Neste artigo iremos mostrar o que é realizado numa peregrinação. As visitas que são realizadas, o trabalho dos guias, enfim algumas curiosidades e perguntas que surgem ao receber o roteiro.

Um guia da Obra de Maria estará fazendo o nosso embarque e acompanhará todos os peregrinos do grupo durante toda a viagem.

Assim que fechamos uma peregrinação à Terra Santa, recebemos um roteiro com datas e lugares a serem visitados.

Nele encontramos o nome do sacerdote, diretor espiritual e os hotéis que ficaremos hospedados.

Roteiro de viagem internacional

 

Quando recebemos um roteiro de peregrinação imaginamos como será a nossa viagem.

Ao chegar em Tel-Aviv somos recepcionados pelo guia local que nos conduzirá ao hotel.

Saindo do aeroporto seguimos para Nazaré onde deixamos os pertences e descansamos.

As visitas iniciam após o café da manhã, a guia local nos conduz para fazer as visitas aos santuários e lugares santos.

O primeiro lugar a ser visitado é o Monte Tabor, o monte da transfiguração. Logo seguimos para a Basílica da Anunciação, visitamos a gruta onde Maria recebeu o anúncio do Anjo Gabriel e visita a casa da Sagrada Família.

Neste local geralmente, celebramos a Santa Missa.

Paramos para almoçar com todo o grupo de peregrinos e os diretores espirituais, conversando vamos descansando do passeio.

A tarde, a visita é feita em Caná da Galileia, onde o sacerdote faz a renovação das promessas do matrimônio.

Próximo a Igreja passamos em uma loja onde temos oportunidade de comprar algumas lembranças em especial o vinho de Caná.

No final da tarde retornamos para o hotel e lá vamos tomar um banho, jantar e descansar para o próximo dia.

 

No dia seguinte, acordamos cedo. O horário é marcado pela guia turística.

Partimos para Cafarnaum, onde possivelmente celebramos a santa missa, depois vamos a Tabgha, onde aconteceu a multiplicação dos pães.

Fazemos um passeio de barco sobre as águas do Mar da Galileia, ali contemplamos a sua beleza, a guia nos dá os ensinamentos e o dono do barco coloca uma música para dançarmos e louvarmos a Deus.

Depois vamos conhecer o Monte das Bem Aventuranças, um lugar lindo.

Paramos para almoçar e experimentamos o peixe de Pedro, uma delícia da culinária local. Depois visitando o Rio Jordão renovamos as promessas do batismo.

Novamente retornamos para o hotel.

 

Terceiro dia, a guia nos orienta a levar uma toalha e roupa de banho porque vamos entrar no Mar Morto, nas águas flutuantes.

Em Jericó avistamos o Monte das Tentações e o Sicômoro de Zaqueu. Uma parada para almoçar e fazer umas comprinhas dos produtos do Mar Morto.

A tarde seguimos para visitar Bethânia, a cidade de Lázaro, de Marta e Maria (Jo 11). Logo após, saída para o hotel em Belém.  Aqui celebramos a Santa Missa.

 

Estas visitas são realizadas na Galileia e após o seu termino seguimos para Belém, onde ficamos hospedados.

 

Saindo do hotel em Belém, seguimos para a Basílica da Natividade, passamos para conhecer o local do nascimento de Jesus.

Depois vamos para o Campo dos Pastores, local onde brilhou a estrela avisando sobre o nascimento do menino Jesus. Aqui realizamos a Santa Missa.

Após o almoço seguimos para Jerusalém a visita é realizada em Ein-Karen, local onde Maria cantou o Magnificat (Lc 1,46-55).

Retornamos ao hotel em Belém onde ficaremos hospedados até o final da peregrinação.

 

Pela manhã visitaremos em Jerusalém o Monte das Oliveiras, a Igreja de Pater Noster e a Basílica da Agonia. Após o almoço, nos reunimos no Cenáculo para um momento de oração do batismo e dons do Espírito Santo. Depois vamos a Igreja da Dormição de Maria e Igreja de São Pedro onde o galo cantou (Mc 1,13). Retorno ao hotel em Belém.

 

Durante os dias de peregrinação almoçamos em diversos restaurantes, para conhecermos a culinária local. Os restaurantes ficam a caminho de um lugar a outro que visitamos.

 

Neste novo dia em Jerusalém, iniciamos a nossa peregrinação com a Via Sacra, percorrendo as cidadelas e ruas rezando e cantando. Conhecendo a Capela da Flagelação e da Condenação.

Chegamos ao Santo Sepulcro para a celebração da Santa Missa. Ali encontramos também a pedra da unção, a Capela de Adão e o local da crucifixão de Jesus.

Passando pelos mesmos lugares onde Jesus levando a sua cruz, morre para nos salvar. Entramos no local onde Jesus foi depositado e ressuscita.

Após o almoço a nossa última visita é ao Muro das Lamentações e Feira Árabe, onde temos um momento reservado para comprarmos lembrancinhas.

 

No último dia, dependendo do horário celebramos a santa missa no hotel ou em Emaús e dali partimos para o aeroporto.

Foi em Emaús que os discípulos reconheceram Jesus ao partir o pão.

 

A partir do aeroporto de Israel até o Brasil, o guia da Obra de Maria permanece com o grupo, conduzindo e acompanhando. Já o guia local ficará na Terra Santa aguardando o próximo grupo.

Estes guias são ótimos para orientar, dar dicas de como e o que é colocado nas malas.

Eles dão este suporte aos peregrinos até o desembarque no Brasil.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *