Novena Nossa Senhora Auxiliadora 8º dia

Oitavo Dia:

Maria, a mulher que intercede por nós a Jesus!

Acompanhe pelo nosso canal pelo IGTV

Comentário Inicial
Neste oitavo dia de nossa novena em honra de Nossa Senhora Auxiliadora, somos convidados a ir com Jesus e Maria até a cidade de Caná e a abrir as portas do nosso coração para que Jesus realize o milagre de fazer o que ele nos mandar, principalmente de sempre acreditar no projeto de Deus e que seremos recompensados com um vinho novo e de melhor sabor. Como Maria, que Deus nos dê a graça de sermos capazes de salvar a comunidade, a família e a Igreja de qualquer constrangimento, carência ou necessidade.

Acolhida
P: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
T: Amém.
P: A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam sempre convosco!
T: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
P: Invoquemos as luzes do Espírito Santo sobre a nossa novena: 

Oração do Oitavo Dia da Novena

P: Rezemos a oração deste oitavo dia de nossa novena:
T: Ó Maria, coluna espiritual da Igreja e socorro dos cristãos e da humanidade, nós vos pedimos que nos mantenhais estáveis na divina fé e que conserveis a nossa liberdade de filhos de Deus. Quanto a nós, prometemos não manchar nem vincular a nossa alma com o pecado e não participar de qualquer sociedade que aja contra a nossa Igreja. Também vos prometemos obedecer ao Sumo Pontífice e aos bispos que estão em comunhão com ele, querendo viver e morrer no seio da religião católica, na qual somente podemos esperar com certeza de que alcançaremos a nossa salvação eterna. Ó poderoso auxílio dos cristãos e da humanidade, pedimos que leveis a nossa oração ao Pai e ao vosso Filho Jesus Cristo, que vivem e reinam na unidade do Espírito Santo. Amém.

Evangelho

P: Preparemos os nossos corações para ouvir o Evangelho.
L: Leitura do Evangelho de Jesus Cristo segundo João
T: Glória a vós, Senhor!
L: 2,1 No terceiro dia, houve uma festa de casamento em Caná da Galileia, e a mãe de Jesus estava aí. 2 Jesus também tinha sido convidado para essa festa de casamento, junto com seus discípulos. 3 Faltou vinho e a mãe de Jesus lhe disse: “Eles não têm mais vinho!”. 4 Jesus respondeu: “Mulher, que existe entre nós? Minha hora ainda não chegou”. 5 A mãe de Jesus disse aos que estavam servindo: “Façam o que ele mandar.” 6 Havia aí seis potes de pedra de uns cem litros cada um, que serviam para os ritos de purificação dos judeus. 7 Jesus disse aos que serviam: “Encham de água esses potes”. Eles encheram os potes até a boca. 8 Depois Jesus disse: “Agora tirem e levem ao mestre-sala”. Então levaram ao mestre-sala. 9 Este provou a água transformada em vinho, sem saber de onde vinha. Os que serviam estavam sabendo, pois foram eles que tiraram a água. Então o mestre-sala chamou o noivo 10 e disse: “Todos servem primeiro o vinho bom e, quando os convidados estão bêbados, servem o pior. Você, porém, guardou o vinho bom até agora.” 11 Foi assim, em Caná da Galileia, que Jesus começou seus sinais. Ele manifestou a sua glória, e seus discípulos acreditaram
nele. Palavra da salvação.
T: Glória a vós, Senhor!

Maria na vida de Dom Bosco

P: Ouçamos, neste momento, um fato da vida de Dom Bosco:
L: Dom Bosco dizia aos salesianos e aos seus jovens: Quantas graças Maria Auxiliadora tem preparadas, ansiosa que alguém as peça! Lembrem-se, ó caros filhos, que a Virgem reservou todas as graças necessárias para as almas de cada um de nós, para a nossa alma, para o nosso corpo, para os nossos pais, parentes e amigos. Para no-las dar, ela espera somente que as peçamos. Se, portanto, ela as tem preparadas, se está pronta para concedê-las a quem as pede, com que devoção nós não devemos pedir-lhe. Por isso, se nós nos recomendarmos de coração a ela, ela estará sempre pronta para nos ajudar, porque nós somos, de modo especial, seus filhos. Sirvamo-nos, pois, da boa ocasião deste seu mês… para nos recomendarmos à Bem-Aventurada Virgem Auxiliadora. Ela defenda vocês de todos os perigos da vida. Ela guie vocês para a meta à qual tende todo o esforço de cada um. Cada um de vocês faça bons propósitos, procure colocá-los em prática e o Senhor e Maria Santíssima os ajudarão a sair ilesos das ocasiões de pecado.

Invocações a Nossa Senhora Auxiliadora

P: Invoquemos a Maria, poderoso auxílio do povo cristão e da humanidade, pela nossa Igreja, para que seja anunciadora do Reino de Deus no mundo.
T: Pai Nosso… Ave Maria… Salve Rainha…
P: Graças e louvores sejam dados a todo o momento,
T: Ao Santíssimo e diviníssimo sacramento.
P: Maria Auxiliadora dos Cristãos e da Humanidade,
T: Rogai por nós!
P: Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
T: Como era no princípio, agora e sempre. Amém.
P: Invoquemos a Maria, poderoso auxílio do povo cristão e da humanidade,
para que em nossas famílias haja diálogo, paz e perdão e que todos possam gozar sempre de boa saúde de alma e de corpo.
T: Pai Nosso… Ave Maria… Salve Rainha…
P: Graças e louvores sejam dados a todo o momento,
T: Ao Santíssimo e diviníssimo sacramento.
P: Maria Auxiliadora dos Cristãos e da Humanidade,
T: Rogai por nós!
P: Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
T: Como era no princípio, agora e sempre. Amém.
P: Invoquemos a Maria, poderoso auxílio do povo cristão e da humanidade, pelos nossos jovens, para que sejam construtores de uma sociedade mais humana, mais justa e mais fraterna.
T: Pai Nosso… Ave Maria… Salve Rainha…
P: Graças e louvores sejam dados a todo o momento,
T: Ao Santíssimo e diviníssimo sacramento.
P: Maria Auxiliadora dos Cristãos e da Humanidade,
T: Rogai por nós!
P: Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
T: Como era no princípio, agora e sempre. Amém.
P: Rezemos juntos:
T: Lembrai-vos, ó piedosa Virgem Maria, que jamais se ouviu dizer que aquele que tenha recorrido à vossa proteção, implorando vossa assistência e pedindo o vosso auxílio, tenha sido desamparado. Animado eu por esta confiança, a vós também recorro, ó Mãe, Virgem das Virgens, e, gemendo sob o peso dos meus pecados, atrevo-me a comparecer diante de vossa soberana presença. Ó Mãe de Deus, escutai e acolhei benignamente minhas súplicas. Amém. (Faça seu pedido)
P: Rogai por nós, Maria, consolo dos aflitos, auxílio dos cristãos e mãe da humanidade.
T: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oração a Nossa Senhora Auxiliadora

P: Invoquemos, agora, a proteção de Maria, a Auxiliadora do povo cristão e da humanidade:
T: Ó Santíssima e Imaculada Virgem Maria, Mãe amorosa nossa e poderoso auxílio dos cristãos, nós nos consagramos inteiramente a vós, para que sempre nos conduzais ao Senhor. Nós vos  consagramos nossa mente, com os seus pensamentos, nosso coração, com os seus afetos, nosso corpo, com os seus sentimentos e com todas as suas forças, e prometemos querer sempre trabalhar para a maior glória de Deus e a salvação das almas.
P: Vós, entretanto, ó Virgem incomparável, que sempre fostes a Mãe da Igreja e a Auxiliadora do povo cristão, continuai a vos mostrar assim, em especial neste nosso tempo.
T: Iluminai e fortalecei os nossos bispos e os nossos sacerdotes e conservai-os sempre em unidade com o Papa. Aumentai as vocações sacerdotais e religiosas, a fim de que, também por meio deles, o Reino de Jesus Cristo se conserve entre nós e se estenda por todo o mundo.
P: Nós vos pedimos, ainda, ó dulcíssima Mãe, que mantenhais os vossos olhares amorosos sempre voltados para as crianças e para os jovens, expostos a tantos perigos; para os casais, jovens ou não, em suas dificuldades; para os necessitados, os explorados e os esquecidos da sociedade; e para os pobres pecadores e enfermos.
T: Sede para todos, ó Maria Auxiliadora, refúgio e amparo, Mãe de misericórdia e porta do céu.
Também vos pedimos, ó grande Mãe de Deus, que nos ensineis a imitar as vossas virtudes, em particular a angélica modéstia, a humildade profunda e a ardente caridade.
P: Fazei, ó Maria Auxiliadora, que sintamos o amparo do vosso manto de Mãe. Fazei que nas tentações vos invoquemos com confiança. 
T: Fazei, enfim, que o pensamento de que sois tão boa, tão amável e tão querida, a lembrança do amor que tendes pelos vossos devotos, nos conforte de tal modo que, na vida e na morte, saiamos vitoriosos contra os inimigos de nossa alma, e possamos depois unir-nos convosco no Paraíso. Amém.

Bênção Final

P: A nossa proteção está no nome do Senhor.
T: Que fez o céu e a terra.
P: Ave Maria…
P: À vossa proteção recorremos, ó Santa Mãe de Deus. Não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita. Maria, Auxiliadora dos Cristãos e da  humanidade.
T: Rogai por nós.
P: Ouvi, Senhor, a minha oração.
T: E chegue a vós o meu clamor.
P: O Senhor esteja convosco!
T: Ele está no meio de nós.
P: Oremos: Senhor eterno e onipotente, que, pela intervenção do Espírito Santo, vos dignastes preparar o corpo e a alma da gloriosa Virgem e Mãe Maria para digna morada do vosso Filho, fazei que sejamos livres da morte eterna e dos males que nos rodeiam, pela intercessão daquela cuja invocação nos alegra. Por Cristo, nosso Senhor.
T: Amém.
P: A bênção do Deus de Sara, Abrão e Agar. A bênção do Filho, nascido de Maria. A bênção Espírito Santo de amor, que cuida com carinho, qual mãe cuida da gente, esteja sobre todos vós.
T: Amém.

Acompanhe pelo nosso canal pelo IGTV