Estamos celebrando 50 anos da graça de um novo derramamento do Espírito Santo sobre a Igreja. Deus com generosidade derrama seus dons para que todos possam crescer e ajudar outros a crescerem. Vamos nos abrir a esta ordem do Senhor: “Aspirai aos dons espirituais” (1Cr. 14,1).
Curso – “Aspirai aos dons Espirituais – Teologia Mística e dons carismáticos
Horário: 19h30 às 21h30
Dias: Toda quinta-feira durante 7 semanas
Início: Dia 06/04/2016
Local; Sede da Canção Nova em São José dos Campos na Rua Itororó, 186 – Jardim Paulista
Custo: 15,00
Observação importante: na Semana Santa não haverá o curso

Tema- “Reconciliai-vos com Deus!” (2 Cor. 5,20) (1)

No ciclo sobre esperança cristã, reflexão de hoje foi dedicada à Quaresma, que começa nesta Quarta-Feira de Cinzas em preparação para a Páscoa

Da Redação, com Rádio Vaticano

Papa Francisco na catequese desta quarta-feira, início da Quaresma / Foto: Reprodução CTV

Papa Francisco na catequese desta quarta-feira, início da Quaresma / Foto: Reprodução CTV

Dando continuidade ao ciclo de catequeses sobre a esperança, o Papa Francisco refletiu nesta Quarta-feira de Cinzas, 1º, sobre a “Quaresma, caminho de esperança”. Cerca de 10 mil pessoas acompanharam a reflexão sobre esse tempo que os católicos vivem em preparação para a Páscoa.

Francisco lembrou que, nestes quarenta dias, Deus chama os homens a sair das trevas e caminhar para Ele, que é a Luz. Quaresma é período de penitência com a finalidade de se renovar em Cristo, renascer ‘do alto’, do amor de Deus. E é por isso que a Quaresma é, por natureza, tempo de esperança.

Acesse
.: Íntegra da catequese

Neste sentido, disse o Papa, é preciso olhar para a experiência do Êxodo do povo de Israel, que Deus libertou da escravidão do Egito por meio de Moisés, e guiou durante quarenta anos no deserto até entrar na Terra da liberdade. Foi um período longo e conturbado, cheio de obstáculos.

“Simbolicamente dura 40 anos, ou seja, o tempo de vida de uma geração. Muitas vezes, o povo, diante das provações do caminho, sente a tentação de voltar ao Egito. Mas o Senhor permanece fiel e guiado por Moisés, chega à Terra prometida: venceu a esperança. É precisamente um ‘êxodo’, uma saída da escravidão para a liberdade. Cada passo, cada fadiga, cada provação, cada queda e cada reinício… tudo tem sentido no âmbito do desígnio de salvação de Deus, que quer para seu povo a vida e não a morte; a alegria e não a dor”.

A Páscoa de Jesus é também um êxodo, sublinhou Francisco, explicando que Deus abriu o caminho e para fazê-lo, teve que se humilhar, despojar-se de sua glória, fazendo-se obediente até a morte na Cruz, libertando o homem, assim, da escravidão do pecado. “Mas isto não quer dizer que Ele fez tudo e nós não precisamos fazer nada; que Ele passou através da cruz e nós vamos ‘ao paraíso de carroça’… não”.

Jesus indica o caminho da peregrinação pelo deserto da vida, um caminho exigente, mas cheio de esperança. “O êxodo quaresmal é o caminho no qual a própria esperança se forma. É um caminho dificultoso, como é justo que seja, mas um caminho pleno de esperança. Como o percorrido por Maria, que em meio às trevas da Paixão e Morte de seu Filho, continuou a crer em sua ressurreição, na vitória do amor de Deus”.

Como já é tradição, Francisco escreveu uma mensagem para a Quaresma deste ano, com o tema “A Palavra é um dom. O outro é um dom”. O texto foi publicado em fevereiro passado.

“Reconciliai-vos com Deus!” (2 Cor. 5,20)

 

Kairós Canção Nova – São José dos Campos
Tema: “Reconciliai-vos com Deus!” (2 Cor. 5,20)
Presença: Wagner Ferreira da Silva da Comunidade Canção Nova
Horário: Sábado a partir das 14h até 18h e no domingo a partir das 08h30 té às 18h
Local: Sede da Canção Nova em São José dos Campos na Rua Itororó, 186 – Jd Paulista

“A Quaresma é um novo começo, uma estrada que leva a um destino seguro: a Páscoa de Ressurreição, a vitória de Cristo sobre a morte. E este tempo não cessa de nos dirigir um forte convite à conversão: o cristão é chamado a voltar para Deus «de todo o coração» (Jl 2, 12), não se contentando com uma vida medíocre, mas crescendo na amizade do Senhor. Jesus é o amigo fiel que nunca nos abandona, pois, mesmo quando pecamos, espera pacientemente pelo nosso regresso a Ele e, com esta espera, manifesta a sua vontade de perdão (Papa Francisco)

never fade

A Bíblia é um livro mundialmente conhecido e um dos mais vendidos. Contudo, este livro ainda permanece desconhecido até mesmo pela maioria dos cristãos. Haja vista que a Sagrada Escritura não é um livro, é uma pessoa: é Cristo. Neste sentido, este curso, quer proporcionar uma maior consciência de que a Bíblia, como afirma Monsenhor Jonas, foi escrita para cada pessoa. Ela é uma carta de Deus para cada homem e cada mulher. Este curso tem objetivo de introduzir você nessa obra maravilhosa e inspirada pelo próprio Senhor, bem como, tornar o Estudo da Palavra acessível pelo método do Diário Espiritual.
Data: Toda sexta-feira
Quando: De 03/02 até 27/02 (4 semanas)
Horário: De 19h30 até 21h30
Endereço: Sede da Canção Nova em São José dos Campos na Rua Itororó, 186 – Jd Paulista
Custo: 15,00

Inscrições no link:

https://docs.google.com/a/cancaonova.com/forms/d/e/1FAIpQLScltxoIXG08Pc0HauJB3lWwclW3vLKyyFprNH57BsUTCsxrvQ/viewform

Participe conosco. Vamos aprender juntos estabelecer uma relacionamento mais íntimo com o Senhor por meio da sua Palavra

Seja-você-a-diferença-no-mundo

Você que tem caminhado numa vida no Espírito, que tem lido, meditado e lutado por viver a Palavra de Deus, tem falas e atitudes diferentes das outras pessoas, imediatamente, elas começaram a achar que você não é deste mundo. Irão achá-lo estranho. Isso vai acontecer entre parentes e amigos. Quem sabe entre marido e mulher, quando um está seguindo o Senhor e o outro não.

Muitas vezes, você está caminhando bem, como o Senhor quer que caminhe, orientado pela vontade d’Ele e, justamente para não ser diferente, acaba retrocedendo. É uma pena! O sal deixou de ser sal, a luz deixou de ser luz.

Não estranhe, mas você precisa ser diferente! Não porque você quer, mas porque o cristão é realmente diferente.

O mundo precisa de cristãos. Tenha certeza de que não é sendo igual a todo mundo que você vai salvar aqueles que precisam, mas justamente sendo diferente.

Seu irmão,
Monsenhor Jonas Abib