Novena Nossa Senhora Auxiliadora 9º e último dia

Nono Dia:
Maria, a mulher que nos é dada por mãe!

Acompanhe também pelo no IGTV

Comentário Inicial
Chegamos ao último dia de nossa novena a Nossa Senhora Auxiliadora. Ao contemplarmos a cena do Calvário, na qual Jesus nos dá a sua Mãe como nossa Mãe, nós somos convidados a levar Maria para nossa casa. Maria ama a cada um de nós como filho e, ao convidarmos Maria para se tornar parte de nossa família, queremos nos colocar debaixo de seu manto para acolher as bênçãos que ela nos concede em nome do seu Filho, Jesus. Mas, sobretudo, sejamos agradecidos a Deus por ter-nos dado Sua Mãe como nossa Mãe! Que ela nos ensine a amar a Deus e, imitando-a no amor por Jesus, que nós aprendamos a ser disponíveis à graça do perdão e da salvação.

Acolhida
P: Em nome do Pai e do Filho e do Espírito Santo.
T: Amém.
P: A graça de Nosso Senhor Jesus Cristo, o amor do Pai e a comunhão do Espírito Santo estejam sempre convosco!
T: Bendito seja Deus que nos reuniu no amor de Cristo!
P: Invoquemos as luzes do Espírito Santo sobre a nossa novena:

Oração do Nono Dia da Novena

P: Rezemos a oração deste nono dia de nossa novena:
T: Ó Maria, minha Mãe piíssima, que em todos os tempos quisestes ser o auxílio dos cristãos, assisti-nos com o vosso poderoso patrocínio na vida, mas especialmente na hora da morte, e fazei que nós, depois de vos ter amado e venerado na terra, possamos chegar a cantar as vossas misericórdias no céu. Ó poderoso auxílio dos cristãos e da humanidade, pedimos que leveis a nossa oração ao Pai e ao vosso Filho Jesus Cristo, que vivem e reinam na unidade do Espírito Santo. Amém.

Evangelho

P: Preparemos os nossos corações para ouvir o Evangelho.
Aclamação ao Evangelho
L: Leitura do Evangelho de Jesus Cristo segundo João
T: Glória a vós, Senhor!
L: 19,25 A mãe de Jesus, a irmã da mãe dele, Maria de Cléofas, e Maria Madalena estavam junto à cruz. 26 Jesus viu a mãe e, ao lado dela, o discípulo que ele amava. Então disse à mãe: “Mulher, eis aí o seu filho”. 27 Depois disse ao discípulo: “Eis aí a sua mãe”. E dessa hora em diante, o discípulo a recebeu em sua casa. Palavra da salvação.
T: Glória a vós, Senhor!

Maria na vida de Dom Bosco

P: Ouçamos, neste momento, um fato da vida de Dom Bosco:
L: Dom Bosco está em Nizza Monferrato para a vestidura e profissão das Filhas de Maria Auxiliadora. Está tão fraco que só pode dar a comunhão a algumas irmãs. À vestidura e à profissão ele só assistiu, sentado em uma cadeira de
braços. Ao final, quis dizer algumas palavras. A voz estava muito fraca. O Padre Bonetti, a seu lado, procurou repetir para todos as frases que não se ouviam.
— Ora, pois, querem que eu diga alguma coisa a vocês. Se pudesse falar, quantas coisas lhes quereria dizer! Mas, como veem, estou velho. Velho decaído.
Quero dizer-lhes que Nossa Senhora quer muito a vocês, muito bem. E, como sabem, ela está aqui, no meio de vocês…
E o Padre Bonetti, em vós alta:
— Dom Bosco quer dizer que Nossa Senhora é mãe de vocês, que cuida de vocês e as protege.
— Não, não — retomou Dom Bosco –. Quero dizer que Nossa Senhora está aqui, nesta casa, e está contente com vocês…
O Padre Bonetti ainda:
— Dom Bosco lhes diz que, se perseverarem no bem, Nossa Senhora ficará contente com vocês.
Dom Bosco, então, procurou dominar suas forças, estendeu os braços e disse:
— Não, não e não! Quero dizer que Nossa Senhora está de fato aqui! Aqui! No meio de vocês! Nossa Senhora caminha nesta casa. E a cobre com o seu manto (Teresio Bosco: Dom Bosco, uma Biografia nova, p. 529-530).

Invocações a Nossa Senhora Auxiliadora

P: Invoquemos a Maria, poderoso auxílio do povo cristão e da humanidade, pela nossa Igreja, para que seja anunciadora do Reino de Deus no mundo.
T: Pai Nosso… Ave Maria… Salve Rainha…
P: Graças e louvores sejam dados a todo o momento,
T: Ao Santíssimo e diviníssimo sacramento.
P: Maria Auxiliadora dos Cristãos e da Humanidade,
T: Rogai por nós!
P: Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
T: Como era no princípio, agora e sempre. Amém.
P: Invoquemos a Maria, poderoso auxílio do povo cristão e da humanidade, para que em nossas famílias haja diálogo, paz e perdão e que todos possam gozar sempre de boa saúde de alma e de corpo. 
T: Pai Nosso… Ave Maria… Salve Rainha…
P: Graças e louvores sejam dados a todo o momento,
T: Ao Santíssimo e diviníssimo sacramento.
P: Maria Auxiliadora dos Cristãos e da Humanidade,
T: Rogai por nós!
P: Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
T: Como era no princípio, agora e sempre. Amém.
P: Invoquemos a Maria, poderoso auxílio do povo cristão e da humanidade, pelos nossos jovens, para que sejam construtores de uma sociedade mais humana, mais justa e mais fraterna.
T: Pai Nosso… Ave Maria… Salve Rainha…
P: Graças e louvores sejam dados a todo o momento,
T: Ao Santíssimo e diviníssimo sacramento.
P: Maria Auxiliadora dos Cristãos e da Humanidade,
T: Rogai por nós!
P: Glória ao Pai e ao Filho e ao Espírito Santo.
T: Como era no princípio, agora e sempre. Amém.
P: Rezemos juntos:
T: Lembrai-vos, ó piedosa Virgem Maria, que jamais se ouviu dizer que aquele que tenha recorrido à vossa proteção, implorando vossa assistência e pedindo o vosso auxílio, tenha sido desamparado. Animado eu por esta confiança, a vós também recorro, ó Mãe, Virgem das Virgens, e, gemendo sob o peso dos meus pecados, atrevo-me a comparecer diante de vossa soberana presença. Ó Mãe de Deus, escutai e acolhei benignamente minhas súplicas. Amém. (Faça seu pedido)
P: Rogai por nós, Maria, consolo dos aflitos, auxílio dos cristãos e mãe da humanidade.
T: Para que sejamos dignos das promessas de Cristo.

Oração a Nossa Senhora Auxiliadora

P: Invoquemos, agora, a proteção de Maria, a Auxiliadora do povo cristão e da humanidade:
T: Ó Santíssima e Imaculada Virgem Maria, Mãe amorosa nossa e poderoso auxílio dos cristãos, nós nos consagramos inteiramente a vós, para que sempre nos conduzais ao Senhor. Nós vos consagramos nossa mente, com os seus pensamentos, nosso coração, com os seus afetos, nosso corpo, com os seus sentimentos e com todas as suas forças, e prometemos querer sempre trabalhar para a maior glória de Deus e a salvação das almas.
P: Vós, entretanto, ó Virgem incomparável, que sempre fostes a Mãe da Igreja e a Auxiliadora do povo cristão,
continuai a vos mostrar assim, em especial neste nosso tempo. 
T: Iluminai e fortalecei
os nossos bispos e os nossos sacerdotes e conservai-os sempre em unidade com o Papa. Aumentai as vocações sacerdotais e religiosas, a fim de que, também por meio deles, o Reino de Jesus Cristo se conserve entre nós e se estenda por todo o mundo.
P: Nós vos pedimos, ainda, ó dulcíssima Mãe, que mantenhais os vossos olhares amorosos sempre voltados para as crianças e para os jovens, expostos a tantos perigos; para os casais, jovens ou não, em suas dificuldades; para os necessitados, os explorados e os esquecidos da sociedade; e para os pobres pecadores e enfermos. 
T: Sede para todos, ó Maria Auxiliadora, refúgio e amparo, Mãe de misericórdia e porta do céu.  Também vos pedimos, ó grande Mãe de Deus, que nos ensineis a imitar as vossas virtudes,
em particular a angélica modéstia, a humildade profunda e a ardente caridade.
P: Fazei, ó Maria Auxiliadora, que sintamos o amparo do vosso manto de Mãe. Fazei que nas tentações vos invoquemos com confiança.
T: Fazei, enfim, que o pensamento de que sois tão boa, tão amável e tão querida, a lembrança do amor que tendes pelos vossos devotos, nos conforte de tal modo que, na vida e na morte, saiamos vitoriosos contra os inimigos de nossa alma, e possamos depois unir-nos convosco no Paraíso. Amém.

Bênção Final

P: A nossa proteção está no nome do Senhor.
T: Que fez o céu e a terra.
P: Ave Maria…
P: À vossa proteção recorremos, ó Santa Mãe de Deus. Não desprezeis as nossas súplicas em nossas necessidades, mas livrai-nos sempre de todos os perigos, ó Virgem gloriosa e bendita. Maria, Auxiliadora dos Cristãos e da humanidade.
T: Rogai por nós.
P: Ouvi, Senhor, a minha oração.
T: E chegue a vós o meu clamor.
P: O Senhor esteja convosco!
T: Ele está no meio de nós.
P: Oremos: Senhor eterno e onipotente, que, pela intervenção do Espírito Santo, vos dignastes preparar o corpo e a alma da gloriosa Virgem e Mãe Maria para digna morada do vosso Filho, fazei que sejamos livres da morte eterna e dos males que nos rodeiam, pela intercessão daquela cuja invocação nos alegra. Por Cristo, nosso Senhor.
T: Amém.
P: A bênção do Deus de Sara, Abrão e Agar. A bênção do Filho, nascido de Maria. A bênção Espírito Santo de amor, que cuida com carinho, qual mãe cuida da gente, esteja sobre todos vós.
T: Amém.

Confira em nosso IGTV todos os dias nessa novena