1ª Carta aos Tessalonicenses > Leitura #241

Amor afetivo e efetivo

O evangelho pregado por Paulo é amor afetivo e efetivo. Amor de pai que quer o melhor para seus filhos. O amor de mãe que acalenta e consola.

“Imaginai uma mãe acalentando seus filhinhos, assim nossa afeição por vós.”

Um carinho muito grande envolve Paulo, seus colaboradores de apostolado e os Tessalonicenses. É uma atmosfera de amor e admiração pela obra de Deus na vida deles e pela correspondência ao chamado que eles receberam. Mesmo assim, o apóstolo faz questão de lembrar aos seus discípulos que a sua pregação não chegou até eles com embustes, astúcia ou malícia, nem para agradar a seres humanos, mas a Deus, que examina os corações. Assim, este testemunho quer animar os Tessalonicenses a fazer o mesmo, ou seja, ele está dizendo: É assim que nós fazemos e este é o exemplo que vocês também devem seguir.

Esta exortação também tem um tom paterno que Paulo deixa que se revele para que seus ouvintes não caiam na tentação de pensar que a mãe que acalenta seus filhinhos é aquela que ‘passa por cima’ das falhas dos filhos, mas há um pai, de mão forte que corrige se for preciso e sempre que é preciso, para que os filhinhos sejam formados na verdade e na retidão do evangelho.

Leia o trecho em I Ts 2, 1-12

Na Bíblia cnbb página 1454

Título: O ministério de Paulo em Tessalônica

Ordem

1Ts 2, 11-12

“Sabeis também que como um pai faz com seus filhos, nós exortamos e encorajamos todos e a cada um de vós a que leveis uma vida digna de Deus, que vos chama para o seu reino de glória.”

Qual a mensagem de Deus para mim hoje?

Há um exemplo a ser seguido: Jesus! E um Jesus que eu posso ver e tocar nos santos que se assemelham e ele por sua vida e morte. Eles traçaram o reto caminho da salvação e sabem muito bem como chegar lá. Imitá-los é a referência que preciso.

Como posso por isso em prática?

Sendo fiel ao meu caminho de santidade proposto pelo carisma que abracei na minha consagração: o carisma Canção Nova. Imitando as virtudes dos santos de devoção.