Em Barcelona, na Espanha o imperador Diocleciano decretou uma sangrenta perseguição aos cristãos.

Santa Eulália se recusou a renunciar ao cristianismo, por este motivo foi submetida a várias torturas, entre elas, colocando-a em um barril com vidros e depois de empurada, desceu uma ladeira rolando.

Após cortarem os seus seios, finalmente foi decapitada.

Sua morte foi no dia 12 de fevereiro de 303 e sua beatificação em 633.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *