“…não vos deixeis levar pelo gosto de grandeza, mas acomodai-vos as coisas simples.” (Rm.12,16a)

Como é bom sentir-se grande, reconhecido, afamado. No coração do homem existe este anseio pela grandeza. Para quem trabalha no serviço de Deus isto é um grande perigo, porque podemos usar das coisas de Deus para exaltação pessoal. Precisamos fazer como Jesus no Lava-Pés.

Eu tenho procurado me vigiar, pois “vira e mexe” me pego querendo ser reconhecido naquilo que faço. Isto me causa uma cegueira danada, pois tiro o foco de Jesus. E as coisas que faço passam a não ter como finalidade a evangelização.

Por exemplo: Gosto demais das redes sociais, mas tenho no coração que se eu perder a meta de levar Cristo as pessoas por estes meios, se estas ferramentas se tornarem instrumentos de competição e engrandecimento pessoal, devo rever-me.  Devo arrancar o mal pela raiz. Pois de que adianta ter o blog mais visitado, a página ou publicação mais curtida do FB, ter o maior números de seguidores no Twitter, se isto não passar de instrumento para saciedade de minhas vaidades, se servir apenas para o meu engrandecimento pessoal. De nada valerá.

Em tudo aquilo que faço, o mais importante é que Ele cresça e eu diminua. Não posso me levar pelo gosto de grandeza, mas sempre devo me acomodar as coisas simples. Assim Seja.

Forte abraço, até a próxima!

Be Sociable, Share!

Nenhum comentário

  1. Pingback: Ademir Costa

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *