Canção Nova realiza Aprofundamento de Cura Interior para Mulheres.

A Comunidade Canção Nova realiza, entre os dias 23 e 24 de setembro de 2017, o Aprofundamento de Cura Interior para Mulheres, no Auditório Paulo Apóstolo – Paulinas, Vila Mariana, São Paulo (SP).

Com o tema: “A Cura da Alma Feminina”, o encontro tem como objetivo levar as participantes a uma experiência de restauração e de cura das experiências que as feriram e levaram-nas a perder a consciência de seu próprio valor e integridade, mostrando que haverá sempre um caminho de regresso para o coração ferido que se perdeu em busca de afeto e compreensão.

O encontro começa às 08h da manhã e encerra às 18h, no sábado e no domingo, com momentos intensos de oração de cura interior, pregação da Palavra, Santa Missa e Adoração ao Santíssimo Sacramento.

Estarão presentes para conduzir o aprofundamento: Pe. Adriano Zandoná (autor do livro “A Cura da Alma Feminina”- Editora Canção Nova), Pe. Serginho, Dijanira Silva e Comunidade Canção Nova.

COMO FAZER A INSCRIÇÃO 

LOCAL: Para fazer a sua inscrição, basta se dirigir à Casa de Evangelização da Canção Nova em São Paulo, localizada na Rua Tamandaré, 355, Liberdade (metrô São Joaquim). Informe-se quanto aos horários de funcionamento no seguinte telefone: (11) 3382-9800.

Você pode também realizar a sua inscrição na Loja Canção Nova: Rua São Bento, 43, Centro (metrô Sé). Horário de funcionamento: De segunda à sexta, das 09h às 18h. Sábados, das 09h às 13h.

O valor da inscrição é R$ 125,00 (individual). Inclui: Coffe Break, bloco de notas e caneta. 

ON LINE: 

  Faça sua inscrição on line aqui:  (*No caso da inscrição realizada pelo blog, é incluso taxa de serviço.)

Participe e descubra como trilhar esse caminho para reencontrar a virtude e a felicidade que Deus reservou para você!

Tome Nota!

Aprofundamento de Cura Interior para Mulheres

“A Cura da Alma Feminina”

Data:

23 e 24 de setembro de 2017 (sábado e domingo)

Horário:

Sábado: 08h às 18h

Domingo: 08h às 18h

Local:

Auditório Paulo Apóstolo – Paulinas

  1. Dona Inácia Uchoa, 62, Vila Mariana, São Paulo/SP

(5 minutos do metrô Vila Mariana)

Inscrições:

Valor da Inscrição: R$ 125,00 (individual).

Inclui: Coffe Break, bloco de notas e caneta (não serão servidas refeições no local).

Para realizar as inscrições, basta se dirigir a um dos seguintes locais:

Casa de Evangelização

Rua Tamandaré, 355, Liberdade, São Paulo/SP

(metrô São Joaquim)

Informações: (11) 3382-9800 ou eventossp@cancaonova.com

Loja Canção Nova

Rua São Bento, 43, Centro, São Paulo (SP)

(metrô Sé)

Informações: (11) 3587-3141

Inscrições pela internet: saopaulo.cancaonova.com

*Incluso taxa de serviço

Informações: (11) 3382-9800 ou eventossp@cancaonova.com

Dia 05 de agosto de 2017 acontece na Basílica Nossa Senhora da Penha, (bairro Penha), São Paulo-SP, a Vigília Canção Nova com o tema “Vinde a mim vós que andais cansados” (Mt 11,28).

A Vigília tem início no sábado (05), com animação, pregação da Palavra e Missa. Além de cânticos e pregações, haverá Adoração ao Santíssimo Sacramento, oração do Terço da Misericórdia e momentos de cura e libertação.

Nesta edição estarão presentes: Pe. Emerson Pedroso, Pe. Serginho, Dijanira Silva e Comunidade Canção Nova.

A Vigília encerra às 5h da manhã.

Participe e venha viver com a Canção Nova uma madrugada de intensa oração e encontro com Deus na Eucaristia.

Tome Nota!

Evento: Vigília Canção Nova | Vinde a mim vós que andais cansados (Mt 11,28)

Data: 5 de agosto de 2017
Horário: Início às 21h
Local: Basílica Nossa Senhora da Penha
Endereço: Rua Santo Afonso, 199, Penha, São Paulo-SP (metrô Penha)
Presença: Pe. Emerson Pedroso, Pe. Serginho, Dijanira Silva e Comunidade Canção Nova
Levar: 1Kg de alimento não perecível
Mais informações: (11) 3382-9800 ou eventossp@cancaonova.com
Acesse: saopaulo.cancaonova.com

 Oração pela Restauração das Famílias.

Senhor Jesus, Tú me conheces e conheces a realidade de minha família. Sabes o quanto precisamos de Tua benção e da ação de Tua misericórdia. Eu confio em Ti, e hoje invoco o Teu nome sobre todas pessoas e situações de minha família.Restaura a minha casa Senhor: realiza uma obra de profunda cura, libertação e restauração na minha vida e na vida dos meus.

Liberta minha família de toda maldição, derrota e jugo hereditário que pese sobre nós. Desfaz Jesus, em Teu nome, todo laço e consagração ao mal que, porventura, nos amarre. Lava-nos com Teu sangue, e liberta-nos de todos os vícios e contaminações espirituais.Cura as feridas no coração e na alma dos meus: tapa as brechas em minha família Senhor.

Liberta meus familiares de todo ódio, ressentimento e divisão, e faça o Teu perdão acontecer em nossa vida.Liberta o meu lar de todo desamor Senhor, e faça a Tua vitória acontecer em todas as áreas de nossa história. Abençoa profundamente todos os meus familiares, antepassados e descendentes.Eu declaro que Tu és, Jesus, o único Senhor de minha família e de todos os nossos bens.

Eu consagro toda a minha família a Ti Jesus e a Ti Virgem Maria: que nós sejamos sempre guardados e protegidos por Vós. Em Ti Jesus estará sempre a nossa força e vitória.  Contigo queremos viver e amparados por Ti queremos sempre lutar contra o mal e o pecado, hoje e sempre.

          Rezar 1 Pai-nosso, 1 Ave-Maria e o Creio.

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 

 ”Nós vivemos em um mundo na qual praticamente não existe quase nada que não tenha a ver com o universo dos meios de comunicação” disse Papa Francisco

Na celebração da Ascensão do Senhor a Igreja Católica celebra o Dia Mundial das Comunicações Sociais. Nesse ano o Papa Francisco nos convida a refletir e ter a certeza que é possível viver ”esperança e confiança, no nosso tempo ” e nos confirma através da promessa que encontramos na Palavra de Deus «Não tenhas medo, que Eu estou contigo» (Is 43, 5).

Vivemos em uma sociedade conectada, impulsionada e envolvida com algum meio de comunicação social. A missão da Canção Nova é fazer com que essa comunicação seja eficaz, pacificadora e esperançosa, uma esperança que vem do Espirito Santo e que leva muitas pessoas terem um encontro pessoal com Jesus e acreditar em sua vinda gloriosa.

  Visite nosso Facebook/CançãoNovasp

“[É importante] lembrar que a Igreja está presente no mundo da comunicação, em todas as suas expressões, sobretudo para conduzir as pessoas ao encontro com o Senhor Jesus” 

A Canção Nova deseja continuar conduzindo as pessoas viverem esse encontro e para que isso aconteça os nossos fundadores e missionários estão fazendo seus apelos,  desejosos de continuar essa grande e desafiadora missão: Evangelizar através dos meios de comunicação, pregando o Evangelho e a vida nova que nos traz.

”A Canção Nova está fazendo o seu SOS Salve as nossas almas, é um grito de socorro, porque as nossas dívidas estão ai, é preciso pagar os nossos funcionários, eles tem direito, as compras de livros objetos sagrados caíram muito, com isso nós estamos na situação de SOS, faça sua oferta,  faça sua contribuição, faça o seu algo a mais.” Padre Jonas

 

”Estamos levando até  você o nosso apelo, pela Palavra de Deus no ar, pela Graça de Deus as famílias sempre tem nos ajudado. Hoje buscando a palavra do Senhor,  ” Em tudo somos oprimidos, mas não sucumbimos’” 2 Cor 4,8 confiança  em Deus. O Senhor nos concederá a vitória com sua ajuda, com sua contribuição e fidelidade!” Luzia Santiago 

 

”Meus amigos, meu irmãos em Jesus Cristo, sei que no Brasil hoje está impossível se falar de nossa Pátria, mas hoje quero fazer um pedido de coração, um pedido daquele que começou, a colocar o primeiro tijolo na obra de Jesus. Quero fazer esse apelo a todos, até você que faz um ano, dois anos, que não nos ajudam. Chegou a hora que você possa fazer algo que venha ajudar a Obra Canção Nova… Nós sempre vivemos da Providência, Providência de Deus é dizer eu quero que caia em nossas mãos, aquilo que o irmão quer nos doar. A uma promessa de Deus sobre isso ‘‘ Ide a todos pregai o Evangelho, a todas as criaturas”. Hoje Graças a Deus o Brasil e o Mundo assistem a Canção Nova, através da Rádio, Televisão, Internet, Revista, tudo que você possa imaginar nos temos nos meios de comunicação. Hoje não estamos conseguindo tocar mais nada, está difícil tocar sem dinheiro.” Eto Jardim 

“Ë descerá sobre vós o Espírito Santo” (At 1,8)

Canção Nova realiza Vigília para celebrar a Festa de Pentecostes

Início no sábado (03/06), às 21h, com grupo de oração e Missa celebrada pelo Pe. Adriano Zandoná

Dia 03 de junho de 2017 acontece na Basílica Nossa Senhora da Penha, (bairro Penha), São Paulo-SP,  a Vigília Canção Nova com o tema “Pentecostes. Receba o Espírito Santo”.

A Festa de Pentecostes é celebrada pela Igreja 50 dias após a Páscoa. Para essa madrugada de oração são esperadas milhares de pessoas de todas as regiões da capital paulista.

A Vigília tem início no sábado (03), com animação, pregação da Palavra e Missa presidida pelo padre Adriano Zandoná. Além de cânticos e pregações, haverá Adoração ao Santíssimo Sacramento, oração do Terço da Misericórdia, momentos de cura e libertação e a participação de Pe. Serginho e do pregador Evandro Nunes.  

A proposta é que todos os participantes vivam uma profunda experiência com o Espírito Santo.

O Senhor quer que a chama do Seu Espírito seja reavivada dentro de cada um de nós para que utilizemos dos dons d’Ele. Jesus nos disse: “João batizou com água; vós, porém, dentro de poucos dias sereis batizados com o Espírito Santo” (At 1,5). Em outras palavras: “Vós sereis mergulhados, encharcados no Espírito Santo”.

A Vigília encerra às 5h da manhã.

Participe e venha viver com a Canção Nova o Pentecostes em sua vida!

 

Tome Nota!

Evento: Vigília Canção Nova de Pentecostes | “Pentecostes. Receba o Espírito Santo”

Data: 03 de junho de 2017

Horário: Início às 21h

Local: Basílica Nossa Senhora da Penha

Endereço: Rua Santo Afonso, 199, Penha, São Paulo-SP (metrô Penha)

Presença: Pe. Adriano Zandoná (missionário da Comunidade Canção Nova), Pe. Serginho (Sacerdote da Comunidade Voz dos Pobres, Diocese de Campo Limpo), Evandro Nunes (Pregador da Renovação Carismática Católica)

Levar: 1Kg de alimento não perecível

Mais informações: (11) 3382-9800 ou eventossp@cancaonova.com

Acesse: saopaulo.cancaonova.com

 

Oração pela Cura das Feridas Emocionais. Padre Adriano Zandoná!

,“6 Semanas de Oração pela Cura das Feridas Emocionais”. Pe. Adriano Zandoná presidirá seis Missas na Catedral Maronita Nossa Senhora do Líbano, às 19h30, transmitidas ao vivo pela TV Canção Nova, com Adoração e Benção do Santíssimo Sacramento, em intenção da cura das feridas emocionais de todos os participantes.

Confira a programação e os temas de cada dia do Cerco de Jericó:
IMG_5222
13/02: Derrubar muralhas pela força do amor e do cuidado
20/02: Não desanime, o Senhor caminha contigo!
27/02: Derrubando as muralhas erguidas pelo pecado: libertação dos jugos espirituais e comportamentais
06/03: Cultivar a fé que abre portas e derruba muralhas
13/03: Curando as feridas emocionais para amadurecer
20/03: Libertar pela força do exemplo
27/03: Libertos para viver um novo tempo!

Sobre o Cerco de Jericó:

A prática do Cerco de Jericó, que foi baseada nas Sagradas Escrituras, nasceu na Polônia. Consiste na oração incessante e suplicante, durante sete dias e seis noites, diante do Santíssimo Sacramento exposto. No Antigo Testamento, depois da morte de Moisés, Deus escolheu Josué para conduzir o povo hebreu. Deus disse ao sucessor de Moisés que atravessasse o Jordão com todo o povo e tomasse posse da Terra Prometida. A cidade de Jericó era uma fortaleza inexpugnável. Ao chegar junto às muralhas de Jericó, Josué ergueu os olhos e viu um anjo, com uma espada na mão, que lhe deu ordens concretas e detalhadas. Ele e todo o povo executaram fielmente as ordens recebidas: durante seis dias, os valentes guerreiros de Israel deram uma volta em torno da cidade. No sétimo dia, deram sete voltas ao redor dela. Durante a sétima volta, ao som da trombeta, todo o povo levantou um grande clamor e, pelo poder de Deus, as muralhas de Jericó caíram (cf. Josué 6, 1-19).t

IMG_1007-31

Homilia de Dom Odilo Pedro Scherer, em ocasião do 463 aniversário de São Paulo.

“Ide por todo o mundo, e pregai o evangelho a toda criatura”

Uma pequena aldeia tornou-se esta grande metrópole que é hoje São Paulo.

Os sinais que acompanharão aqueles que crerem serão estes: expulsaram demônios, falaram diversas línguas, quando impuserem as mãos sobre os doentes, eles ficarão curados.

As diversas culturas do mundo inteiro foram marcadas por este grande apóstolo de J

esus Cristo, São Paulo. As leituras de hoje falam de sua conversão. A conversão de São Paulo foi uma obra extraordinária de Deus.

A Arquidiocese e a cidade de São Paulo olha com especial atenção para este grande apóstolo nesse dia. Queremos como ele ficar firmes nos ensinamentos da Palavra de Cristo, que ele levou para tão longe, com tanto amor e tanta dedicação.

O momento da conversão de São Paulo o fez mudar totalmente a sua atitude, gerou uma profunda mudança em sua vida.

Saulo ainda não se chamava Paulo. Ele assistiu ao apedrejamento de Estevão. Ele ainda era muito jovem. As testemunhas desse ato deixavam mantos aos pés de Saulo. Ele não só assistiu como consentiu na execução de Estevão.

Depois do apedrejamento, começou-se uma grande perseguição aos cristãos. O papel de Saulo apareceu ainda mais destacado: entrava em casas e arrastava as pessoas aos cárceres. Sua intenção era castigar os que seguiam a Jesus Cristo.

Ele mesmo explica em suas cartas que o seu começo não foi amistoso em seu ardor juvenil. Ele via nas comunidades cristãs um desvio dos valores transmitidos pelo judaísmo e pelas famílias.

Paulo fala sobre este desvio de conduta e abandono de valores porque quer levar a todos a pensar na importância de não se gloriar de sua carreira judaica, de ter sido esta pessoa “justa e irrepreensível”, perseguidor da igreja, o que contava muitos pontos e glória em seu começo de juventude.

Em suas cartas, ele fala do kerigma, da morte de Jesus na cruz pela nossa salvação, da ressurreição de Jesus, da aparição de Jesus a ele próprio, de quanto não é merecedor por tanto ter perseguido os cristãos.

Mas o que aconteceu de tão forte e convincente que o fez abandonar esta cegueira de outrora?

Grande era o espanto que esta conversão causava: “aquele que antes nos perseguia, agora está pregando a nossa fé, que antes ele queria destruir”, as pessoas diziam.

Aquela voz que ele ouvia: Saulo, Paulo, porque me persegue? Esta voz mexera com a sua consciência: – quem és tu? Ele ouve: “Eu sou Jesus, aquele que estás perseguindo”.

Essa luz o iluminou. Naquele momento ele compreendeu o que é a Igreja. A Igreja é o próprio Jesus que continua vivo, o qual ele perseguia.

Dedicar-se à Igreja é dedicar-se a Jesus Cristo. A Igreja é o próprio corpo de Jesus Cristo que está vivo e presente no mundo.

O próprio Jesus fez esta promessa: “Eu estarei convosco até o fim dos tempos”.

Nesta festa somos convidados a olhar para o exemplo de São Paulo, o homem que aceitou o desafio de ser testemunha de Jesus Cristo, de seguir esta voz. Deus procura encontrar-nos nos caminhos mais contraditórios de nossa vida.

Como Paulo, devemos perguntar: “o que querer que eu faça?”.

Precisamos renovar nossa escuta de Deus, como religiosos, cristãos, leigos, nós que procuramos viver de uma forma ou de outra. Ouvir a voz de Deus que se manifesta, para sermos servidores de Jesus Cristo, do povo, na pregação, na evangelização, nos serviços religiosos, na solidariedade, no serviço da ordem.

Somos todos convidados a nos colocar à disposição de Deus, a serviço do evangelho, para a Igreja que vive nesta grande metrópole!

Assim seja.

Transcrição e adaptação: Vanessa Lacquaneti (missionária da Comunidade Canção Nova)

 

testemunho João Batista

O mês de dezembro está chegando ao fim e nós contamos com você, para juntos chegarmos ao 100%.

Para evangelizarmos necessitamos…“dos pés daqueles que vão, que saem em missão, que deixam tudo, para tornar Jesus conhecido; dos joelhos daqueles que ficam, que permanecem na intercessão, que rezam para que a missão aconteça e das mãos daqueles que contribuem, que ajudam a manter a evangelização, para que ela chegue em todos os cantos e possam permitir que outras pessoas façam uma experiência viva e verdadeira com Jesus..”

Nossa missão de evangelizar, para continuar transformando vidas, necessita de você.

Joao Batista Silva, que fez aniversário no mesmo dia em que o Monsenhor Jonas Abib, ele é morador da cidade de São Paulo, sócio evangelizador, apaixonado pela da Canção Nova, ele teve sua vida transformada por Jesus através do Carisma Canção Nova, e a partir dai assumiu o compromisso nos ajudar. 

“ Tornei-me um sócio evangelizador, porque tenho um compromisso como cristão de participar dessa Obra.”… ”Monsenhor Jonas Abib, completou 80 anos no dia 21 de dezembro, a mesma data natalícia que a minha e eu fico feliz,  o seu amor missionário enraizou a Canção Nova… ”disse Sr. João Batista.

Confira o testemunho do Sr. João, ele tem um pedido a você. Acesse fb/cancaonovasp

Edição: Vanessa Lacquaneti
Gravação: Simone Souza
Texto:  Fernanda Ap. Ferreira.

16122016-IMG_0310

16122016-IMG_0342

Evangelho das Bem Aventuranças – Mateus 5, 1-11

“De esperança em esperança”

O lema de Ordenação Episcopal de Dom Paulo Evaristo Arns e a liturgia preparada para a Celebração das exéquias do Arcebispo Emérito de São Paulo norteou a reflexão do Cardeal Odilo Pedro Scherer nesta tarde na qual acontecerá o sepultamento.

“Dom Paulo foi motivado e conduzido por essa grande esperança, em todos os momentos de sua vida. Esperança que aponta a meta suprema de toda a existência humana. Dom Paulo não só cultivou essa esperança, como consagrou sua vida na missão de levar a paz, a justiça, os sinais da esperança e das bem-aventuranças ao povo.

 

16122016-IMG_0278

 

“Senhor, quem morará em vossa casa?”

Dom Odilo também refletiu o salmo do dia, o anseio do salmista pela morada do Senhor.

“Deus preparou para nos uma morada para sempre, e Jesus no evangelho confirma: “na casa do meu pai existe muitas moradas”.

Dom Odilo afirma: “Durante esses dias, durante o velório, foi cantado: no céu não haverá tristeza, nem dor, somente a certeza de se viver eternamente com o Senhor. E esta é a grande meta do anúncio do evangelho e da esperança vivida pelo Dom Paulo”.

“Quem alcançara esta meta, de viver junto ao senhor? Quem cultiva a verdade e não usa a língua para falcidades contra o seu próximo, quem não se deixa corromper pelos maus”.

Foi essa a coroa conquistada pelo Dom Paulo na eternidade.

E na primeira leitura diz isso: “minha justiça não tardará a se manifestar para aqueles que forem justos”.

16122016-IMG_0268-2

Dom Odilo continua a sua homilia com as seguintes palavras:

Dom Paulo deixou se guiar por essas palavras, acreditou em suas promessas, e sua vida foi fecunda, unida a fé inabalável. Deus deu sabedoria a ele, deu-lhe franciscana santidade, o desapego dos bens materiais, a alegria da fraternidade para denunciar os males que ofendem e humilham as pessoas e o convívio social digno.

Dom Paulo Evaristo Arns se dedicou a Arquidiocese de São Paulo por quase 22 anos. Promoveu eficazmente a evangelização nessa imensa metrópole, ampliou as estruturas católicas nas periferias pobres de nossa cidade, as decisões e ensinamentos da Igreja. O povo humilde mereceu o amor deste pastor. Empenhou-se na renovação cultural do nosso povo, em tempos difíceis, dando amparo a muitas pessoas feridas, no corpo ou na dignidade, que lutavam pelos direitos humanos.

Animou a comunidade arquidiocesana, a sociedade inteira a agir e caminhar na mesma esperança. Testemunhou que a igreja não pode se cansar, mesmo quando os frutos não chegam imediatamente.

Dom Paulo entregou de forma corajosa e abnegada sua vida e expos sua vida a perigos por amor ao seu rebanho.

Caminhemos na esperança sem nunca desanimar, porque a esperança nunca pode desanimar. Ela está fundada em Deus, fiel as suas promessas, justo e próximo da humanidade. Deus pedagogo e pai, que ama, ensina, corrige e tem paciência com os seus filhos, nos trata com imensa misericórdia.

São Paulo nos lembra que não temos morada definitiva aqui na terra. Nossa casa definitiva é na vida eterna, na Jerusalém celeste, onde ele próprio está, junto do Pai e do Espírito Santo.

16122016-IMG_0344

Deus nos preparou um lugar na morada eterna. Dom Paulo encerrou a sua peregrinação, e já alcançou a sua meta antes mesmo de morrer. Ele sussurrava: “vocês não percebem que já estou partindo?”.

Carregado nos ombros do Bom Pastor, ele mereça agora passar a vida eterna na presença dos santos. Que o bom pastor o colha como uma ovelha amada, e que o seu exemplo de vida nos ajude a viver a esperança. Ele morreu mas vive agora ao lado de Deus.”

Transcrições e Adaptações: Vanessa Lacquaneti

 

A3-Noite-de-Oração (1)

Preparem o caminho! 

Canção Nova realiza Noite de Oração em preparação para o Natal!

O Advento é um tempo especial na Igreja em preparação para um grande acontecimento:

a chegada do Senhor, Salvador da humanidade.

E neste clima de expectativa para a chegada do Senhor, a Comunidade Canção realiza no

dia 16 de dezembro de 2016, uma noite de oração, com o tema; Preparai-vos, o Salvador

está chegando! 

O evento acontecerá das 18h às 20h, na Loja Canção Nova, localizada no centro de São

Paulo, à Rua São Bento, 43 (metrô Sé ou São Bento).

Haverá louvor, animação, adoração e benção do Santíssimo Sacramento.

Estarão presentes para conduzir esta noite de oração a apresentadora da TV Canção

Nova – Dijanira Silva, e Pe. Serginho – sacerdote da Comunidade Voz dos Pobres.

Participe e venha viver com a Canção Nova a alegria do Senhor que vem!

Tome Nota!

Noite de Oração em preparação para o Natal

Data:

16 de dezembro de 2016

Horário:

18h às 20h

Presenças:

Dijanira Silva (Locutora e Apresentadora da TV Canção Nova)

Pe. Serginho (Sacerdote da Comunidade Voz dos Pobres)

Comunidade Canção Nova

Local:

Loja Canção Nova

R. São Bento, 43, Centro, São Paulo/SP

(metrô São Bento ou Sé)

Informações:

(11) 3382-9800

eventossp@cancaonova.com

Reflita sobre o papel da terapia e a melhor abordagem psicológica

Vivemos um tempo em que a terapia deixou de ocupar o lugar da “loucura” para assumir seu verdadeiro papel. E qual seria esse papel? Auxiliar o indivíduo em seu processo de autoconhecimento e autodomínio.

As vivências humanas de hoje sofrem muito com o desgaste emocional. Reflexo disso é o aumento da procura por atendimento psicológico. Não só a adesão ao tratamento psicológico tem aumentado, quanto a necessidade real desse auxílio, devido ao aumento de patologias psíquicas desencadeadas.

Como tornar a terapia um tratamento eficazFoto: Copyright: shironosov 

A terapia é verdadeiramente eficaz?

Com toda certeza é possível dar uma resposta positiva a essa pergunta. As abordagens psicológicas têm contribuído em diversos aspectos para o bem-estar do ser humano.
No entanto, o que é interessante saber, nesse caso, é o que a torna eficaz. Muitas pessoas abandonam o tratamento psicológico por desacreditar na eficácia da terapia. Questiono, então, por que aquilo que era bom passou a ser ruim? O psicólogo? O tempo? A pessoa que está no processo terapêutico? São muitas as possibilidades, e irei apontar algumas delas:

Abordagens psicológicas

Muita gente não sabe, mas existem diversas abordagens psicológicas como Terapia Cognitivo Comportamental, Psicanálise, Humanista Existencial, Sistêmica dentre outras. Com isso, é preciso compreender que cada pessoa se identifica com uma abordagem específica.

Pode ser que o problema da eficácia não esteja no psicólogo ou na pessoa que faz terapia, mas na abordagem. É interessante respeitar o fato de que para cada abordagem existe um público específico. Umas trabalham de forma direta, focada; outras, mais indiretas, sendo assim menos invasivas. Vai sempre depender da necessidade da pessoa e do que ela vive no momento.

Um exemplo: para um anoréxico em grau avançado, é mais indicado buscar uma abordagem mais direta, pois existe um grave risco de morte, e não há tempo hábil para tratar determinados aspectos. Por isso, diante de uma insatisfação com o processo terapêutico, seria indicado iniciar o tratamento com uma nova abordagem, diferente da anterior, e não abandonar a terapia. Tudo bem que todo mundo quer acertar de primeira, mas, infelizmente, pode ser que isso não aconteça. E aí, vai abandonar? É melhor gastar um pouco mais de tempo em um recomeçar do que ficar paralisado em um sofrimento psíquico.

O vínculo é algo que pode ser positivo inicialmente, mas também pode prejudicar a eficácia do tratamento. Existem casos em que a relação psicólogo e cliente deixa de ser terapêutica e se torna mais familiar. A aproximação, o permitir viver bem próximo um da vida do outro, iniciando um vínculo de amizade, prejudica a eficácia do tratamento terapêutico. Existe uma “distância” saudável, que precisa ser respeitada, para um bom tratamento.

Leia mais:
.: O que o psicólogo não fará por mim
.: O que pode abrir as portas para a depressão?
.: Psicólogo, uma ajuda para transpor problemas
.: O que é e como identificar a ansiedade?

Comprometimento! Essa é uma das chaves para que esse processo seja eficaz. Se você não acredita no psicólogo, não acredita que a terapia funciona, não vai com a “cara” do seu psicólogo ou até mesmo faz terapia, porque alguém impôs e não por achar que precisa, sua terapia não terá evolução nenhuma. O trabalho terapêutico depende muito do reconhecimento e do desejo de tratamento. É um comprometimento mútuo, um trabalho conjunto.

Terapia não é algo para um público específico, pois todos nós, em algum momento da vida, apresentamos questionamentos, sofrimentos e angústias que passam a dominar e reger nossa vida.

Nesse momento, acreditar na eficácia da terapia e decidir investir na própria vida, em um processo terapêutico, seria a escolha mais acertada.

Invista em você!

Fonte: formacao.cancaonova.com

Artigo: Aline Rodrigues é missionária da Comunidade Canção Nova, no modo segundo elo. É psicóloga desde 2005, com especializações na área clínica e empresarial.

Combata a ansiedade com a confiança em Deus

Gosto de olhar fotos antigas e tentar me recordar da ocasião em que elas foram tiradas, pensar no que eu estava vivendo naquele momento e fazer um paralelo com o que mudou daquele dia até hoje. Outro dia, vi uma dessas fotos que me fez refletir uma questão: como eu me preocupava com coisas desnecessárias!

Era o batizado de uma sobrinha há uns quinze anos. Na foto, quase todos estavam alegres, descontraídos e voltados com ternura para aquele pequeno ser vestido de branco que acabara de se tornar cristão pelas águas do batismo. Eu, ao contrário, apareço na foto tão tensa que até minha testa estava franzida. Comecei a pensar se havia alguma razão para eu estar assim tão preocupada na ocasião, e percebi claramente que não. Recordo-me de que foi me pedido apenas para ajudar a posicionar as pessoas na foto e pronto. Só isso.

Dicas para controlar a ansiedadeFoto: Wesley Almeida/cancaonova.com

Eu me preocupava demais com coisas extremamente desnecessárias, e a foto fez com que eu me recordasse disso. Se você me perguntar, hoje, se eu continuo me preocupando com as coisas, a resposta será sim, com certeza! Mas em uma proporção muito menor, pois tenho aprendido a confiar mais em Deus; e à medida que cresço na confiança, diminuo na preocupação. Na verdade, uma das coisas mais difíceis na vida são as preocupações que temos. Seja com nossos filhos, amigos, cônjuge, pais, emprego e tantas outras coisas que fazem parte de nossa vida. Mas me diga: quem, até hoje, conseguiu resolver alguma coisa à custa de preocupação?

Dar um basta na ansiedade

Bem sabemos que o fato de nos preocuparmos não resolve nada; na verdade, o que mais queremos, nesta vida, é deixar de nos preocupar, só não sabemos como fazer isso. Mesmo sabendo que, amanhã, talvez, já tenhamos nos esquecido de quais eram as preocupações de hoje, conscientes de que nossa vida pode deixar de existir a qualquer momento, achamos impossível fazer com que a nossa mente viva tranquila sem nos preocuparmos. Daí, vem a questão: afinal, será que existe algo que possamos fazer para nos preocuparmos menos e darmos um basta na ansiedade?

Leia mais:
.: A cura para os medos e para a ansiedade é a fé
.: Salette Ferreira reza pela cura da ansiedade
.: O que é e como identificar a ansiedade?
.: Será que sofro de transtorno de ansiedade?

Lendo os escritos do padre Henri Nouwen, descobri que existe, sim, uma solução. Ele explica que se é verdade que não podemos mudar seja o que for pelo fato de nos preocuparmos com a situação, o remédio é treinarmos nosso coração e nossa mente no sentido de não perdermos tanto tempo e energia com a ansiedade. Ele também nos mostra o caminho e nos recorda as palavras de Jesus: “Procurai, antes de tudo, o Reino de Deus e sua justiça e tudo mais virá por acréscimo” (Mt 6,33).

Compreendi com isso que, quanto mais tenho me lançado na confiança em Deus e priorizado a ação do Reino d’Ele em minha vida, mais serenidade experimento mesmo em meio às lutas, e a transmito também aos outros. Essa mudança está registrada claramente em minhas fotos, como pude perceber no álbum de família. Como é interessante olharmos para nossa história e percebermos o quanto Deus vai nos moldando pela força de Sua graça! Já parou para pensar sobre isso? Desejo que, no dia de hoje, o Senhor também o visite e fortaleça sua confiança n’Ele, concedendo-lhe mais serenidade e alegria no viver o dia de hoje como ele é: um grande presente de Deus.

Fonte: formacao.cancaonova.com

Descubra quais são os caminhos e a graça de recomeçar

Recomeçar nem sempre é fácil. Após uma queda, leva-se algum tempo para levantar. As escoriações requerem o cuidado necessário e o repouso salutar. Contudo, chegará o tempo de começar novamente. E sempre estamos recomeçando: ao ser demitido de um emprego, é necessário buscar outro. Quando a vida espiritual é descuidada, faz-se necessário retomar a caminhada. Ao A graça de recomeçar é uma dádiva de Deusmudar-se de cidade, surge o desafio de adaptar-se à nova realidade. Assim vamos recomeçando. A graça de recomeçar é uma dádiva que o Senhor Jesus Cristo nos oferece. Em Seu misericordioso amor, Ele vem ao nosso encontro e, com Sua infinita bondade, anima-nos na caminhada.

Foi assim com os discípulos que regressavam a Emaús (cf. Lc 24,13-35). Após a crucifixão e morte de Jesus Cristo, eles voltavam para o povoado de onde haviam saído. Podemos imaginar que levavam na alma a dor da decepção. Aquele no qual haviam depositado toda confiança fora morto. E eis que, enquanto caminhavam, o próprio Ressuscitado aproximou-se e pôs-se a caminhar com eles.

Foto: Daniel Mafra/cancaonova.com

Tenha esperança

Diante da decepção que determinada situação provoca, ficamos com o rosto e o coração sombrios. Olhamos e não vemos possibilidade de futuro. Há momentos em que a derrota ofusca a esperança. Diante de tal realidade frustrante, o desânimo pode aprisionar nosso ânimo e ficarmos presos ao que não deu certo.

Os discípulos reconheceram o Senhor ao partir o pão com eles. No gesto da partilha, seus olhos se abriram, e a dor que outrora carregavam no peito tornou-se alegria revigorante. Voltaram e recomeçaram a caminhada de seguir o Mestre. Na dor e mediante as derrotas da vida, o Senhor Jesus Cristo também caminha conosco.

Leia mais:
.: O que me faz sonhar e ser feliz
.: Como fazer um retiro espiritual
.: Acredite, não se deixe desanimar!
.: Como posso ter esperança de que o futuro será melhor?

Não estamos sozinhos. Contudo, é necessário não nos deixarmos abater, embora tal sentimento surja involuntariamente em nossa alma. Somos humanos, mas é a divindade de Jesus Cristo que nos dá a graça de recomeçarmos sempre.

Confie na graça

Na vida, não caminhamos sozinhos, pois o Senhor vai conosco. Em meio às quedas, ferimentos e dores, Ele nos estende Sua mão misericordiosa, derrama o bálsamo do amor, revigora nossa alma já desfalecida pelo desânimo e ilumina nosso caminho com a esperança de um novo tempo. Não desanimemos. Nas quedas, confiemos n’Aquele que nos levanta e refaz nossas forças.

Sempre é possível recomeçar. Mesmo que seja necessário um período de recuperação, cultivemos a certeza de que não estamos sozinhos. A graça, o amor e a misericórdia de Cristo estão conosco. No desânimo, oremos. Na angústia, abandonemo-nos nas mãos do Senhor.

Padre Flávio Sobreiro
Bacharel em Filosofia pela PUCCAMP e Teólogo pela Faculdade Católica de Pouso Alegre (MG)

Fonte: formacao.cancaonova.com

BLOG---A3-Loja-CNCANÇÃO NOVA REINAUGURA LOJA NO CENTRO DE SÃO PAULO

É festa! Dia 17 de outubro de 2016, a Loja Canção Nova será reinaugurada no centro de São Paulo (SP). Com atrações como Pockets Shows e autógrafos, o espaço reabrirá as suas portas na Rua São Bento, 43, com um novo visual e uma programação inteiramente voltada a evangelização para comemorar esse grande acontecimento.

Na Loja Canção Nova é possível encontrar o Clube da Evangelização, espaço dedicado exclusivamente aos sócios e benfeitores da obra Canção Nova. Também é possível encontrar os lançamentos da Editora e da Gravadora Canção Nova, livros digitais, camisetas, CDs de palestras, artigos religiosos, produtos infantis e inúmeros materiais de evangelização. É um verdadeiro celeiro de evangelização bem no coração de São Paulo.

Confira a programação comemorativa:

17 de outubro

 10h30 | Ana Lúcia (cantora e compositora católica) • Musical e Autógrafos

 13h | Dijanira Silva (Apresentadora da Rádio América e autora do Livro “Por onde andam os seus sonhos?”) • Programa Conexão CN, Terço da Misericórdia e Autógrafos (transmissão ao vivo pela Rádio América)

 24 de outubro:

 16h | Ziza Fernandes (Cantora e compositora Católica) • Musical e Autógrafos

 11 de novembro:

 11h | Pe. Adriano Zandoná (Sacerdote Missionário da Comunidade Canção Nova e autor do Livro “Conquistando a Liberdade Interior”) • Autógrafos

 A Loja Canção Nova, além dessas atrações, em breve também estará disponibilizando outros eventos, como workshops e atividades culturais.

Tome Nota!

Reinauguração da Loja Canção Nova no centro de São Paulo

Data:

 17 de outubro

Programação comemorativa de reabertura da Loja:

 17 de outubro

 10h30 | Ana Lúcia • Musical e Autógrafos

13h00 | Dijanira Silva • Programa Conexão CN, Terço da Misericórdia e Autógrafos (transmissão ao vivo pela Rádio América)

24 de outubro:

16h00 | Ziza Fernandes • Musical e Autógrafos

11 de novembro:

11h00 | Pe. Adriano Zandoná • Autógrafos

Local:

Rua São Bento, 43, centro, São Paulo (SP)

(metrô Sé)

Entrada:

Franca

Informações:

(11) 3382-9800 ou (11) 3587-3140