Igreja de Batfagé - onde Jesus foi a Jerusalém montado em um jumentinho

Igreja de Batfagé – onde Jesus foi a Jerusalém montado em um jumentinho

Bethânia é uma aldeia que pertence a Judeia, significa lugar dos figos verdes ou casa dos pobres, casa de Lázaro, Marta e Maria.

No final de sua vida pública, Jesus estava morando em Bethânia e passava por Betfagé para ir à Jerusalém.

Betfagé é uma estrada a caminho de Bethânia, próximo ao monte das Oliveiras.

Era páscoa e Jesus mandou dois de seus discípulos a Betfagé para trazerem um jumentinho.

Jesus e seus discípulos aproximavam-se de Jerusalém e chegaram aos arredores de Betfagé e de Bethânia, perto do monte das Oliveiras. Desse lugar Jesus enviou dois dos seus discípulos, dizendo-lhes: “Ide à aldeia que está defronte de vós e, logo ao entrardes nela, achareis preso um jumentinho, em que não montou ainda homem algum; desprende-o e traze-mo. E se alguém vos perguntar: Que fazeis? dizei: O Senhor precisa dele, mas daqui a pouco o devolverá.” Mc 11,1-3

Comemoramos nesta Igreja a entrada de Jesus em Jerusalém, era um momento de alegria para os discípulos e toda a multidão onde proclamavam – Hosana ao Rei!

Jesus entrava em Jerusalém como Rei montado em um jumentinho, assim se confirmou a profecia – A maior motivação para montar em um jumentinho era para expressar a marca de Jesus, a humildade.

Quando o Rei Davi estava para morrer e ele deu uma ordem a Salomão para que fosse levado a Gihon para ser ungido, montado em sua própria mula – I Reis 1,33.

E assim cumpria a profecia do antigo testamento.