rezarféSenhor, creio em Ti. Eu quero crer em Ti.

Senhor, faze que minha fé seja plena, sem reservas e que penetre em minha inteligência e em meu modo de julgar as realidades divinas e humanas.

Senhor, faze que minha fé seja livre, isto é, que tenha a minha adesão pessoal, aceite as renúncias e os deveres que ela impõe e seja a última instância decisiva de minha pessoa. Creio em Ti, Senhor. More »

chuva-nas-flores_6406_1600x1200Irmãos e Irmãs, estamos vivendo uma das piores secas da história do país; nunca eu tinha visto algo igual em minha vida. Peçamos a Deus perdão dos nossos pecados e oremos pedindo a chuva que vem do céu. More »

Antes de explicar o que são as indulgências, vamos mostrar que a Igreja ensina esta doutrina sem hesitação.

O Catecismo da Igreja (CIC)* afirma que: “Pelas indulgências, os fiéis podem obter para si mesmos e também para as almas do Purgatório, a remissão das penas temporais, sequelas dos pecados.” (§1498)
O Papa Paulo VI (1963-1978), na Constituição Apostólica Doutrina das Indulgências (DI), ensina com clareza toda a verdade sobre esta matéria. Continue lendo…

Uma coisa que muitos católicos não sabem – e por isso não cumprem – é que existem os “Cinco Mandamentos da Igreja”, além dos Dez Mandamentos. Eles não foram revogados pela Igreja com o novo Catecismo de João Paulo II (1992). É preciso entender que Mandamento é algo obrigatório para todos os católicos, diferente de recomendações, conselhos, etc. Cristo deu poderes à Sua Igreja para estabelecer normas para a salvação do povo. Ele disse aos Apóstolos: “Quem vos ouve a mim ouve, quem vos rejeita a mim rejeita, e quem me rejeita, rejeita Aquele que me enviou” (Lc 10,16). “Em verdade, tudo o que ligardes sobre a terra, será ligado no Céu, e tudo o que desligardes sobre a terra, será também desligado no Céu.” (Mt 18,18) Então, a Igreja legisla com o “poder de Cristo”, e quem não a obedece, não obedece a Cristo, e em consequência, ao Pai. Continue lendo…

Por causa dos meios de comunicação modernos (rádio, televisão, jornal, internet, etc., ) o mundo vai ficando “cada vez mais pequeno”; isto é, cada vez mais rápido as noticias são transmitidas quase simultaneamente a todas as partes do planeta. É uma grande e bela conquista do homem com a inteligência que Deus lhe deu. Com todas essas descobertas o homem moderno louva e engrandece o seu Criador, pois foi Dele que recebeu este dom extraordinário.

A Igreja nada tem contra a técnica; ao contrário, faz uso pleno dela; apenas reprova o seu mau uso, quando é colocada a serviço da maldade, da perversão sexual, da violência, da exploração dos simples, ou da propagação de ideologias contrárias à moral e à dignidade do homem. Continue lendo…