Evangelho de São Marcos > Leitura #137

Providência de Deus ou previdência humana?

Providência de Deus ou previdência humana? Essa escolha é determinante para uma fé autêntica e saudável. Quem é de Deus, depende de Deus.

 

Créditos: mixetto

Atenção! Cuidado com o fermento dos fariseus e com o fermento de Herodes”.

A preocupação com os pães… E o viver da providência fica ofuscado pelo viver da previdência! Depois de duas multiplicações de pães em que não se tinha praticamente nada e sobraram doze cestos depois de alimentar milhares de pessoas, os discípulos se preocupam por terem esquecido pão.

Jesus diz: “Porque discutis pelo fato de não terdes pães? Ainda não entendeis nem compreendeis? Vosso coração continua incapaz de compreender?”

Não é a dependência de Deus pelo que ele pode dar, mas pelo que ele é, e sendo, realiza todas as coisas em sua bondade e seu amor por nós. Porque se preocupar com os pães depois de tudo o que aconteceu? Ali está o Senhor daqueles milagres todos: Jesus.

Em Mateus 6, 24-34, Jesus dá o ensinamento sobre essa dependência de Deus tão necessária, tão indispensável, para que as nossas vãs preocupações sejam dispensáveis.

Leia o trecho em Mc 8, 14-21

Na Bíblia cnbb página 1252

Título: O fermento dos Fariseus e de Herodes

Ordens

Mc 8, 15

Jesus os advertia dizendo: Atenção! Cuidado com o fermento dos fariseus e com o fermento de Herodes.”

Qual a mensagem de Deus para mim Hoje?

Deus me deu como lema de matrimônio esta palavra de Mateus 6, 24-34, cabe a mim (eu e minha família), vivê-la para ser testemunho da ação poderosa de providência divina para os meus irmãos. E Deus tem agido, apesar do meu demérito.

Como posso pôr isso em prática?

Em primeiro lugar, não me preocupar e viver o que a palavra diz: Ocupar-me com o reino de Deus, fazer planos para ele ajudando Deus na sua difusão e implantação nos corações. Em uma palavra: Evangelização. Das coisas vou cuidando como Deus me orientar.