A misericórdia de Deus è sua clemência

Quem usa de misericórdia, seu tratamento sempre de compaixão, de profundo amor que o induz à ajuda e ao perdão dos que o ofendem.

È a atitude do coracão clemente. È a atitude de Deus!

As atitudes concretas que são sinônimo de misericórdia são a caridade, a comiseração, o chorar junto a alguem, a compaixão, a piedade, a benignidade, a clemência, a graça, a indulgência, a mansidão, a tolerância.

Na Palavra de Deus, a misericórdia soa assim com seus sinônimos, onde a clemência de Deus para com os seus, se demonstra na paciência. Deus nos oferece sempre um tempo durante o qual possamos examinar a vida e reconhecer, através da graça, o que devemos fazer para mudar e nos conformar ao Seu Filho Jesus, aplicando-nos para salvar-nos das garras de satanas.

Em outras palavras, a misericórdia de Deus consiste no tempo que o Senhor nos da para entender quais pecados fizemos, nos arrepender e converter-nos.

A Palavra de Deus è rica, nos mostra este verdadeiro conceito da sua misericórdia.

“Reconhece, pois, que o Senhor, teu Deus, é verdadeiramente Deus, um Deus fiel, que guarda a sua aliança e a sua misericórdia até a milésima geração para com aqueles que o amam e observam os seus mandamentos”. (Deusteronômio 7,9).

“Ide e aprendei o que significam estas palavras: Eu quero a misericórdia e não o sacrifício”. (Oseias 6,6).

“Eu não vim chamar os justos, mas os pecadores”. (Mateus 9,13).

“Sua misericórdia se estende, de geração em geração, sobre os que o temem”. (Lucas 1,50).

E muitissimas outras passagens da palavra de Deus.

A misericórdia de Deus è sempre concessa a quem o ama e estão dispostos a “mudar” através do arrependimento e a observância de sua lei.

Se muda um pouco por vez portanto, enquanto Deus, nos mostra a sua misericórdia e sua graça: o nosso caminho com Ele è uma experiência que dura para toda a vida, portanto, também além da morte.

Para mudar precisa tempo, nada acontece de um dia para o outro, mas Deus mantém suas promessas e a sua misericórdia é um dom disponivel sempre para quem o quer, e o ama de coração sincero, desejando mudar e conformar-se a Jesus e que pacientemente se aplica para a propria salvação no cotidiano, através de um exercicio continuo para a propria santificação.

O Senhor te abençoe e te guarde,

Padre Antonio Lima.

 

Tempo de Advento: Quem vos recebe a mim recebe (Mt 10,40)

Vivemos este tempo de advento com todas as dificuldades que estamos passando neste exato momento, onde a humanidade se prostrou e está prostrada diante de uma pandemia que parece não ter fim.

Diante desta situação mortal mundial onde o homem e a ciência revelaram-se impotentes, não podemos esquecer da preciosidade deste tempo maravilhoso a viver-se, por conta do que estamos passando, com mais intensidade do que nunca.

Antes de tudo, invocando todos os santos dias o Espirito Santo de Deus sobre nós, sobre a humanidade inteira para que diante do momento presente que vivemos, “seja feita a vossa vontade”… como oramos no Pai Nosso e, acolher a Jesus.

Acolher a Jesus que como todos os anos, o festejamos, festejamos seu aniversário e fazendo-o, lhe dizemos que o acolhemos em nós, em nossa vida, em nossa história, em nossas histórias de vida e deixamos assim, que ele reine sobre o que e seu, e seus, somos nós!

Acolher a Jesus, e invocar o Espirito Santo sobre toda a humanidade necessitada neste momento, são duas faces de uma mesma medalha, digamos assim, pois, somente acolhendo a Jesus como o Senhor de nossa história, podemos invocar o Espirito Santo.

Acolhemos Jesus. Queremos acolher a Jesus. O dizemos e dizemos ainda que queremos manter palavra. Concretamente esta acolhida de Jesus em nossa vida, passa através do amor, passa através da caridade para com o nosso próximo, principalmente aqueles que em torno a nós, são mais necessitados materialmente ou espiritualmente. Assim, somos chamados pelo mesmo Senhor Jesus e pelo Espirito Santo a acolher. Acolher a todos, amar a todos, principalmente os ultimos. Assim também o louvamos nao somente com nossos lábios, mas também com a nossa vida. Elevamos um verdadeiro canto de louvor ao céu.

Quem vos recebe a mim recebe: se eu recebo em minha casa, em minha vida, o meu próximo, estou então recebendo a Jesus!

Se deixo que meu próximo aproxime-se de mim, e antes de querer ser servido por ele, o sirvo, assim, estou acolhendo, recebendo,louvando eme spirito e em verdade e amando o próprio Senhor.

Este é concretamente o grande sentido da acolhida do menino Jesus no Santo Natal.

È assim, que nos preparamos neste período de espera e de esperança.

Que o Senhor Jesus portanto, que nos dá a graça, que te dá a graça de fazer de sua palavra, vida em ti, o saibamos acolher e corajosamente obedecer com toda a nossa alma. Para isto è necessário, fazer um grande esforço para sermos sensiveis espiritualmente, porque somente a alma sensivel, percebe, intui, o toque de Deus que chama ao amor e à verdadeira acolhida do seu Filho.

O Senhor te abençoe e te guarde,

Padre Antonio Lima.