Atos dos Apóstolos > Leitura #459

Estevão, o primeiro mártir

O testemunho da fé cristã tem um auge… o martírio! Não se chega a ele sem um testemunho de vida antecedente. Estevão, o primeiro mártir, ensina o caminho.

“Não conseguiam, porém, resistir à sabedoria e ao Espírito com que ele falava. Subornaram então uns indivíduos, que disseram: Ouvimos este homem falar blasfêmias contra Moisés e contra Deus.” 

Só há um jeito de combater um ungido de Deus: mentindo! E não somente mentindo, mas também amotinando com falsas testemunhas a fim de superar pela pressão, gritos e revoltas a palavra da verdade que resga seus corações.

De fato, vamos acompanhar nos próximos estudos no capítulo 7 dos atos dos Apóstolos o grande discurso de Estevão que se tornou tão insuportável aos ouvidos dos seus acusadores que estes tapavam os ouvidos e gritavam descompassadamente irados com a sua palavra e a sua presença.

Percebamos em nossa vida onde está a semente de Estevão e onde está a semente dos “Libertos”*. A palavra de Deus é verdade, unção, caridade. A palavra dos “Libertos” é revolta, inveja, mentira, motim.

*Libertos: Judeus de uma determinada sinagoga que por sua característica particular, eram chamados assim.

Leia o trecho em At 6, 7-15

Na Bíblia cnbb página 1349-1350

Título: Prisão de Estevão

Não há o que anotar.

Qual a mensagem de Deus para mim hoje?

Quando uma pessoa está cheia do Espírito Santo, suas palavras são como a palavra de Deus, cheias de verdade e revelam com sua luz o que está escondido na escuridão, dissipando o mal e revelando assim a bondade de Deus.

Como posso pôr isso em prática?

Pedir a graça da unção do Espírito Santo sobre minha vida, minhas palavras e atitudes, a fim de que eu seja parecido com Estevão em seu testemunho.