens, esposa, filhos, casa, carro… mas quer que só nos apeguemos a Ele; porque Ele nos fez para Ele, por amor, para ser feliz Nele, pois só Ele pode satisfazer os anseios infinitos de nosso coração inquieto. More »

rezandomulherNos encontros de Jesus com algumas mulheres, narrados nos Evangelhos, vemos como Ele as amava, sobretudo as pecadoras. Madalena, a quem expulsou sete demônios; a mulher adultera (João 8,10ss); a samaritana (João 4) e aquela que lavou seus pés com suas lágrimas.

Que página encantadora esta da vida de Jesus, diante daquela pecadora que seria apedrejada! Revela a Sua profunda misericórdia pelos pecadores. “Eu vim buscar o que estava perdido”. Aquela mulher estava literalmente perdida; foi flagrada em adultério, e a Lei mosaica determinava a morte por apedrejamento. Foi um desígnio de misericórdia de Jesus para com ela que a salvou de uma morte terrivelmente dolorosa. More »