Não aceitemos uma fé morna nem sejamos meros adoradores

Você que ama a Igreja, ama obedecer a Deus e viver em obediência aos mandamentos, e em obediência a Santa Mãe Igreja? Faça sempre em modo que a sua vida seja o mais possivel unida ao Espírito Santo, sem deixar brexas para que o outro…, outros ou até mesmo você, possam interferir, pois o Espírito Santo faz novas todas as coisas, e o faz novo a cada instante se o deixar.

Invoque-o sempre e seja um guerriero! Um guerreiro para lutar contra estes tres inimigos, quando eles se apresentarem. Somente “ousando” no caminho da perfeição, em vista da santidade por meio da ajuda do Espirito, é que você pode chegar lá. Coragem!

Outrossim, o Espírito vem em auxílio à nossa fraqueza; porque não sabemos o que devemos pedir, nem orar como convém, mas o Espírito mesmo intercede por nós com gemidos inefáveis” (Romanos 8,26).

Não faça de sua vida de fé um sonho irrealizável, nem ame o que é de Deus somente com o sentimento, pois este, náo o ajuda bem, a chegar onde você tanto quer: o Céu!

“Porque assim diz o Senhor: Este povo se aproxima de mim, e com a sua boca, e com os seus lábios me honra, mas o seu coração está longe de mim” (Isaias 29,13).

“Viva”, “realize” a sua fé, clame todos os dias o Espirito Santo: em seu viver, em seu falar, em seu andar, em seu vestir, em olhar, em seu pensar, em seu relacionar-se com as pessoas, sem julga-las, em sua generosidade, em sua misericórdia, em suas orações, em sua compreensão e assim por diante.
Para isso, precisa dedicar se o faz ainda só na vontade e não o realiza, algum tempo do seu dia antes que este termine. Escolha uma hora em sua casa mesmo, se não for possivel estar diante do Senhor, para adora-lo, para clamar o Espirito Santo, para louvar, e para escutar sua Palavra, tendo-a ali juntinho de você.

Não fique só na vontade, nem ame a Deus só de palavra e de vontade. Lute contra o seu golias e viva de fé, viva à presença do Espirito Santo.

O Senhor te abençoe e te guarde,
Padre Antonio Lima.

 

A covardia do ego fecha sempre os caminhos da paz interior

Jesus disse: “Vos deixo a paz, vos dos a minha paz, não como aquela que o mundo oferece eu vos dou, não seja perturbado vosssos corações e não se amedrontem” (Jo 14,27).

A paz da alma é um tesoro inestimável sempre mais raro entre os homens e mulheres modernos, o mundo no qual se vive hoje tornou-se artificial, disarmonioso, superficial, materialista, consumista, egoista.

É o mundo do “aparecer” e não mais do “ser”, da pressa e não da espera tenaz e paciente, do successo imediato e obitido, sacrificando o correto e a honestidade…

A paz da alma é uma arte espiritual a ser ainda conhecida.

A beberei e a saborearei até o fim, e nunca me completará porque esta é infinita; é graça divina, não alcansada facilmente pelo homem “material”, “mundano”, leigo ou religioso que seja.
Percebo sempre mais o “no sense” intenso, do vazio, do absurdo e do interesse puramente humano e pessoal presentes na prioridade de tantos irmãos e irmãs. A paz não passa por aqui! encontre-a e encha-se de paz e bem.

Não carreguem nos ombros, frustrações, angustias, ansias, nervosismos, depressões… estes, estão sempre mais em aumento. A solução esiste: ir a Deus ou voltar a Deus, fazendo do Filho Jesus a fonte da paz da propria alma, que ao fim encontra-se com a paz e com o Bem. O contrario é falta de Deus.

O Senhor te abençoe e te guarde,
Seu Irmao, Padre Antonio Lima.

Resistir em Deus na hora da provação

Foram essas as palavras de Jesus em um dos tantos dias de convivência com os Apóstolos.
O que contradiz a fé e a coloca em contraposição não é tanto a incredulidade mas o medo. “Porque são assim tão medrosos?” Porque não vivem de fé?”

Crer e ter fé, na linguagem biblica denota a idea da segurança, da solidez, da estabilidade e da firmeza. Em outras palavras, seria o apoiar-se em alguém de quem sentir-se seguros. A fé é uma realidade que provém de Deus, é força para resistir na hora da provação.

Quem crê de verdade não teme, na hora de amedrontar-se, confia, pois é certo de que NADA o separará do amor de Cristo.

Homens de pouca fé, porque têm assim tanto medo? E levantandose, repreendeu o vento e as ondas; a tempestade abrandou e tudo ficou calmo!” (Mt 8,26-29).

Mesmo diante do mal, da morte, e da desgraça, que chegam, nao teme o homem e a mulher de fé e enfrenta! e vence! E’ hora de nos convencemos que a fé não é um “crer a” mas um por toda a nossa confiança em uma pessoa: Jesus.

O que significa para voce confiar em Deus? Qual é o medo que o domina, que domina a sua vida e que quase a paralisa?

O Senhor te abençoe e te guarde,
Padre Antonio Lima.

O projeto divino de nossa salvação

Este projeto divino nos ensina que a salvação é um ver, um escutar e um toccar a Palavra da vida (1 jo 1,1-3).

E un reconhecer o Senhor resuscitado eternamente vivo, o Messias e Senhor que introduz o homem na experiencia de Deus Pai, Filho e Espirito Santo.

O Antigo e Primeiro Testamento nos apresenta momentos e aspéctos da revelelação , nos chama a ter confiança, a confiar e a esperar na salvação. Esperar, como um tempo de esperança, naquela confiança que o Senhor mantém sua aliança de amor.

As dificuldades e sacrificios da vida aqui na terra, precisam ser inseridos neste projeto divino de sua aliança eterna. pela qual o homem se realizza quando glonfica ncondiciionalmente a Deus no que Ele fala e diz.

“Eu sou o Senhor teu Deus, fora de mim não existe salvação” (Is 43,43,11).

Esta espera confiante nos é apresentada e é quasi encarnada, nas pressoas que aparecem desde o inizio do Primeiro Testamento.
Deus age no mundo suscitando eventos e propostas novas, neutralizzando o mal e mostrando sempre mais a sua vontade e sua salvação.

São todos estes o motivo do nosso louvor, e da nossa fidelidade ao Senhor, vivendo nós por primeiro, dentro desta aliança. Somente assim, seremos um sinal de aliança nova, da Nova Aliança, que pode fazer de nós, testemunhas do Senhor Deus na terra.

O Senhor te abençoe e te guarde,

Padre Antonio Lima.

A esperiência renovadora do primeiro amor

Voltar à esperiência do primeiro amor significa redescobrir definitivamente Jesus Cristo e sua importãncia para a nossa vida. Como? Deixar-se envolver mais uma vez de sua pessoa. Não existe nada de mais simples do que isso e ao mesmo tempo exigente.

Recomeçar em Cristo é re-encontrar aquile primeiro amor que um dia nos fez apaixonar por ele, pela igreja, pelo poder da oração, por nossa Comunidade de oração e por ai vai. Lembra?

Em outras palavras, lembre aquela “faisca” inspiradora, de onde iniciou o seu seguimento de Jesus.

Pois, é de Deus a primazia do amor. Seguir os passos do Filho é semente um corresponder com amor ao amor infinito do Pai. Se voce o ama e se um dia se apaixonou por Jesus é por que ele antes lhe amou infinitamente por primeiro (1Jo 4,10,19).

O ponto de partita será sempre a propria pessoa de Jesus, e para que seja madura e cosciente e nunca mais inocente… o recomeço não deve dar espaço a subterfúgios nel concessões.

Não se tratta de imitar semente a Cristo, ben sim, de uma “identificação profunda com ele, partindo do amor (caridade), da perseverança e da humildade viscerais, que preenchem todos os espaços do nosso viver de todos os dias, desde quando acordamos à alba do primeiro brillo do sol.

O Senhor te abençoe e te guarde,
Padre Antonio Lima.

Escolher amar a Deus e nunca a si próprio e aos próprios pensamentos, sentimentos, conclusões e desconfianças negativas: tudo isto faz parte da vaidade do pecado.

O desejo de Deus é um sentimento inscrito no coração do homem, porque o homem foi criado por Deus e para Deus. Deus não cessa de atrair o homem para Si e só em Deus é que o homem encontra a verdade e a felicidade que procura sem descanso:

«A razão mais sublime da dignidade humana consiste na sua vocação à comunhão com Deus. Desde o começo da sua existência, o homem é convidado a dialogar com Deus: pois se existe, é só porque, criado por Deus por amor, é por Ele, e por amor, constantemente conservado: nem pode viver plenamente segundo a verdade, se não reconhecer livremente esse amor e não se entregar ao seu Criador».

De muitos modos, na sua história e até hoje, os homens exprimiram a sua busca de Deus em crenças e comportamentos religiosos (orações, sacrifícios, cultos, meditações, etc.). Apesar das ambiguidades de que podem enfermar, estas formas de expressão são tão universais que bem podemos chamar ao homem um ser religioso:

Deus «criou de um só homem todo o género humano, para habitar sobre a superfície da terra, e fixou períodos determinados e os limites da sua habitação, para que os homens procurassem a Deus e se esforçassem realmente por O atingir e encontrar. Na verdade, Ele não está longe de cada um de nós. É n’Ele que vivemos, nos movemos e existimos» .

Fonte: Catecismo da Igreja Catolica,27-29.

http://www.vatican.va/archive/cathechism_po/index_new/p1s1c1_26-49_po.html

O Senhor te abençoe e te guarde,

Padre Antonio Lima.

Que Jesus nasça e renasça em nós, em nossas vidas!

UM SANTO NATAL!

Agradeço a Deus que, por mais um ano nos dá a oportunidade de desejarmos esta saudação uns aos outros: Um Santo Natal!

Para nôs isto quer dizer: que Jesus nasça e renasça sempre dentro de nós, em nossos corações, nas nossas casas, entre nós, nas nossas comunidades. È maravilhoso pensar nisto e mais ainda saper que é de verdade assim: Jesus vem, mesmo se não temos qualidades para recebe-lo, piores do que a o abrigo dos animais onde ele nasceu, mesmo se frios piores que o mais duro inverno.

Mas é justamente por isso que jesus vem, atraido por nossas misérias e sofrimentos. E Ele traz consigo o céu, o paraiso, a sua paz! Seguindo-o, entro em sua casa, para te abraçar, para te dar certeza que vivo aquilo que voces vivem e compartilho cada uma das situações e sentimentos.

Obrigado por aquilo que voces representam para mim e para a minha vida. Somente no céu poderei plenamente na graça de Deus agradecer a todos adequadamente. Voces estão presentes em minhas simples orações todos os dias no ato de oferecimento.

Mais uma vez, um Santo Natal e que Jesus esteja sempre no meio de nós!

O Senhor te abençoe e te guarde,

Padre Antonio Lima.

 

Despertemos para a vinda do Senhor, uma linda reflexão de Mons. Jonas abib

Hoje, infelizmente, a corrupção, a imoralidade e a depravação na terra são tremendas. A impiedade é justamente essa negação de fé, é uma rebeldia e um afastamento de Deus. Ela tem suas consequências na maldade, mas não é culpa nossa, é o clima que nos envolve, é como a poluição das grandes cidades que diminuem o oxigênio do ar. Estamos vivendo um clima de poluição espiritual.

O mundo está na poluição da impiedade, mas o Senhor está nos alertando de que a noite já vai adiantada. No entanto, graças a Deus, o dia já vem chegando. Não caia nessa de ficar com medo da vinda do Senhor, pois Ele virá para nos arrancar dessa situação.

Jesus disse que a vinda do Filho do Homem se dará como nos dias Noé, ou seja, os homens viviam uma vida normal, casavam-se e davam-se em casamento até o dia em que Noé entrou na Arca e veio o dilúvio.

Você precisa proclamar que Deus constituiu a sua casa como a Arca da Salvação para todos os da sua família e Ele viu que somente Noé foi considerado justo. Não que ele era o “certinho”, mas Noé era justo, porque temia e obedecia ao Senhor. Por isso, ele foi salvo com toda a sua família. É Deus dizendo que você, homem ou mulher, adulto ou jovem, é o instrumento que Ele escolheu para ser a salvação da sua família.

Até você, que é jovem e diz que seus pais não querem saber de nada, nem mesmo os seus irmãos, Deus o escolheu como escolheu Noé. Se você for obediente como Noé foi, você vai ser instrumento de salvação para todos da sua família, porque o Senhor não quer salvar somente você, mas todos. Só não será salvo quem realmente não quiser. Você foi essa pessoa escolhida para ser, quem sabe, o único Noé da sua casa.

O que Noé tinha para esperar do mundo na época dele? Nós também não temos mais o que esperar deste mundo que só aplaude a imoralidade, a depravação e a maldade. Não temos mais nada a esperar até que o Senhor venha e lave a face da Terra. (Mons Jonas Abib)

O Senhor te abençoe e te guarde,

Padre Antonio Lima.